Início > Crônicas da vida, Defeito Colateral, Velho Resmungão > Sobre as minhas franquezas

Sobre as minhas franquezas

A vontade como força é variável em tamanho e intensidade, como qualquer outra possível existência. Como submete-se aos caprichos humanos, a pobre vê-se vezes tão pequena que some atrás de lágrimas, vezes grande que se impõe acima dos punhos.

Até o ponto que sei meu corpo é feito de carne e ossos, e até onde creio saber tudo o que se passa pela minha cabeça vêm de uma consciência racional. Somos assim, os humanos, não somos? Esses saquinhos de sangue e fibra com algo que alguns chamam de alma, outros de mente…  Como algo independente de corpo e mente, e até onde posso saber, livre, não posso culpar a ninguém que não seja a mim mesmo quando vejo minha vontade submeter-se aos momentos amargos e desaventurados nos campos que me foram negados conhecer. Talvez maior tenha sido a falta do aconchego de um pai, ou da sobra de um que o tentava substituir. Mas o passado não é mesmo nada que possa modificar o futuro… Talvez sejam os vetores, sim, minha tristeza e meu engano. Talvez eu não precise ter, mas me vejo em prantos precisando ao menos entender o que fiz nos meus tempos inocentes para merecer a saudade de algo que hoje me parece ou fazer falta, ou excesso…

Mais uma vez me vejo desejando um gênio, ou uma garrafa… O que me desse, de forma mais imediata, possíveis segundos de não ser mais quem sou. Humano, fraco, projeto de filho…

Anúncios
  1. Jhenny
    agosto 17, 2011 às 23:00

    Vocês não sabem formatar esse projeto de blog de vocês?

  2. Jonny
    agosto 18, 2011 às 09:03

    Jhenny
    agosto 17, 2011 às 23:00 | #1

    “Vocês não sabem formatar esse projeto de blog de vocês?”

    _______________________________________________________________________

    “Inveja é a falta de fé em si.”

    “Os ataques da inveja são os únicos em que o agressor, se pudesse, preferia fazer o papel da vítima.”

    “Aqueles que não fazem nada estão sempre dispostos a criticar os que fazem algo.”

    “Não há nada de errado em sentirmos raiva, tristeza, paixão, inveja… É humano. Só não devemos deixar que as emoções nos dominem e nos impeçam de fazer, aquilo que estamos fazendo.”

    “A inveja é o resultado daquilo que gostaríamos de ter, mas não tivemos a capacidade de conseguir.”

    “É tão natural destruir o que não se pode possuir, negar o que não se compreende insultar o que se inveja.”

    “Não há animal mais degradante, estúpido, covarde, lamentável, egoísta, rancoroso, invejoso, ingrato, que o público. É o maior dos covardes, porque de si mesmo tem medo.”

    “A inveja é um vírus que se caracteriza pela ausência a sintomas aparentes. O ódio espuma. A preguiça se derrama. A gula engorda. A avareza acumula. A luxúria se oferece. O orgulho brilha. Só a inveja se esconde.”

    “O número dos que nos invejam confirma as nossas capacidades.”

    “Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima!”

    “Eu sempre prefiro o deslumbre do entendimento ao deslumbre da ignorância.”

  3. Jonny
    agosto 18, 2011 às 09:10

    “Sobre as minhas franquezas”

    “Uma parte de mim é todo mundo: outra parte é ninguém: fundo sem fundo.
    Uma parte de mim é multidão: outra parte estranheza e solidão.
    Uma parte de mim pesa, pondera: outra parte delira…
    …Uma parte de mim é só vertigem: outra parte, linguagem…”

    “Estou na caridade da evolução do meu ser. Quero ser menina, encontro-me mulher… Quero ser mulher, vejo-me menina…”

    “… E que a minha loucura seja perdoada porque metade de mim é amor e a outra metade também.”

    “Ao certo Bárbara, Jonnhy, MUleque Retardado, seja como for…”
    La Donna é Mobile /Qual piuma ao vento /Muta d’accento /E de pensero…

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: