Início > Defeito Colateral, Velho Resmungão > Eu odeio gente globalizada

Eu odeio gente globalizada

Tão bom sentir uma explosão no coração, sentir nas veias um material de consistência desconhecida, que altera nosso humor e joga centenas de imagens e pensamentos na nossa cabeça … é tão bom escrever um texto baseado no ódio.
Vocês sabiam que, para uma pessoa ter acesso a tanta informação quanto há numa revista “super interessante”, na idade média, um ser-humano precisaria viver, em média, cinco vidas? Nos considerávamos uma sociedade constituída, com seus palacetes, com seus mestres em pintura, em escultura, com senhores feudais dizendo o que se devia ou não fazer, com sua religião … enfim, centralizávamos toda nossa cultura em alguns quilômetros quadrados e somente daquilo vivíamos, do resto nada mais nos interessava. Alguns punhados de anos se passaram, algumas guerras foram travadas, alguns outros lugares desbravados, algumas revoluções começaram e terminaram, alguns ditadores psicóticos tomaram o poder e … enfim, chegamos a era da “informação”. Com a invenção dessa tal de internet, nós acabamos pegando tudo que era gato, e colocando numa sacola só. Vamos misturar japonês com coreano, vamos dizer que na China eles falam chinês, vamos fazer o escambal, o caralho à quatro, por que a partir de agora somos … (rugem os tambores) … GLOBALIZADOS! Yeah! Mother fucker!
Globalização é divisão de informação e troca de cultura, é entregar na mãos de uma cambada que acha que sabe alguma coisa, e não sabe nada, um monte de informações para ele sub-entender e julgar absoluto. A globalização nos cegou de certa maneira, nos transformou em pessoas que, no fundo, cansaram de pensar, e buscam opiniões prontas. Ao invés de colher informações, cruzá-las, analisá-las e armazená-las , para formar uma opinião, jogamos nossas dúvidas no Google e o problema está resolvido. Esse fenômeno nos tem causado certas dores de cabeça, principalmente aos que, nadando contra a maré, ainda lêem um livro ou pesquisam numa biblioteca, lugar onde as informações foram processadas e tem um prestígio bem maior. Por que acabamos nos dando de cara com pessoas que tem uma opinião igualzinha ao outro fulano, que também pesquisou naquela comunidade do Orkut.
Não sou contra a internet … inclusive, se existe algo que não existe é alguém ser contra a internet. Nela encontramos TUDO que procuramos, em grande quantidade e variedade, é uma galaxia de opções. Ser contra a rede mundial de computadores é meter uma bala nos dois joelhos, até por que … para que raios eu estaria escrevendo um texto desses no meu diário? Para eu passar pros meus amigos e e eles escreverem um comentário nas páginas seguintes? (como se fazia nos anos 70/80 … o tio-avô dos blogs contemporâneos). Só precisamos entender que internet é, depois do fogo e da roda, a maior descoberta/invenção do bicho homem. O grande problema é entregar à pessoas ignorantes tamanha responsabilidade … como já disse o NM em um texto passado (e não vou disponibilizar o link por que não sei fazer isso … aff)(EDIT BY NM – Eu como sou um ”chefe” muito do bonzinho, vos apresento o texto que ele cita aqui.), sou à favor da exclusão digital. Se você quer usar a internet, peloamordedeus, saiba usar. Você nunca vai ser de fato o visitante número 9.999.999.999 do site, você não vai ganhar um  ringtone só por clicar o botão do mouse algumas vezes, você não vai ganhar nada nunca pela internet (à não ser que tu trabalhe com isso), por isso PAREM de clicar em qualquer porcaria que vocês enxergam pela frente.
Mas o que mais me revolta, nessas pessoas, são aquelas que são convictas de sua suposta supremacia, pessoas que, do alto do altar, apenas enchergam os menos afortunados, sem enxergar o cocozão onde estão pisando. Adoro exemplos, por isso vamos a um. Marimoon é uma VJ da MTV que tem um programa (Scrap MTV) e que você precisa ver três minutos do programa para ver que ela pode ter tudo, o cabelo azul, um rosto bonitinho, um corpinho legal, e não tem opinião NENHUMA, e eu digo NENHUMA MESMO. O programa é realmente de chorar, ela falando então, nossa senhora … os argumentos dela se baseiam em duas frases curtas, “Que fofo!” e “Puts” … puts digo eu, o piór é que é verdade, assista o programa dela (que eu não sei quando vai pro ar nem nada) e você vai ver … sério, eu fico com vergonha por ela, por que ela era/é uma blogueira (EDIT BY NM 2 – Na verdade ela tem um fotolog e uns 15 perfis de orkut, e ela vendia bugigangas pelo fotolog. Ta, parei de encher.) e jogaram no colo dela um programa para apresentar … enfim, além de idiota e globalizada é incompetente. O programa dela é outra bosta, como grande parte da grade da MTV (nos anos 90 MTV era hard rock … devíamos ter ficado por lá), o programa dela é como uma “agenda cultural” com “toques” de exposições, sites de designers e blábláblá … e toy art e blábláblá e grafite e blábláblá …ela só ainda não descobriu que agora ser ecológico é cool, por que senão só teria trepadeiras no cenário dela. O programa dela, na minha opinião, é pário duro com a “Malhação”, de tão globalizado, de tão focado no que a adolescência está mais ligada, em quais modinhas estão se agarrando mais e etc. Malhação, como eu já disse, é outra coisa excrotérrima da televisão tupiniquim. Não sei daonde os produtores e os roteiristas tiram TANTOS clichês, sério, eles devem se esforçar para conseguir. E vocês já viram a abertura da malhação desse ano? Aff … já não bastava ano passado eles terem postos dados de RPG, agora decidiram que a malhação seria designer, e a abertura lembra MUITO, MUITO MESMO, a nova propaganda da Coca-Cola (que é muito bem produzida), com coisas meio sem nexo, lúdicas e brincalhonas e etc, e os toy art por todos os lados … aff, sinto um ódio tão sincero por tudo isso.

"Cara, muito fofo" ^^

"Cara, muito fofo" ^^

Parece impossível, hoje em dia, que uma cultura fique intacta, parece que tem sempre um espírito de porco para te apurrinhar, para te cutucar. Parece impossível que uma cultura faça parte da vida de uma parte de toda essa sociedade. Ninguém mais pode ser individual, por que todos tem acesso a mesma fonte, independente de que lugar do mundo esteja vindo ou esteja indo. A globalização nos ajuda a sermos menos diferentes possíveis, até as pessoas idiotas que querem se fazer de diferente e pintar o cabelo e a sombrancelha de rosa ficam iguais à outras, por que bom … criatividade é algo que anda faltando no nosso mundo … um mundo que, resumindo, transforma tudo em um só, mistura galhos com bugalhos e diz que é tudo globalizado.
Malditos sejam os designers, malditos sejam os idiotas e maldita seja a menina-sem-opinião. Eu detesto vocês, por que vocês me fazem perder a esperança de que, um dia, todo ser humano vai ser capaz de pensar.

Anúncios
  1. março 29, 2009 às 04:33

    mamãe,eu sou designer =D:

  2. César
    março 30, 2009 às 21:02

    Que queimem na mármore do inferno.

  3. Laah
    abril 3, 2009 às 16:59

    Hahah…..Coitados d vc’s
    Morrem de inveja da marimoon…..
    Vão arranjar um emprego e trepar seus bando de …..
    aiii quii ódio….
    DEIXEM A MARIMOON EM PAZ!!!!

  4. abril 3, 2009 às 19:20

    hauohauoahouahuoah

    adorei, adorei …. “vc’s” … acho que algo ou alguma coisa pertence ao “vc” para ter um “‘s” depois dele … mas tudo bem, não me admira que venha de alguém que goste de marimonga hahahaha

  5. Lucas
    junho 15, 2009 às 01:22

    lindo.

  6. Lisa Wang
    junho 20, 2009 às 23:31

    Concordo com as opiniões do autor a respeito do fenômeno da internet com sua facilidade de encontrar opiniões formadas e informações compartimentadas disponíveis para vários fins, indo de apenas manter-se informado a realizar trabalhos acadêmicos e o enfraquecimento do pensar.

    Entretanto, nem todas as famílias passam para seus filhos a tradição da leitura, da pesquisa e da análise do que absorve. Muitas nem sabem orientar seus filhos neste aspecto. A internet, nesses casos, talvez incutiria nestes jovens a vontade de saber mais a respeito de certos assuntos que, de forma convencional, ele não chegaria a conhecer.

    Isto não invalida o fato de a internet empobrecer nossa capacidade de analisar, julgar e compreender. A facilidade às informações prontas é tentadora demais até mesmo para quem não precisa recorre a elas para aprender e se informar.

  7. carina
    julho 10, 2009 às 13:25

    nossa! parabéns pela idéia de informação pronta. Adorei o começo do seu texto. Mas depois vc se mnostrou uma pessoa muito “cool pra isso, cool pra aquilo”.

  8. Aline
    julho 20, 2009 às 10:14

    Você generaliza muito bem. rs
    Um pouco radical, não entendo bem essas pessoas que ficam idealizando “formas de pensar”, enquanto pensam ser os únicos seres pensantes.
    Visão elitizada e cool.

  9. janeiro 11, 2010 às 19:37

    Foi boa a intenção de abordar esse tema. Mas tornaste-o infeliz no decorrer. Continue pensando mais um pouco, chegaremos lá com tantas mesmas “ideias”.

  10. rodrigonunesouza
    janeiro 12, 2010 às 14:38

    Nuno Rosa, eu sou tão globalizado, pq vc me odeia ?

    E eu não curto esse visual de desenho japones que as pessoas se vestem.

    Globalização é o cara ter blog na internet entre outras peripécias.

  11. janeiro 19, 2010 às 08:56

    Puta que o pariu gente idiota

  12. Bést
    janeiro 27, 2010 às 12:15

    ki dó di voceiis nun saben di nada …morrend i inveja da marimoon..falan mal mais darian tudu pra se igual a ela ..seus trouxas!!!!!!!!!
    DEIXEN A MARIMOON EM PAZ ²!!!

  13. rodrigonunesouza
    janeiro 31, 2010 às 15:07

    Só por acaso quem é marimoon ?

  14. amanda
    março 4, 2010 às 22:45

    virei tua fã

  15. RUBENS MALTA
    março 5, 2010 às 10:21

    VALEU PARABENS PELA MATERIA, ESSES QUE ESTÃO NEGATIVANDO E IGUAL A MARIMOON. (CABEÇA DE CAMARÃO)

  16. RUBENS MALTA
    março 5, 2010 às 10:29

    RUBENS MALTA :

    Bést :ki dó di voceiis nun saben di nada …morrend i inveja da marimoon..falan mal mais darian tudu pra se igual a ela ..seus trouxas!!!!!!!!!DEIXEN A MARIMOON EM PAZ ²!!!

    ESSE E UM ANALFABETO O TAL DE BEST.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: