Início > Postagem Rápida, Que porra é essa? > Postagem rápida número #8

Postagem rápida número #8

A notícia não é de hoje, inclusive, não é nem de ontem nem ao menos de antes de ontem. Mas devido minha completa falta de interesse em tele-jornais, documentário de reprodução animal e já estou ficando farto de ligar na TNT e estar dando “House” (que, inclusive, é um dos melhores seriados que estão dando na tv à cabo), ando afastado da caixa mágica onde cabem milhares de pessoas dentro.

Mas a notícia chegou a pouco aos meus ouvidos, e eu adorei o que vi: o Eximo Sr. Deputado Sérgio Moraes falou, em alto e bom tom, a frase “Estou me lixando para a opinião pública”. E vocês acreditam que, por falar uma verdade universal por aquelas bandas, ele ainda pode perder o seu cargo? pela primeira vez alguém fala uma verdade naquele senado, e por isso o cara vai ser caçado? Enfim … sabem uma coisa que eu odeio? a mania de ter de manter as aparências … o deputado apenas falou o que todo mundo pensa, TODOS sem exceção … enfim, como muda a atitude das pessoas não é? algumas palavras pensadas são um segredo, algumas ditas destroem uma carreira ….

ps. eu te adoro deputado.

Anúncios
  1. César
    maio 20, 2009 às 00:09

    Certo, certo.

  2. Rodrigo Nunes
    maio 20, 2009 às 14:56

    É melhor eu nem falar do que eu penso nesse assunto; mas quebra de decoro parlamentar é pra se perder o mandato.

    E para que não se diga em vão que o senado nunca foi casa de grandes homens, fica aqui um trecho do mestre Rui Barbosa, que expressa claramente a opinião que omito;

    “De tanto ver triunfar as nulidades,
    de tanto ver prosperar a desonra,
    de tanto ver crescer a injustiça,
    de tanto ver agigantar-se os poderes
    nas mãos dos maus;
    o homem chega a desanimar da virtude,
    a rir-se da honra,
    a ter vergonha de ser honesto.”

    ————————————
    Essa é aos comunistas;

    “A regra da igualdade não consiste senão em quinhoar desigualmente aos desiguais, na medida em que se desigualam. Nesta desigualdade social, proporcionada à desigualdade natural, é que se acha a verdadeira lei da igualdade… Tratar com desigualdade a iguais, ou a desiguais com igualdade, seria desigualdade flagrante, e não igualdade real.”

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: