Início > Defeito Colateral, Que porra é essa? > A origem dos males humanos; o divórcio.

A origem dos males humanos; o divórcio.

 
Eis que uma prima me manda tal email; Que posto na integra;
 
PORQUE OS CASAMENTOS DE ANTIGAMENTE DURAVAM!
  
PORQUE OS CASAMENTOS DE ANTIGAMENTE DURAVAM!*
*Observem as frases retiradas de revistas femininas das décadas de 50 e 60:*

Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho
e provas de afeto, sem questioná-lo. (Revista Claudia, 1962)

A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar banho
fora de casa. (Jornal das Moças, 1965)

Se o seu marido fuma, não arrume briga pelo simples fato de cair cinzas no
tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda casa. (Jornal das Moças, 1957)

Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas. (Jornal das Moças,1957)

O noivado longo é um perigo, mas nunca sugira o matrimônio. ELE é quem
decide – sempre! (Revista Querida, 1953)

Sempre que o homem sair com os amigos e voltar tarde da noite espere-o
linda, cheirosa e dócil. (Jornal das Moças, 1958)

É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido.
(Jornal das Moças, 1957)

Quando seu marido lhe procurar a noite, não reclame de dor de cabeça,
trate-o com carinho e amor. Jornal das Moças, 1960)

A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas, servindo-lhe uma
cerveja bem gelada. Nada de incomodá-lo com serviços ou notícias domésticas.
(Jornal das Moças, 1959)

O lugar de mulher é no lar. (Revista Querida, 1955)

*CONCLUSÃO:*

*Não se fazem mais revistas instrutivas como antigamente! *

———————————————————————–
Com base nisso, devemos refletir um pouco agora sobre a condições mundanas de nossa sociedade, e a pemissividade de costumes dos nossos meios.
Assim, fica claro pensar, que a origem dos males na sociedade, Freud explica, é o atéismo.
Sabendo que essa doença que se espalha pelo reino cristão, a doença da descrença, quem vem junto com uma série de acompanhamentos. A lascividade, o degeneramento moral, a perda de valores puros do homem da familia brasileira.
Assim, torna-se necessário, parabenizar aqui novamente nesse espaço, o Papa, que permitiu o uso da camisinha que nem o mundo inteiro esperava.
Lógico, que não poderia permitir o seu uso ao bom cristão, que segue os matrimonios sagrado da Santa Mãe Igreja e não fica se sujando com as nojeiras do mundo carnal.
O sexo é permitido por Deus, mas não por uma finalidade recreativa. Por si só ele deve ser uma manifestação de aprofundamento do amor e da intimidade do casal, lógico que isso só funciona onde a castidade seja plena, e a pureza do caráter e do espírito sejam condizentes.
Não se trata de moralismos, de certos e errados, e sim da verdadeira doutrina do amor abençoado por pelo Deus da tradição Cristã;
Eis o que a pesquisa revela, mais de 95 por cento dos Ateus são filhos de pais separados.
O dia em que o mundo se perdeu, foi a muito tempo, mas o dia que isso chegou ao Brasil, foi certamente quando Roberto Carlos apareceu na Televisão mandando todo mundo ir pro inferno.
Me diga cidadão, como pode um jovem, cabeludo daquele jeito, inflingindo toda noção básica de etiqueta e ordem social que o estado brasileiro necessitava de uma ditadura militar para conter.
Uma juventude tão rebelde gerou um país de marginais. O menino já vira bandido com 8 anos quando começa a corrupção no dever de casa, depois a cola nas provas. A escola é onde se aprende a ser um brasileiro corrupto e desonesto.
Na escola, se incetivam-se os alunos a namorarem entre si. A beijarem-se na boca, veja só, na maioria das vezes sem o consentimento, ou sequer o conhecimento dos país. As vezes, uma mesma menina chega a namorar na mesma escola até mesmo com mais de um rapaz.
O que é um absurdo. Foi-se o tempo em que a pedagogia tinha métodos eficientes de ensino. Como a palmatória. Pergunte quanto é 7 multiplicado por oito pra um antigo e todos sabem.
Agora, essa modernidade, que ensina homossexualismo como normal, que ensina criança que tem de usar camisinha. Que põe a criança inocente pra brincar de pera, uva, maçã e salada mixta; Deveriam todos esses serem excomungados.
Pois essa rebeldia que apareceu nos anos 70, que foi mais ou menos um filho do comunismo que ja vinha se criando aqui nessas terras pelo complexo de colonia que temos. O comunismo é um outro mal, que é um dos mais corrosivo e dos quais certamente o estado brasileiro depois do golpe democrático do PT dificilmente vai se livrar.
Depois que vetaram a proibição da mini-saia, feita pelo único Presidente abençoado por Deus desse país, Jânio Quadros.
Essa lei Maria da Penha por exemplo, ela é contra as leis da Santa Igreja. Como pode um homem não dar uma bofetada em uma mulher se ela gritar um Puta que o pariu pela casa ? Agora o homem, tem de aceitar que sua legitima esposa, casta, fale um palavrão desses ?
Deve conversar com alguem que fala um Puta que o pariu e ensinar ?Não.. com terrorista e bandido não se negocia. Não se desculpa um crime, se pune. Uma bofetada nesses casos, estando o homem bebado ou não, quando a mulher enche muito o saco é algo que mantem o casamento duradouro, e saudável, e algo que faz tão bem a esposa.
Geralmente, as que assim são tratadas amam mais os seus maridos e os defendem com unhas e dentes.
As que são mal amadas, ou lésbicas, ou feministas que dominam os maridos afeminados acovardados que não se impõe…
Sim, é preciso realmente denunciar o abuso. O homem que bate por motivos não corretos, como por exemplo, bater na mulher pra fumar crack, o que todos achamos um absurdo.
Mas se a mulher falar Puta que o pariu, na frente dos filhos ainda. O homem tem de reprimir, até pra os filhos saberem como se comportar.
Os casamentos por si só, quando são escolhidos pelos próprios noivos e é baseado na paixão e no egoismo, não se sustenta. Mais parece um negocio social, uma sociedade.
Não há o lado espiritual, e sequer o conhecem. O divórcio veio para destruir a igreja, e a indecencia no mundo foi por conta dele.
O divórcio foi o principal motivo da reforma protestante; porque os outros argumentos, a propria igreja lutava contra; e a reforma protestante é a mãe do ateismo e do capitalismo liberal.
Porque adorar imagens, ou cultos pagãos, é algo que a igreja é contra, e que sabe que existem praticas feitas assim por seus membros, mesmo de altas hierarquias e cultivadas por inumeros fieis, mas nem por isso é aceita como correta, é como a cola na escola. Ou o Puta que o pariu que possamos falar.
A causa do ateismo, é o divorcio.
Qual a causa do dívórcio ? Muitas… Principalmente algumas que listo, causas que são inclusive vistas como saudaveis pela sociedade atual, mais perdida que cego em tiroteio
Mas eu descobri qual a principal causa do divórcio, e como todos os males do mundo se resumem ao divórcio, todas se resumem igualmente a causa que irei anunciar, no momento oportuno.
Assim, o divórcio foi o motivo da reforma protestante;
Eram contra as indulgencias, o paganismo, adoração de imagens, a corrupção, as torturas, e a inquisição do santo oficio e a luta contra o conhecimento cientifico, assim se tornaram protestantes, mas a igreja igualmente era cotnra todos esses males internos seus, inclusive adotando medidas sobre isso. A igreja é uma instuição feita de homens, e sujeita a desvios como todas as instituições humanas, mas o que interessa que no geral, o seu aspecto é muito positivo para a humanidade.
Quem nos ensinou a perdoar foi o cristianismo, e se não tivessemos uma Madre Igreja conduzindo o comportamento de toda uma cultura ocidental por milenio, dificilmente teriamos hoje em dia direitos humanos. Se viessemos de uma tradição bárbara certamente teriamos sacrificios humanos em reallity shows. O pior que não estamos já longes disso.
Assim, o único mal que a igreja não concorda de fato, com os opositores, os protestantes, é o do divórcio e do celibato.
Primeiro que o divórcio é visto como um absurdo, porque é claro que oque Deus uniu o homem não separe. E o que se une em espírito diante de Deus, não existe como separar.
Ao certo, o divórcio por si só não existe, e eu desafio qualquer uma  provar a existencia do divórcio, ou mesmo o casamento fora da benção de Deus.
O que pode existir é pederastia, lascivia, concumbinato, mancomunação indecente ou outras depravações da sociedade moderna. Mas a pureza da alma do casal matrimoniado só existe segundo as benção de Deus.
Na lógica do ateismo, não é só deus que não existe, não existe nada que não seja materialmente observável, nada não cientifico, nenhuma verdade não racional e empírica, assim, não existe amor, carinho, afeto, caridade, alma, sequer bem ou mal…
Eis a lógica que deriva do divórcio, dos cristãos maridos, com a madre igreja, esposa santíssima e casta trocada por prostitutas evangélicas.
Pois isso que representam essas ceitas evangélicas que surgiram. Mercados, industrias, palanques politicos, mafias… tudo o que acusaram a igreja e foi motivo de existirem, é exatamente o que fazem sem o menor pudor de maneira inclusive muito prodigiosa do ponto de vista capitalista.
Foi assim, divorciando o cristão de sua esposa, que o mundo se perdeu.
A igreja continuará eternamente com o celibato e com a castidade do matrimonio e a pureza da relação sexual sobre a beñção de Deus, e sem o uso de plástico ou camisinha.
E eis que argumentado, porque o divórcio é origem do mal, eu devo dizer a causa do divórcio principal; O sexo anal.
Devel escrever o próximo post, discutindo sobre esse tema tão polemico, que gera tanta discórdia na sociedade legal, e mesmo na sociedade ilegal, na cadeia por exemplo, é assunto muito polemico.
O sexo anal é de onde deriva todo o mal, entre eles o divorcio, que derivou nessa bagunça que estamos vivendo, mas que sabiamos, porque estava escrito na palavra do senhor.
O Papa está certo, camisinha é pras Putas e Homossexuais.

 

Anúncios
  1. Luis henrique
    janeiro 7, 2011 às 09:41

    e aí nunes…o que que vc está achando dessa onda de preconceito contra os nordestinos em sp e no rio?

  2. março 12, 2013 às 19:35

    Luís Henrique, preconceito é o pior dos males do mundo, é gerado por parte de pessoas idiotas que desconhecem a ética. Infelizmente os nordestinos, mesmo sendo considerados como povo trabalhador e honesto, são muito discriminados no Brasil, tanto no estado de São Paulo, quanto no estado do Rio de Janeiro.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: