A Bela e a Fera

A Bela e a Fera

Que Fera é esta?
Que no lugar dos olhos carrega o coração?
Que Bela é essa?
Que de humilde carrega apenas a falta da mesma?

Palpáveis são as almas,
Reflexos das vontades;
Racionais por tradição.

Cansei de viver o irreal,
Ser um mortal nas mãos da estúpida fantasia;
Viveremos o que sempre fomos,
O que negamos aos nossos pais,
Aos nossos corações.

Viveremos por que pensamos,
Por que pensamos e existimos;
Viveremos por que queremos,
Por que esperamos dias melhores;

Cansei de ser Bela,
De procurar o melhor do monstro;
Já achei o que queria,
Fica no meio do homem,
O coração da carne;
Além dos lindos olhos,
Além da barba,
Além do mundo.

Não é amor,
É de verdade.

Bruno Dorneles

Anúncios
  1. novembro 12, 2010 às 13:57

    Às vezes sinto-me burra….

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: