Início > Defeito Colateral > Extrema direita do pais. Desespero total.

Extrema direita do pais. Desespero total.

Anúncios
  1. Jonny
    maio 9, 2011 às 15:38

    Algumas das frases de Luiz Carlos Alborghetti que se tornaram populares:
    _ “A maioria delas é uma relação de filosofia profunda com extrema indignação, e são usadas (“roubadas”) descaradamente por diversos imitadores que vemos nos programas atuais de jornalismo policial…”

    “Bandido bom é bandido morto!”

    “Cadeia nele já!”

    “Bandido é bandido, malandragem! E bandido você tem que mandar matar!”

    “Um beijo na sua alma!”

    “Tá mais quebrado(a) que arroz de terceira!”

    “Não tem que construir mais cadeias! Tem que construir mais cemitérios!”

    “Tá com pena dele? Leva pra tua casa! Põe pra dormir na tua cama!” (frase dirigida a defensores dos direitos dos bandidos)

    “Vamos tirar a máscara e lavar a cara!”

    “Falsos profetas, falsos moralistas!” (para os supostos defensores dos direitos humanos)

    “Cadeia pra vocês, vagabundos!”

    “Você faz as coisas direito… mas sempre tem um filho da puta pra te sacanear, sempre tem um filho da puta querendo te foder….vai foder… a BUCETA da TUA MÃE FILHO DA PUTA…..que deve tá com AIDS!“

    “Ôôôô Riiiiio de Janeiro do meu saco!”

    “Ele agora deve estar sentado no colo do gramunhão!”

    “Eu fico puto da cara, fico filho da puta da minha cara!”

    “Eu fico desgraçado da minha cabeça!”

    “Você mata, com um botijão de gás, uma média de 500 bandidos por dia.“

    “Vamos lavar a cara e tirar a máscara,”

    “Foi pro colo do capeta!”

    “Tô cagando e andando pra vocês, tô cagando, peidando… pra vocês!”

    “Papai quer gêmeos.”

    “Se gostou, gostou, se não gostou, pula no meu peito, porra!”

    “Não devo pra filha da puta nenhum nesse estado e nesse país !

    “As drogas transformam seu filho num cadáver ambulante e sua filha numa prostituta mercantilista.”

    “Não fui desmamado com garapa não, minha mãe tinha um tetão que dava um vendaval de leite!”

    “A minha mãe era a maior putona que já vi…mas era putona do meu pai.”

    “Bandido bom é bandido morto e enterrado em pé para ocupar pouco espaço no cemitério.”

    “Mijou pelo dedão do pé! “

    “Eeei!! Eeeeeei!! Eeeeeeeeei!! Eeeeeeeeeeeeeeeeeei!! DESGRAÇA DE TELEVISÃO DO SATANÁIS!!!”

    “Tudo o que pinta de novo pinta no rabo do povo!“

    “Índio Caboclo Dalborga diz que prostituta tem que levar cacete!”

    “Medida sócio-educativa?! Medida sócio-educativa?! Ele vai é puxar o cigarrinho do capeta! Dar um tapa na macaca!”

    “Éé…é…ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ!!!! Boa noite!”

    “Não vai pra cadeia otário! CADE MEU PAU? CADE MEU PAAAAAAAU? Ahhhhhhhhhhh… (momento) Encerra que me deu câimbra… ahhh meus Deus…”

    “Puta que pariu quebrei o dedo…Meu dedo meu deus isso é praga desses corruptos vagbundos!”

    “Sai de miiiiimmmmm gramunhãaaaaooo…”

    “Ô CARAAAAAA! Ô CARAAAAA!”

    “Ma que diabo rapaz, isso é coisa do satanás!”

    “Vocês trocados por MERDA sai caro! Eu admiro mais a MERDA do que vocês! Eu dou mais valor ao CHEIRO da merda! Ao CHEIRO – DA – MERDA!

    “Desgraça de televisão do satanás, vocês tem merda na cabeça?”

    “O pinto do cara explodiu!”

    “O cara tem que apanhar, deixar pelado e apanhar na bunda de remo!”

    “Tem que meter uma trolha no anel de couro desse cafajeste e sair na boca…. esse puto ai, tem que meter na cadeia e virar mamãe!”

    “Tudo que pinta de novo, pinta na bunda do povo!

    “Eu cago e ando para opinião pública. E limpo a bunda para a sociedade, com o dedo!”

    “Ninguém fala nada, agora vai pintar a cara de verde e amarelo e gritar gol, gol! Gol na bunda do povo, porra!”

    “Não vai pra cadeia. Se vai pra cadeia, eu enfio um espanador na BUNDA, e saio FANTASIADO de CARMEM MI-RAN-DA! De São Paulo vou a Rio, e do Rio vou pra ponte que caiu!”

    “O cara entra dentro da tua casa, mete a máquina na tua família, come a bunda da tua mulher, come a bunda da tua filha, come a tua bunda. Você não pode falar nada, tem que enfiar o dedo na bunda e nem ir na delegacia de polícia, porque você não tem uma arma dentro de casa. Porra, que merda que é esse país!”

    “Este País tá uma BUNDA!”

    “Careca desgraçado!”

    “Põe minha bunda no ar. Dá pra gravar em disquete? Eu vou buscar uma grana com o Lafaiete.”

    “Pergunta: Quem é você?
    Resposta: Eu sou o amante da tua mãe, filho da puta.”

    “Pergunta: Alborghetti, por que você fica bravo com a sua equipe?
    Resposta: Porque eles são burros.”

    “Cadeia já, já, já! Cadeia, já, já, já! Traficante tem que pagar! Ahhhh, que legal! Fiz uma musiquinha pra eles!”

    “Vai soltar um filho pelo cu pra você ver como é!”

    “Tira essa grade da minha cara! Vá pro Inferno!”

    “O cara entra na tua casa, come a bunda tua mulher, come a bunda da sua filha, come a tua bunda e você não pode nem dar um tiro nele? Abaixo esse troço de desarmamento porra!”

    ”O retardado comeu a bicha desvairada e ainda limpou o cogumelo na cortina! NA CORTINA!”

    “Não precisa gostar de mim, deixe eu gostar de você!”

    “Tô com o saco na garganta hoje.”

    “A quadrilha do Lulalá e os quarenta ladrões.”

    “Vem fazer um Borghettinho aqui vem!”

    “Quero meu Gás, bomba em lá paz!”

    “Dou a minha cara pra bater, porra!”

    “Olha o tamanho do meu cacete, mostra aqui o tamanho do meu cacete.”

    “EI! FLEURYYY! FLEURYYYEEEEEEEEEEEEEE! FLEURYYY! Que barbaridade!”

    “Vagabunda, CAPIVARA!”

    “Bandido bom é Bandido Morto.” (Ao defender a pena de morte)

    “Tá sentado no colo do Capeta!” (Ao se referir aos bandidos)

    “Tem que matar é vagabundo!” (Criticando o trabalho policial)

    “Tá no bico do Urubu” (Aos bandidos que iam para cadeia)

    “E você, meu pai, minha mãe, vai pagar a comida do desgraçado” (Defendendo a pena de morte novamente)

    “Vai procurar o caminhão donde você caiu”

    “Tomara que quebre uma perna e pegue uma gonorréia”

    “Aquela prefeita de São Paulo… Luiza Izorina, Eruzina… ah sei lá o nome da mulher!”

    “Fizeram sexo anal, sexo na frente, atrás, na contramão, do lado, no ouvido, na boca, no Diabo que o carregue…”

    “Pobre tem que andar de buzunga, cheirando o suvaco um do outro…”

    “É pra quebrar o rabo!”

    “Foi pra tromba do elefante”

    “Sentou no colo do capeta”

    “Sentou no cacete da Maria Etervina”

    ______________________________________________________________________

    Para finalizar, a que eu sempre gostei é:

    “Ah! Vá a merda porra!! Vá a meeeeeeeeeeeeeeeeeeerrda!! Vááááááááááááááááááááááaá porra, EU NÃO SOU OTATÍO PORRA!”

    Em Curitiba, no dia 09 de dezembro de 2009 Luiz Carlos Alborghetti nos deixou aos 64 anos (sessenta e quatro). Ele se foi… E com ele seu tom “inflamado, desafiador, e o discurso ácido, não raro com o uso de termos chulos para expressar sua indignação”!

    Jornalista policial, radialista e político. Uma das maiores perdas dos últimos tempos no nosso país. Ele vai fazer muita falta…

  2. rodrigonunesouza
    maio 9, 2011 às 17:29

    Morreu porra nenhuma, ta mais vivo depois de cadaver… Seu espirito se espalhou em todo o pais agora.

  3. Jonny
    maio 10, 2011 às 16:59

    “Já me mataram várias vezes na mídia aqui no Paraná. Parece que tem uns caras que têm tesão de ver morto, não querem que eu viva não! ‘Ahh o Alborghetti morreu.’ Aí todo mundo liga, pá, liga, liga, liga, liga aí eu atendo: que que é, ô filho da puta? ‘Não, pelo amor de Deus, disseram que você morreu!’ Morreu porra nenhuma, eu tô aqui vivo, porra. Puta que o pariu! Tô vivo!“

    -Alborghetti (17/10/2009)

    http://alborghetti.wordpress.com/2009/11/01/morreu-porra-nenhuma-eu-to-aqui-vivo-porra-puta-que-o-pariu-to-vivo/

  4. Bruno Dorneles
    maio 16, 2011 às 10:51

    melhores frases do áudio:

    “quem usa maconha não trepa!”
    “drogas é pior do que uma herança nuclear”
    “ninguém trepa, ninguém tréépa, NINGUÉÉÉÉM TRÉÉÉÉPAAAAAAAAAAAA”

    só tem uma coisa mais engraçada do que a extrema esquerda: a extrema direita

  5. rodrigonunesouza
    maio 17, 2011 às 07:10

    eu boto feh que ele eh que n trepa ha uns bons anos… talvez se ele fumar unzinho ele relaxasse e o pau dele endurecesse.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: