Início > Defeito Colateral, JIHAD > Quando ta escuro na sua rua, você tem mais medo de fantasma ou de ladrão ?

Quando ta escuro na sua rua, você tem mais medo de fantasma ou de ladrão ?

Meus senhores,

Venho aqui tecer alguma sinceras opiniões sobre o ato de protelar. Como o mais covarde atuo de blefe, de tentativa de adiar a derrota, para pela impaciência do adversário, chegar a vitória.

Falo especificamente disso.(Por Felipe Recondo, Mariângela Gallucci, estadao.com.br, Atualizado: 24/9/2010 1:31)

“Dividido, Supremo não consegue decidir validade de Lei da Ficha Limpa

O julgamento da validade da Lei da Ficha Limpa foi suspenso à 1h15 de hoje. Depois de mais de dez horas de debate, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Cezar Peluso, deu o voto que empatou o placar – 5 a 5 -sobre valer ou não o acórdão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que manteve integralmente a vigência da Ficha Limpa para as eleições deste ano – tirando da campanha Joaquim Roriz (PSC) por considerá-lo ficha-suja.

Antes de suspender a sessão, alguns ministros, capitaneados pelo presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, diziam que, por causa do empate, prevaleciam as regras do regimento interno do STF e da Súmula Vinculante 10 que mandam manter a Lei da Ficha Limpa. Cezar Peluso puxava os votos dos que queriam aguardar a indicação do 11.° ministro da corte para desempatar – vaga aberta desde a aposentadoria do ministro Eros Grau.

A maioria dos ministros já havia adiantado que considerava constitucionais os trechos da lei que acabaram por impedir a candidatura de Roriz ao governo do Distrito Federal. Roriz teve a candidatura barrada por ter renunciado ao mandato de senador em 2007 para fugir do processo de cassação, o que passou a ser considerado causa de inelegibilidade pela nova legislação.

Os ministros decidiram que não viola a Constituição a aplicação da nova regra para fatos que aconteceram antes da aprovação da Lei da Ficha Limpa.

Para o futuro. O ministro Dias Toffoli foi o diferencial no julgamento e responsável por uma dúvida. Crítico contumaz da Ficha Limpa, ele amenizou o discurso. Votou apenas no sentido de jogar para o futuro a aplicação da lei.

De acordo com Toffoli, seria necessário esperar pelo menos um ano da entrada em vigor da lei para impedir as candidaturas. Segundo ele, a exigência está prevista no artigo 16 da Constituição Federal. ‘O artigo 16 é uma garantia do eleitor’, disse.

Argumentou que isso garante que mudanças nas regras eleitorais patrocinadas pelas maiorias não sirvam para excluir adversários das eleições, como ocorria com freqüência na ditadura militar. Nesse sentido, votaram também os ministros Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello.

O voto de Gilmar Mendes foi o que mais esquentou o clima do plenário. ‘Essa regra é cláusula pétrea. O fato de ter-se que esperar um ano é uma segurança para todos. Faz parte de um processo civilizatório, precisa ser respeitado’, afirmou. ‘A história mostra em geral que os totalitarismos se louvam nesse tipo de fundamento ético.E concluiu: ‘A ditadura da maioria não é menos perigosa para a paz social do que a da minoria.’

Marco Aurélio Mello acrescentou: ‘Vivemos momentos muito estranhos. Momentos em que há abandono a princípios, a perda de parâmetros, a inversão de valores, o dito passa pelo não dito e o certo pelo errado e vice-versa. Nessas quadras é que devemos ter um apego maior pelas franquias constitucionais. E uma dessas franquias nos direciona à irretroatividade da lei.

Aplicação imediata. Cinco ministros – Carlos Ayres Britto, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Joaquim Barbosa e Ellen Gracie – votaram pela aplicação imediata da lei, ao julgar que a mudança não alterou o processo eleitoral, como visa proteger a Constituição.

Eles argumentaram que a lei foi aprovada antes das convenções partidárias. As legendas sabiam, portanto, quais eram as regras de inelegibilidade. E deram legenda para fichas-sujas porque quiseram. ‘Não há direito adquirido à elegibilidade: o direito é definido e aferido a cada eleição, assim como não há direito garantido à reeleição’, disse o ministro Ricardo Lewandowski, que também preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Mas a restrição que Toffoli fez à lei foi apenas aquela – de que valeria para as próximas eleições. O ministro rejeitou os argumentos dos advogados de Joaquim Roriz de que as novas regras retroagiam para prejudicá-lo e de que estaria violado o princípio da presunção de inocência ao ser considerado inelegível sem condenação pela Justiça.

——————————————————————————————————–

Enfim, não sei do que mais tenho medo. Dos fantasmas da política desse país, que já tem uma tradição nefasta. Os espírito do primeiro governo, deixaram esse legado de maldição. Ao andar em uma rua escura, que são essas vias virtuais do século XXI. Devemos ter medo é de nós mesmos. Devemos ter medo de sermos ignorantes ao ponto de reduzir nossa capacidade reflexiva sobre a realidade.

Não podemos compreender algo tão simples.

Como pode um político até hoje se candidatar com ficha suja se pra você limpar a privada do ministério você não pode ter histórico criminal.

Agora veja, quem limpa a privada desses políticos, e quando é preso não tem foro privilegiado, é quem paga o salário dessa gente. E não paga só com imposto. Paga com o trabalho, com a vida, com os filhos, com toda sua esperança. Só sua torcida pela seleção brasileira de futebol, ela só tendo feito vergonha, já paga muita coisa.

O brasileiro deveria odiar o Brasil.

Não me interpretem mal. Sou bem especifico aqui. Não é detestar o povo brasileiro, odiar nordestino ou coisa do tipo. Não é odiar o território nacional. O Brasil não é o seu povo, não é o seu território, não é a sua língua.

O Brasil é um estado, que leva o nome da cor da brasa. O vermelho da matéria que traficamos. Somos o paraíso da pirataria no mundo, e sempre fomos.

O mercado ilegal é um fato no qual nossa terra é especializada. Político ladrão tem em todo lugar, corruptos também, gente desonesta igualmente. Mas em poucos lugares é quase uma maioria má intencionada.

O brasileiro devia odiar o estado brasileiro. Que Fode com sua vida. Devia odiar o serviço público. Devia odiar o atraso econômico duma nação que mais dá do que recebe ao mundo.

Agora, como pode diabos?

É melhor que façam uma ditadura logo. Que assumam seu totalitarismo. E eu falo dos PETISTAS.

ESSAS ALIANÇAS…

Não há o que fazer. Já desenharam o destino. Só podemos fazer piada e resmungar, e que venha a Dilma. A primeira mulher na presidência podia pelo menos ser feminina. Falam de presidente negro.

O Brasil precisa primeiro, de arrumar esse judiciário. Porque é inconcebível, que um juiz aceite que um candidato tenha infringido leis. Pra qualquer emprego do mundo, o patrão não quer um criminoso. O próprio ex-detento, que já pagou sua pena e nada mais deve tem trabalho de arrumar emprego.

Mas o filho da puta do Dirceu ta solto.

Essa porra desse decoro parlamentar… tem de julgar na justiça comum. Mas sabe qual o problema?

Quem vai julgar é uma maioria de ministro nomeado pelo presidente. Isso é, o Dirceu apontou boa parte de quem ta ali.

Ai mesmo com todas as provas de corrupção, tudo que o senhor LULA, E DILMA alegam, é que isso eles não discutem, pois isso é assunto da JUSTIÇA. Que é toda comprada e o libera.

Mas que diabo de 3 poderes são esses que desequilibra pro poder judiciário ?

No fundo quem manda é o poder econômico. Não o verdadeiro poder econômico, mas o poder usurário banqueiro. Quem lucra nesse país?

Tudo comprado. Se um banqueiro dá 15 milhões pra campanha do Lula, dá 12 pra do serra e 8 pra da Dilma.

Ninguém se elege sem ta no esquema.

Vamos vigiar pra isso não virar uma Venezuela. Vamos atentar pela qualidade da educação que é alarmante.

Agora que gozado, o povo brasileiro não tem saneamento básico, a massa. Gasta-se mais em propaganda pra convencer o povo que tem saneamento, do que pra fazer esgoto.

O cara morando na bosta, recebendo mesada do governo, acha que ta tudo melhorando e que pro que era já ta bom demais.

Ta na hora desse país começar a funcionar. Eu tenho mais medo de ladrão que de fantasma.

Anúncios
  1. rodrigonunesouza
    setembro 24, 2010 às 20:29

    O Joaquin Roariz, indicou a esposa pra candidatura, no seu lugar.

    Quando agente espera que não tem mais nada pra acontecer de possivel…

  2. rodrigonunesouza
    setembro 25, 2010 às 01:25

    Por LUCI RIBEIRO, estadao.com.br, Atualizado: 24/9/2010 17:04 http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/artigo.aspx?cp-documentid=25702533

    Roriz diz ter ficha mais limpa que a dos juízes
    Fora da disputa eleitoral, o ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz declarou ter a ficha mais limpa do que a de alguns juízes que o avaliaram ‘apenas com base em sofismas’. ‘Me julgaram apegados às luzes dos holofotes, rasgaram a Constituição. Não sofri condenação’, diz Roriz em seu site oficial, em que publicou hoje o documento intitulado ‘Manifesto de Roriz ao povo de Brasília’.

    O ex-governador, que desistiu nesta manhã de disputar ao quinto mandato no Distrito Federal, afirmou no documento: ‘Nunca avancei sobre o patrimônio público, nunca sujei minha mão na lama onde chafurdam os corruptos que infelicitam Brasília e o Brasil’.

    Ele ainda reafirma sua desistência do pleito e anuncia a decisão de colocar em seu lugar a sua esposa, Weslian Roriz. ‘Não posso mais ser candidato. Mas a eleição correrá em meu nome e o povo de Brasília me honrará elegendo governadora minha amada esposa, companheira de meio século, Dona Weslian Roriz, competente, honrada, humana e digna’, afirmou.

    A desistência ocorreu depois de o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) ter resultado em empate sobre a validade da Lei da Ficha Limpa nas eleições deste ano. Roriz foi considerado inelegível pela Justiça Eleitoral por ter renunciado ao mandato de senador, em 2007, para escapar de processo disciplinar que poderia cassar seu mandato e seus direitos políticos.

    O então senador havia sido flagrado em conversa telefônica interceptada pela Polícia Federal (PF) supostamente negociando a partilha de dinheiro de propina.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: