O bom pastor boiola

Contam-se das histórias de um pastor gay, em metáforas de justiça.

Escutava-se a agüada voz do sacerdote…

Se eu não quiser viver o que eu prego, problema de quem? Minha parte faço bem, vivo o que vivo, prego o que prego.

Uma tarde aqui em casa me liga um fiel:

-Pastor eu preciso que o Senhor me solucione uma causa impossível: Minha mulher está me chifrando!

Então curioso perguntei:

– Com quantos?

O pobre cristão me responde:

– Com duas, pastor, oh Senhor!, com duas!

Logo me pus a pensar em como ajudar o desafortunado rapaz…

Então recorri diretamente às escrituras.

– Meu filho, só se cura o mal com o bem. Ponha em prática o conselho do Senhor. O amado irmão sabe exatamente onde que essas três pecadoras se andam ensaboando?

– Sim senhor, é na casa do irmão Alvenar.

– Então o irmão Alvenar também está no meio? Perguntei todo tenso.

– Não pastor. Ele sai pra igreja todo domingo.

– Ótimo, disse eu, melhor assim, pensando o quanto era bom que não era meu dia de pregar, aliviado.

Aí ouço o fiel desesperado do outro lado da linha:

– Pastor, oh Pai Eterno!, o que devo fazer para restituir o meu casamento?, pelo amor de Deus! Estou sem luz, assim não vivo!

Dei a receita suprema:

– Para colher é preciso que se plante. Você vai orar, meu filho, o remédio é orar… Abençoado, peça a Deus para te livrar dessas outras duas endemoninhadas. Ore meu filho, ore muito!

Pois bem, desliguei o telefonema com o fiel reconfortado, fui ao meu altar e clamei:

– Fazei, Senhor!, que me passe essa horrorosa provação! Apagai da minha mente essas imagens, esse cheiro, esses gostos da pura iniqüidade! Sai Satanás! Libertai-me do dia que me visitou aqui o Alvenar, quando além de corno ele foi viado!

Hoje, liberto pelo perdão a cada dia, vejo amplo. Sou o que sou, faço o que faço, gosto do que gosto. Depois de Adão, quem não pecou?

Prego o que prego. Só de almas já ganhei mais de cento e cinqüenta mil para o Senhor.

Mas é assim, né, todo domingo o Alvenar chega aqui em casa para nossa sagrada reunião, de uma missão secular.

E toda manhã as infinitas misericórdias do Senhor se renovam.

Opa!, com licença, o telefone está tocando:

– Alôu? A paz a ti irmão amado! Sim, sim? Glória, aleluia! Ele é Pai, meu amado, Ele é Pai! As outras duas se foram pelo poder da sua fé!

Perguntei “quanto tempo para obter o resultado das orações?”

– Só deu resultado mesmo pastor, a partir do dia que o Senhor me deu uma revelação: me mandou comprar Viagra. O meu pênis ficou tão duro que a mulher até dispensou a empregada, pediu demissão do emprego, só para se dedicar ao serviço doméstico, fazer minha comida… Agora, até me acompanha nos negócios, viaja comigo! Minha família está novamente unida, estamos todos muito felizes, graças ao Senhor! Sou todo grato! Obrigado por caminhar conosco pastor. Lhe devo minha vida, oh Homem de Deus!

Assim, ponho o telefone no gancho, mal inicio a oração de gratidão ao Senhor por me usar tão grandemente me derramando tamanha torrente de unção, quando… “dééééééééééééeé”, é a campainha. Hoje o dia está muito bem preenchido.

Vocês vão ter de me dar licença, vou correr até a porta, que hoje é domingo!

– Bye bye bofes! Úi, hora da delícia! Ái!

O bem-vindo encosto de biba retornou para a casa do benfazejo pastor boiola…

O pastor boiola que é inocente.

Anúncios
  1. raphaelzaratustro
    novembro 10, 2009 às 18:23

    Será que é inocente mesmo? ha, um texto desses, tão carregado de ideologia assim, ideologia essa que nem eu sei se concordo. Foi uma psicografia, não sei se de um espírito de luz ou das trevas.

  2. Bispo Suzano Lopes
    novembro 14, 2009 às 15:51

    Inocente? Isso é uma afronta a tudo que é costume moral. isso é o cúmulo! Vocês vão para o inferno!

  3. rodrigonunesouza
    novembro 15, 2009 às 22:59

    Não concordo. Acho que é completamente inocente. Imoral é homofobia em um país democrático.

    Não se vai para, se vai ao inferno.

    Me deu vontade de te mandar pra algum lugar, mas penso que isso possa ser deselegante pra minha imagem.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: