Início > Humor, Velho Resmungão > Sobre o diabo, vadias e os jogos da cidade

Sobre o diabo, vadias e os jogos da cidade

Ouvi dizer que o diabo gosta de subir à Terra pra espalhar o caos de tempo em tempo. Parece verdade, já que deve ser um porre aguentar o tipo de gente que desce pro inferno. Imagine você acordar com Charles Manson perguntando se seus filhos já saíram pra escola, a Madre Teresa de Calcutá querendo saber mais sobre sexo anal ou até, sei lá, o Michael Jackson enchendo o saco.

Acontece que certo dia, quando estávamos eu e meu fiel camarada Podrão a caminhar pelas ruas, me parece que o diabo resolveu pregar uma de suas peças. No meio da noite, os letreiros mágicos de néon piscaram diante de nós, iluminando o caminho para uma certa boate de classe média-alta. Como parte dos truques infernais de Satanás, fui confundido com um dos nobres convidados, e me jogaram pra dentro quase tão rápido quanto arremessaram o velho Podrão pra fora.

O demônio é um notório adorador dos jogos, como todos bem sabem, e não há lugar melhor para os jogos da cidade do que uma boate de classe média-alta com lista de convidados da high society, se é que vocês me entendem. Não se pode gastar a noite, vocês sabem disso. Não se pode gastar a noite.

Foi tendo isso em mente que eu já sabia de tudo quando a vi. O balançar de seu cabelo loiro com uma sensual mecha colorida indicava que o jogo havia iniciado. Os passos seguintes eram apenas naturais: a aproximação, a conversa, a bebida…

O ponto é que em questão de minutos estávamos lá, como o diabo esperava, na mesa certa, na hora certa, com a música certa. E o jogo ainda estava no ar, você podia claramente sentir isso. O ar estava cheio de tensão, e a emoção do momento trazia o suor a nossas testas e tornava as mãos frias como facas. A hora fatal se aproximava. Foi quando ela se inclinou em minha direção, num movimento desesperado, rumo ao golpe fatal, fechou os olhos… e então nós dois sabíamos que o jogo havia acabado.

-Rá! Piscou, fela da puta!! Ganhei!!

-Mas hein??

Fui surpreendido por uma expressão de espanto e um grito de ódio, e devo dizer que não foi nada agradável quando o copo de rum da moça atingiu o meu queixo. Vadias não sabem perder.

Eu sou mesmo o big mothafucka no jogo de piscar.

Anúncios
Categorias:Humor, Velho Resmungão
  1. Nuno Rosa
    julho 25, 2009 às 09:32

    Segundo melhor texto publcado no blog até então XD

  2. Kevin
    julho 26, 2009 às 12:53

    fawjefnunuiofenuiaweufibhauiwhfeuihawuifhuihawuefhawuehfaiwuhnefuianhwuefhuwafhauhfiuahuef
    fewafuiwhauefhuanweioawnfionawiofniawoenfaw
    fiawefjiajwiefjioawfe[fa
    wejfowkrfkqw0fi-wi4tg-0q3f-34iq29-himjb023i9
    tq23hr-0q2i3rjmh
    q234-=qk23jh-
    l0
    20kj-5q2-=kh-=40h2i[3h59k,4knh=2kqg
    lgrt-
    20k
    gr5l0

    perai que eu to parindo de tanto rir

    qwdhfQJIFJPOIJ QIjfiejiwejfo][jagfaw
    eokjfwajk
    fjPFOGK
    FGPKwg

    gpwKTGWtgi4wtgw3p4t0kp0gtk3l3

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: