Início > Velho Resmungão > O que eu mais odeio sobre crentes…

O que eu mais odeio sobre crentes…

Se tem uma coisa que eu acho a maior estupidez do mundo (e que eu adoro criticar), é a religião, crença cega em um deus e toda essa parafernalha de gente normal.
Não não, você que tenha a religião que quiser e morra atropelado na Free-Way, ou tu acha que é importante demais para me preocupar com os seus delírios não provocados por LSD?

O fato que realmente me intriga é o seguinte: A maioria das pessoas possue uma fé em algo porque….sim. Sério mesmo, quantas pessoas você conhece que se dizem Cristão (ou mais frequentemente, católicos) e REALMENTE leram a bíblia? Ou que seguem qualquer um dos ensinamentos dela?
É absurdo a quantidade de pessoas que existem no mundo, que simplesmente acreditam em deus porque foram ENSINADOS a acreditar. Não foi de uma minuciosa pesquisa que revelou o quanto eles concordam com algum ensinamento bíblico, a única coisa que realmente contou para uma pessoa acreditar em deus, foi quando essa pessoa tinha 5 anos e perguntou ”Pai, que religião eu sou?”, ”Católico, deus existe e cale a boca”.

Exatamente isso, me arrisco a dizer que 90% dos catolicos do Brasil, desconhecem a maior parte da própria religião, e isso eu acho meio estúpido. Quer acreditar em Deus? Pois bem, acredite. Mas ao menos conheça a sua própria religião.

Bom, essa pequena introdução vai me levar a um seguinte ponto: A religião é um processo cultural hereditário. Exatamente isso, seu pai é cristão, você será cristão. Seu pai é judeu, você será judeu. Seu pai é um afro-descendente que acredita no Zulu-Zulu-que-mora-no-fundo-do-oceano, você vai acreditar no Zulu-Zulu-que-mora-no-fundo-do-oceano. E o que é mais irônico nisso, é que a maioria das pessoas não conseguem entender algo tão simples. E sim, seus putos, existem exceções, mas uma regra é feita pela maioria, não pela exceção.

E eu ainda tenho que aguentar católico brasileiro, me dizendo que se tivesse nascido no TURCOMENISTÃO, acreditaria em um deus bíblico porque ele é o único verdadeiro.

Puta que pariu.

Anúncios
Categorias:Velho Resmungão
  1. Nuno Rosa
    fevereiro 15, 2009 às 14:23

    sabe …. eu nunca tinha parado pra pensar nisso …. realmente, a maioria das pessoas acreditam por que simplesmente sim ….

  2. Andre
    agosto 7, 2009 às 00:35

    Crente bom é crente morto!

    Jesus é o caminho? Concordo. Então o pastor o que é? O pedágio?

  3. setembro 25, 2009 às 17:02

    VC ADORA CRITICAR MAIS NÃO É HUMILDE PARA ENTENDER OS OUTROS,SEU ARROGANTE!

  4. eduarda
    outubro 5, 2009 às 19:55

    QUE IGNORANCIA PRA UMA PESSOA SÓ…

  5. tiago
    dezembro 10, 2009 às 18:30

    concordo plenamente

  6. tiago
    dezembro 10, 2009 às 18:31

    opa, concordo com o texto

  7. marina
    dezembro 14, 2009 às 19:25

    Aiai ANDRÉ,concordo q crente bom é crente morto,claro depois VAI morar no céu com JeSuS !! (obaaa)

  8. rodrigonunesouza
    dezembro 19, 2009 às 05:00

    Eu gosto muito dos crentes, tenho muitos amigos com essa doença.

  9. Rodrigues Santos silva
    fevereiro 20, 2010 às 09:44

    Cuidado, Irmão, com os Lobos Famintos por Dízimo!

    Um dos muitos problemas na Igreja Protestante, nos dias atuais, é, sem dúvida alguma, o Dízimo. Se alguém pensa que o seu dinheiro (Dízimo ou oferta) está sendo biblicamente usado, pense duas vezes. Pode estar sendo uma trágica vítima de um falso ensino e, ao mesmo tempo, pode até estar roubando Deus, ao contribuir para a sua igreja.

    A diferença entre um genuíno pregador cristão e um assalariado (mercenário, legionário, ambicioso, profissional e autônomo impiedoso, lobo faminto por dízimo) está, provavelmente, na maneira como ele usa o dinheiro dos contribuintes.

    Para início de conversa, mantenha distância de um pregador que “pregue” mais do que o normal a respeito de dinheiro. Um claro exemplo é o ministro da IGREJA DO NAZARENO (ÁFRICA DO SUL). Ouvimos muitos “sermonetes” sobre dinheiro, quando éramos prisioneiros do “Movimento da Santidade” (santidade moderna, não a bíblica).

    Esses assalariados sectários são especialistas na tática de extrair dinheiro dos bolsos dos seus membros, usando um estratagema NÃO bíblico (aprendido no seminário ou copiado de outros que o praticam). São métodos inescrupulosos, que as vítimas só descobrem muito tempo depois de terem perdido a maior parte de suas genuínas ofertas (além do seu discernimento espiritual), as quais deveriam ter sido usadas para a glória de Deus, segundo as Escrituras. (Ora, os Nazarenos da África do Sul, onde vivo, já não possuem as Escrituras verdadeiras, mas apenas uma imitação cosmética do tipo NVI, de modo que encontraram uma desculpa para o malfeito de roubar os seus membros, usando Malaquias 3).

    Coletar ofertas, antes ou depois do sermão, não é bíblico. Vocês acham correto passar a bandeja ou a sacola das ofertas pela igreja, quando há novatos ou visitantes ali, até mesmo antes que seja pronunciada a primeira frase do sermão? Pois é o que temos presenciado muitas vezes. É demais!

    [A tradutora deste artigo ganhava, em 1998, o equivalente a US$ 1.800 e entregava US$ 200 à igreja. Foi então que uma de suas fontes de renda secou (aluguel de um galpão) e, em seguida, sua mãe (89 anos) teve um AVC. Ela deixou de entregar o Dízimo, a fim de pagar um plano de saúde para a mãe, que agora tem 95 anos e tem sido bem cuidada. Antes de tomar essa decisão ela consultou Marcos 7:7-13 e garante que jamais foi tão abençoada na vida, como nestes últimos anos.].

    Os que entram na igreja pela primeira vez certamente ficam embaraçados diante da bandeja (ou sacola) das ofertas, antes de terem escutado o evangelho no púlpito. [Quem gosta de pagar antecipadamente por um serviço, que às vezes nem será bem feito?] Contudo, os ministros estão de tal modo habituados a esse tipo de insulto, que até o acham bonito, apropriado e sagrado.

    Se eles tentassem coletar os Dízimos e as ofertas DEPOIS do sermão, alguns dos convidados mais inteligentes iriam ofertar na proporção do valor do mesmo, ou seja, ¼ do que haviam pretendido ofertar antes. [Se fosse numa dessas igrejas neopentecostais, cujos pastores, aqui no Brasil, em geral são semi-analfabetos na Bíblia e no vernáculo, esses visitantes não se animariam a ofertar um centavo sequer!]

    Onde estão os heróis?

    Infelizmente não existem heróis (nem heroínas) com disposição de lutar contra essa pestilência na Igreja Protestante hodierna, o que é muito triste (por isso a exploração tem atingido o ápice).

    [Uma grande amiga da tradutora quase perdeu o apartamento e o carro nas mãos desses vigaristas do evangelho, os quais tentaram convencê-la de que Deus só poderia abençoá-la, se ela fizesse aquele “sacrifício” pela obra de Deus, etc…. Que vergonha! Noto que esses “corvos” em geral levam vida dupla, pois têm a consciência endurecida pelo pecado da ambição.].

    Nem os ministros nem os “esquentadores de bancos” querem se envolver na luta, a fim de livrar a igreja dessa gangrena prejudicial.

    Os próprios ministros estão mais inclinados a exigir que os convidados/visitantes se adiantem no pagamento do que lhes será entregue no púlpito, mesmo que isso não seja escriturístico.

    [Aliás, hoje em dia, quase somente baboseiras são ali entregues às pobres vítimas, com o rótulo de evangelho verdadeiro, sandices essas, disfarçadas com nomes pomposos, como “evangelho da fé”, “evangelho da prosperidade”, etc. Certo pastor de uma igreja “neo” leu na 1 Coríntios 16:9: “…uma porta grande e eficaz se me abriu…” Em seguida, respirou fundo e completou: “Isso quer dizer que quem estiver desempregado e der tudo que tem na carteira, vai ter aberta uma porta para trabalhar num bom emprego.”]

    Suponhamos que alguém seja convidado para ouvir um pregador especial numa denominação como a dos Nazarenos, aqui da África do Sul. (Estou usando apenas um exemplo comum, dentre outros do mesmo naipe de pregadores “especiais” que existem por aí). Como vocês ficariam embaraçados se, sentados bem ao lado de um amigo, ao qual havendo pedido para os acompanhar, a fim de ouvir aquele “evangelista especial”, tivessem de presenciar toda a humilhação a que ele é submetido, quando tenta encontrar dinheiro no bolso para lançar na badeja de ofertas!

    Será que não iriam ficar envergonhados diante de cena tão deprimente? Isso para não mencionar que, logo em seguida, o visitante será forçado a escutar a estatística de como a receita mensal da igreja tem sido insuficiente para cobrir os seus gastos, nos últimos cinco anos. É enojadiço e indelicado demais!

    Ora, os Nazarenos da África do Sul (um exemplo comum) não podem ficar menos indiferentes com esse tipo de agravo, de tão habituados ao mesmo. Isso nada tem a ver com a caridade cristã! É uma política denominacional ofensiva, indelicada e até mesmo amaldiçoada.

    Os pregadores desse grupo, como em muitos outros, são treinados para ignorar boas maneiras, quando o caso é extrair dinheiro das vítimas. Depois ficam se queixando que a igreja deles cresceu apenas 0,6% no último decênio e, mesmo assim, tal “crescimento” foi devido à “migração de membros” de outros grupos, em busca de alimento espiritual não contaminado. As estatísticas da Igreja do Nazareno na África do Sul sempre foram manipuladas, para dar a impressão de que, até mesmo o “crescimento” negativo era uma boa notícia. Isso tem a ver com o sistema autoritário da pirâmide, que eles usam – como no papado – no qual o ápice da pirâmide sempre almeja bons resultados em relação à base da mesma – pastores e leigos – para o seu auto-aplauso.

    O dinheiro coletado dos visitantes e convidados, nos cultos evangelísticos, podem crer, será usado para aumentar o pecado dos Nazarenos sul-africanos e dos outros. (Este é um exemplo, repito):

    UM – Eles usam esse dinheiro, regularmente (ou uma parcela do mesmo), para aumentar a fortuna do grupo em bens imóveis.

    DOIS – Eles o aplicam no seu envolvimento com a “fraternidade ecumênica”, ou outros esquemas desse tipo.

    Todos sabemos que grupos como os Nazarenos da África do Sul negociam a sua pureza espiritual com o diabo, quando compartilham de ajuntamentos ecumênicos, nos quais a Palavra de Deus é renegada. Ali, eles fazem um pacto de fidelidade com as versões deturpadas da Bíblia, como a NVI, a NVKJ, e só Deus sabe quantas outras.

    O certo é que o dinheiro coletado dos inocentes espectadores nos cultos de reavivamento, etc., tem sido sempre canalizado no sentido de apoiar a fornicação espiritual, como jamais foi visto antes na Igreja Protestante.

    Os Nazarenos da África do Sul, bem como uma enxurrada de outros, possuem um bom “punhado” de reavivalistas viajando pelo mundo, tentando melhorar a imagem do grupo. E nesses ajuntamentos SEMPRE existe um contundente apelo por dinheiro. SEMPRE! Eles costumam usar a mesma linha antibíblica dos charlatães [esotéricos], aplicando um verso NÃO bíblico: “É dando que se recebe”.

    Acompanhe um desses pregadores pelo mundo a fora e poderá vê-lo, eventualmente, tomando parte em ajuntamentos nos quais a Bíblia é ultrajada. Isso tão certo como o fato de que o sol se põe no Ocidente!

    Pior é que nem mesmo os Nazarenos autônomos da África do Sul estão mais interessados em pregar os seus sermões respaldados na Palavra de Deus. Em vez disso, eles ficam brandindo no ar espadas baratas fabricadas de plástico de terceira categoria (as novas versões bíblicas recicladas com linguagem moderna) [com a desculpa de que “o povo entende melhor…”]

    Não dá vontade de chorar?

    Suponhamos que vocês estejam sentados na igreja, perto de um convidado, sabendo que o seu dinheiro, ao cair na sacola das ofertas, vai ser usado para financiar a viagem internacional de um tipo que tem estado a promover falsas versões da Bíblia, como a NVI, cuja leitura eles têm preferido com a desculpa de ser mais bonita!

    Pior ainda é saber que todos os novos “convertidos” que se juntarem ao grupo serão alimentados – para sempre – com esse alimento espiritual contaminado, o qual jamais os fará crescer na graça e no conhecimento do Senhor, permanecendo fracos bebês em Cristo!

    Suponhamos uma denominação cristã conduzida por uma liderança parasitária desse tipo, a qual não se incomoda em usar o dinheiro coletado para um propósito nada escriturístico. Não é tenebroso? Será que eles não fizeram esta oração: “Senhor, este dinheiro é para a Tua glória”? Por causa disso o visitante ainda se submete a um tratamento repreensível, ao descobrir que esse pregador é apenas uma fraude, vivendo da prática de expedientes escusos.

    Aí chegamos ao Dízimo!

    Esse elefante branco na Igreja do Nazareno (África do Sul) tem transformado o grupo em um dos mais ricos do mundo! Imaginem os bilhões por eles arrecadados para comprar imóveis! E outros bilhões para sustentar líderes que renegam a Palavra de Deus! Pensem nos professores de seminários que se postam diariamente na presença dos seus alunos, a fim de destruir-lhes a fé na Bíblia! Se isso não é amaldiçoada apostasia, então o sol já não se põe no Ocidente!

    Lembrem-se de que na classe bíblica o professor tenta sempre convencer o aluno de que ele é obrigado a entregar dez por cento do seu rendimento bruto à igreja, iniciando, tão cedo assim, uma lavagem cerebral naquele membro, mencionando sempre os dez por cento do bruto, sem descontar qualquer imposto do governo! Se isso consta na Bíblia (mesmo que seja numa versão corrompida), garanto que o sol se põe em Marte!

    Os ministros sabem muito bem que estão pregando um ERRO, mas estão de tal modo habituados ao mesmo, que isso já não mais lhes fere a consciência endurecida.

    O Dízimo era uma disciplina praticada no VT, a fim de sustentar os levitas, aos quais fora confiada a tarefa de cuidar do Tabernáculo, não tendo estes recebido uma porção de terra para nela habitar.

    Deus ordenou isso a Moisés, o qual escreveu tudo em detalhes, na Lei Mosaica. Certo dia, toda aquela ordenança caiu por terra, como cascalho imprestável, quando os israelitas foram dispersos pelo mundo, como castigo por terem desobedecido a Lei e renegado o Senhor. E então, terminou a vigência desse albatroz chamado Dízimo. Em nenhuma parte do NT ele pode ser detectado, nem mesmo com luz infravermelha para ser aplicado à Igreja do Senhor.

    E se ele ainda estivesse em vigor, o que seria do saldo de noventa por cento ordenado por Deus a ser retido pelos israelitas? Acreditem que eu jamais escutei um pregador falar desses 90%. Contudo, é racional que sendo forçado a entregar 10%, o membro deva ficar com esses 90%.

    [Será que depois de pagar aluguel, condomínio, IPTU, INSS, IR e dezenas de outros impostos obrigatórios neste país, o membro de igreja continua retendo para si os 90% ordenados pelo Senhor, quando os pastores sempre exigem dez por cento da renda bruta?]

    Balela de pastor mal educado!

    Fora da antiga nação de Israel esses 90% também sumiram. Com o sistema tributário atual essa monstruosidade alcunhada Dízimo da igreja é totalmente absurda e impraticável [Agora no Brasil já se cogita de uma lei, através da qual o cidadão dizimista terá de ser descontado para o governo em trinta por cento do valor do seu Dízimo, o que elevaria esse monstro vetero-testamentário para 13,3 por cento. Não é demais? O resultado é que muita gente vai pular fora da igreja, ficando somente com JESUS e Sua PALAVRA, pela qual todos nós seremos julgados (João 12:48) MS]

    Mesmo assim, os Nazarenos, Batistas, Metodistas, Pentecostais, e outros continuam TEIMOSAMENTE insistindo em que o cristão é obrigado a obedecer esse decreto, ainda que não lhe sobre sequer a metade dos 90% ordenados por Deus.

    Quem vai continuar dizimista? Nem os pastores que dizimam (desfalcam!) o ignorante crente dizimam eles mesmos corretamente!

    Se isso não é insistir em crasso ERRO, quando se faz propaganda com o fito de enriquecer as denominações, então o sol agora se põe… no Oriente!

    Na situação hodierna, o líder eclesiástico nem de leve se preocupa com o fato do membro reter muito menos que os 90% estipulados por Deus. Contudo, ele consegue racionalizar que é impossível seguir outras prescrições do VT (como ao guarda do sábado, por exemplo). A igreja do NT foi bastante sábia para se desligar das práticas do VT, inclusive da cobrança desses 10%.

    Prosseguindo nesse erro exasperador, o pastor continua insistindo em que o membro da igreja deve contribuir com o Dízimo, usando para isso o ultrapassado texto de Malaquias 3:8.

    Por favor, leiam todo o capítulo 3 de Malaquias, e vejam se a igreja está incluída nesse contexto. Vejam que o verso 9 se refere à nação de Israel. E que o verso 10 se refere ao alimento na casa do Senhor. Notem que não existe a menor inferência à compra de imóveis e outras propriedades. E quanto ao uso dos Dízimos ofertas para estragar na fornicação ecumênica? [Já imaginaram Paulo pedindo dinheiro para alguma reunião ecumênica no templo da Diana dos Efésios?]

    Será que Deus é injusto? Será que ele ordenou que os CRISTÃOS dessem dez por cento de sua renda, mesmo sem poderem reter os NOVENTA POR CENTO? Onde se pode encontrar uma ordem divina como esta no NT?

    Contudo, os Nazarenos da África do Sul e outras denominações, passando por cima das Escrituras, acharam por bem ressuscitar esse monstro e sem qualquer senso de vergonha ou arrependimento, têm empurrado essa porção amarga pela garganta dos seus membros.

    Regularmente esse empecilho espiritual é pregado no púlpito, na classe bíblica e na literatura “evangélica”, através dos pastores mal intencionados. O resultado é que as pobres vítimas sucumbem ao assalto e à lavagem cerebral, entregando-lhes o seu discernimento espiritual e se deixando espoliar, sem um gemido sequer.

    As ilustrações que acompanham os sermões sobre o Dízimo são inacreditáveis! Pertencem à mesma linha dos milagres dos santos católicos, aureoladas por uma boa dose de ocultismo religioso.

    [Certo dia ouvi um pastor neo-pentecostal falando: “Deus ama a quem dá com alegria. Portanto, joguem na bandeja seus óculos, seus relógios, seus objetos de ouro e seu dinheiro, SORRINDO, e eu garanto que Deus vai dar muito mais do que isso a todos vocês!”]

    Eles fazem tudo isso, tentando provar que Deus só abençoa o membro dizimista e que todos devem obedecer, a fim de não incorrerem em pecado.

    Não é pecado sonegar e RETER o Dízimo, deixando de entregá-lo nas mãos desses assalariados de educação precária. Guardemos a nossa oferta para fins mais importantes. As denominações ROUBAM suas assembléias, pregando essa falsidade chamada Dízimo.

    A igreja apóstata dos dias atuais tem sempre agido desse modo. O dinheiro é coletado para, em seguida, ser desperdiçado aos milhões. Contudo, ela deveria considerar a maldição contida no verso 9 de Malaquias 3, se quiser aplicar essa passagem a si mesma.

    Como cristãos, nós devemos ser caridosos com os nossos irmãos carentes, inclusive, é claro, o pastor, caso ele não seja um mercenário ou um charlatão, princípio esse bem estabelecido na 2 Coríntios 8 e 9. Irmãos, dêem 10, 20, ou mesmo menos de 1%, mas dêem com alegria (2 Coríntios 9:7).

    Evitem os grupos que gastam dinheiro em propriedades e na construção de templos suntuosos. Essa é uma atividade pecadora.

    Evitem os pastores que dirigem carros de luxo e residem em mansões.

    Evitem os pastores que exibem orçamentos em suas igrejas antes da oferta chegar.

    Evitem os ministros que ameaçam os membros com Malaquias 3:8.

    Esses não passam de MENTIROSOS e LOBOS FAMINTOS.

  10. rodrigonunesouza
    fevereiro 20, 2010 às 15:07

    “Deus ordenou isso a Moisés, o qual escreveu tudo em detalhes, na Lei Mosaica.”

    Imagino que você saiba que isso é só uma lenda da mitologia Judaíca. O maior problema dos crentes é achar que meia dúzia de mitos é factual, e desse problema o senhor parece não ter se livrado.

    Primeiro, até que se prove, Deus continuará sendo apenas mais uma lenda. Segundo, vosso etnocentrismo é claro em professar que apenas o seu modo de cristianismo é correto e todos os outros errado. Ao certo, tudo que é baseado em dissimular a realidade natural é falso.

    Vossa prolixidade revela um profundo fanatismo inútil. Eu sou cristão e nem por isso acredito nessas lendas, sou cristão simplesmente porque nasciem familia cristã e fui batizado como cristão, mas nem por isso dou o mínimo valor pras escrituras.

    Pior do que os que tomam o dinheiro, são os que tomam a liberdade, os que querem controlar a MORAL. Os que querem dizer que são os únicos detentores da verdade. Os que pregam contra a liberdade sexual, contra os direitos da mulher, que defendem um moralismo baseado em uma série de mitologias.

    Eu sou ainda mais defensor dos que cobram dinheiro do que dos que restringem a moral, porque sou a faqvor do livre mercado mas não a favor das ditaduras opressoras.

    Pessoas assim, que querem impor como verdadeiras lendas descabidas, como de que Deus falava com personagens que nem evidencias históricas temos sobre suas existencias…
    Isso é o que eu mais odeio em crentes, ficarem dizendo, sem provar nada, Que Deus é uma verdade incontestável.

    Já que Deus sequer existe na natureza, ou o sobrenatural muito menos no universo.

    Até que se prove o contrário.

  11. juliana
    fevereiro 26, 2010 às 20:50

    Bando de idiota que não sabe de nada vcs não tem deus no coração nem sabe diferenciar daqueles que são crentes e de quem é so fachada.E padres que estão ai em casos de pedofilia não importa a religião o que vai é o carater…Aprenda antes de falar qualquer coisa…

  12. rodrigonunesouza
    fevereiro 26, 2010 às 23:49

    Só o que é sagrado pode compreender o Sagrado.

    As religiões falam da natureza de Deus.
    Deus, a riqueza infinita, a mais pura, a mais sábia das energias.
    O Sublime.
    O que era, o que é, o que há de vir.
    Vive em tudo e ao mesmo tempo acima de tudo

  13. rodrigonunesouza
    fevereiro 26, 2010 às 23:52

    Bando de idiota —-Se é um bando é de idiotas…

    “que não sabe(m) de nada…”

    “vcs não tem deus no coração nem sabe(m) diferenciar(Diferenciar o que deles ?) daqueles que são crentes e de quem é so fachada.”

    “E padres que estão ai em casos de pedofilia(?) não importa a religião o que vai(Vai aonde?) é o carater…”

    “Aprenda antes de falar qualquer coisa…”—-Aprendi … muito sábia sua incoerência.

  14. Izzy
    março 24, 2010 às 13:52

    Eu li tudo o que escreveram e sinceramente começei a rir no final.
    Vocês todos defendem o próprio ponto de vista como se fosse o único e verdadeiro caminho. Mas confesso que fiquei um pouco confuso com tantas opiniões.

    Quem é Deus afinal?
    Porque devo semanalmente vestir minha melhor roupa e ir a um salão edificado para adorar a vaidade humana, onde encontrarei pessoas hipocritas e mal educadas que adoram me julgar? Sempre disse, se quiser entreter um crente dê a ele algo para julgar! hihi, sorry, piadinha de mal gosto…

    Deus é a igreja? Ou Deus habita na igreja? O que é essa ideia contorcida de igreja? Batista, Pentecostal, assembleiano, Neo-pentecostal, neo-isso, neo aquilo… Prosperidade, fé, dizimo, obediencia, mandamentos, leis, pecados… aahhhhh!!!! Mas o que e tudo isso? Quem tá certo? Ou cada um criou uma forma de adaptar o cristianismo ao que convem a eles… Assembleianos: o cara deveria ter uma forte atração por mulheres de saia e mandou todas usarem saia! É por causa de uma saia que essas assembleianas vão para o ceú?
    E o dizimo, muito bem levantado pelo coleguinha acima… Se eu não der o dizimo eu estou em pecado? Mas o pastor da primeira igreja batista de santo andré dirigi um audi a8. ??? Igreja dá lucro hein!

    O crente tem a autoridade de julgar, ditar regras, distorcer escrituras? Então porque o fazem? Essa semana um pastor na tv disse: Irmão, se vc crer vc irá prosperar. Vou pedir agora pra Deus… não não, eu nem vou pedir, Vou autorizar. Uso a minha autoridade pra que vc prospere?”… Quem é ele para ter tal autoridade?

    Uma coisa que sempre me deixou perplexo é essa coisa de que tem que ser batizado e ir para a igreja para ser considerado “salvo”. Salvo de que? e Porque tenho que me batizar se o ladraozinho na cruz foi aceito pelo próprio Jesus Cristo…

    Mas enfim… São só algumas dúvidas que tenho em relaçao a tudo isso. Gostei do debate.

    Alguem pode tambem me explicar se todas as outras religiões são a mesma busca por controle, poder, moralismo etcc…???

    Quem esta certo?

    Valewsssss!!

    Eu no momento prefiro acreditar que o CORINTHIANS é Deus, e RONALDO é seu MESSIAS!

  15. Gledson
    abril 17, 2010 às 14:26

    Em resposta a duvida acima de izzy, se o pr de determinada igreja anda de audi a8 ou de fusquinha, isso não compete a nós. Se ele ouba da igreja ou não, o problema será dele com Deus. O que temos que entender é que em malaquias 3;10  Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova”, diz o Senhor dos Exércitos, “e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derramar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las. (versão nvi).
    então se o pr é um ladrão ou não, isso não nos compete. Temos somente que seguir as escrituras sagradas (para aqueles que creem) e ponto final.

    A repeito de ter que crer e ser “batizado” para ser salvo esta no livro de marcos 16;15-16 diz:  E disse-lhes: “Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.

    É também verdade que o ladrão na cruz foi salvo sem mesmo ser batizado, pois ele se converteu no momento de sua morte. Mais se você hoje tem a chance de se crer e se batizar, talvez amanhã você não tera essa mesma chance.

    sei que existem pessoas que ignoram Deus e as sua escritura sagrada, mais sei que existem uma grande maioria que acredita em Deus. Escrevo exatamente para aqueles que acreditam, e não para converser ninquem a pensar em que acredito, além do mais, lá no livro de mateus 7;6 diz:  “Não dêem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos; caso contrário, estes as pisarão e, aqueles, voltando-se contra vocês, os despedaçarão. Julgo a palavra de Deus uma pérola sagrada, por esse motivo a escrevo para aqueles que creem e não para aqueles que querem pisa-la e despedaça-la.
    espero ter ajudado
    que Deus os abençoe

  16. thaís
    abril 23, 2010 às 15:49

    NA MORAL!

    DEUS É BOM

    e o diabo não presta :)

    JESUS VEIO PRA QUEM PRECISA SE VOCÊ NÃO PRECISA AMÉM!

    E outro coisa, DEUS não é obrigado a PROVAR pra ninguém que ele Existe ate pq ELE É DEUS e ELE SEM VOCÊ CONTINUA SENDO DEUS :)

  17. rodrigonunesouza
    abril 27, 2010 às 20:20

    Eu li tudo o que vocês crentes escreveram e sinceramente eu comecei a rir no final.
    Acho que vocês não tem fé suficiente pra crer em Deus, se ficam se apegando tanto as coisas do mundo material.
    No fundo vocês não acreditam em nada.

    E esse negócio ai de provar ou desprovar nada não existe. A verdade é que Platão já era Cristão,o que é a ciência então ? A ciência esta bebê !

    Os que tem pouca fé e espiritualidade pouco desenvolvida fica preso ao mundo da matéria e só fala como um materialista.

    É um absurdo. Até ofende os pombos das praças.
    Parecem devaneios parcos e tumultuados, limando do timbre de sua eloquencia o parco gesto de insana insonia, seguem os cursos os turvos rostos e vestem vulgos as línguas mornas.

    Por onde mora a ironia nos tempos mais móveis ? Mora na negação de uma alma ou na culpa do pensamento? Aonde se encontra esculpido o herói do novo milênio? É em parede espessa ou no cristão líquido?

    Pois sim, calamidade pública, caridade ecumênica, camaradagens formais, culto e promessa. Existe o imposto o desgosto e o chifre; As contas, as moitas, os presos,Mas os anjos existem ? Se não credes em anjos blasfemas contra tua alma que é a esperança de um anjo de ser útil à Deus.

    Agora eu peço que essas almas materialistas e pútrefes. Que transformam a fé em Deus em um comércio COVARDE, EXPLORADOR E GANANCIOSO.

    Pois é, e muitos ainda trabalham em função disso, mesmo que ingenuamente, porque foram abdusidos e alienados pelos quadrilhas das capangas deles.

    Acreditem ou não, existe muita enganação na religião. Enganam todos, mas não DEUS.

    Porque esse está vendo tudinho isso, e lendo até os pensamentos mais maldosos de quem quebra o sagradíssimo mandamento de não usar o seu SANTO NOME EM VÃO.

    Naquele tempo, para se mencionar o nome de jeová, era preciso circunstâncias adequadas… Mas hoje em dia… qualquer um blasfema impune.

    Que vergonha meus senhores.

  18. renato
    abril 29, 2010 às 21:43

    1-NAO ACREDITO EM DEUS(suas ofensas nao me atingem)
    2-QUERO QUE SEU DEUS JUNTO COM TODOS OS CRENTES VAO SE FUDER
    3-PORQUE A JUSTIÇA DEIXA UM MALTIDO COMO O “APOSTOLO VALDOMIRO” PASSAR NA TV, METENDO A MAO NO BOLSO DOS FILHA DA PUTA DOS CRENTE

    4-CRENTE NAO PAGA DIZIMO, PAGA IMPOSTO POR BURRICE…ANTES ELES DOQUE EU!

    crentes falam mal dos catolicos, mas pense comigo:
    evangelicos porque sua religiao e baseada na biblia, estou certo? ME DIGA AGORA DA ONDE VEIO A BIBLIA? VEIO DOS ANTIGOS LIVROS ESCRITO POR UM MONTE DE VIADO…AGORA PENSE ESSES LIVROS FICARAM, OU ATE HOJE FICAM NA MAO DE QUEM(ESCRITURAS ORIGINAIL), NA MAO DO VATICANO, PENSE SE A IGREJA CATOLICA QUEIMOU MILHARES NA FOGUEIRA, ORGANIZOU GUERRAS E FOI A UNICA LEI POR MAIS DE 1 MILENIO, VOCE REALMENTE ACHA QUE ELES NAO ADULTERARIAM TUDO OQUE ESTA ESCRITO NA BIBLIA? COLOCANDO OQUE BEM LHE CONVIESSEM?…SE TIVESE NA BIBLIA…..”NUNCA FAÇA UM TEMPLO E NUCA PESSA DINHEIRO” VC ACHA Q A IGREJA CATOLICA TERIA COLOCADO ISSO NA BIBLIA?

    IGREJA É SOMENTE UMA FORMA DE PODER, O PROBLEMA É Q AS PESSOAS SAO BURRAS DE MAIS PARA ENTENDER ISSO, NAO ASUMEM QUE SAO APENAS MACACOS EVOLUIDOS….EQUANTO ISSO EDIR MACERDO TA GANAHANDO DINHEIRO

  19. Garanhoto
    maio 8, 2010 às 06:47

    Crente eh cultura Pop, ta ligado!

  20. Garanhoto
    maio 8, 2010 às 07:58

    As vezes acho que voces ainda se surpreendem de mais. E isso eh tao bom que otimo seria se fosse ainda mais! Por que iria querer dizer que a sociedade ainda sabe o que quer.

    Nao me diga que voce nao sinta uma instatisfacao incomensuravel?

    Isso deve ser o tamanho do conhecimento total ou da experimentacao total? Porque uma parece independer de tempo, enquanto a outra eh num momento e ja nao era mais…

    Porem, se sabemos alguma coisa isso ja da’ esperanca, porque a gente sabe, mermo que for um tico, mas todo mundo sabe algumas coisas, quer dizer que a porra do conhecimento eh finita e que da’ para saber tudo que ha’. Entao, se um atinge o tal estado livraria-se da agonia infringida do poco escuro e imedivel da ignorancia.

    Imedivel entre aspas. A nao ser que de fato o conhecimento seja mesmo o tamanho que o cerebro pode comportar. Dai se poderia visualizar na tela a tabela do conhecimento, o que seria razoavel a quem quisesse ter feita uma racao `a rotina de desenvolvimento pedagogico do qual ainda as criancas ja comecariam sendo beneficiadas, nas escolas da vida em sociedade.

    E da’i? E se medirmos a porra do conhecimento? Resolveria a porra da insatisfacao?

    Tenho pra mim que deve ser uma tal coisa qual so’ a experimentacao feita por si pode esclarecer. Mas olhe la’!

    Crentes que se comovam, porque sabemos que eh tudo pessoal neste mundo. Que recebam o Espirito Santo e que glo’ria a Deus que trabalhem para o altissimo Filho de Deus Jesus. E para falar a verdade que eu acho isso tudo bonito. Porque todo aquele que eh contra a religiao eh contra a Liberdade pessoal. Voce nao pode se professar contra o nascimento de aleijados, por exemplo. Ou se professar contra o nascimento de genios, por motivos tais e tais. Sao simplesmente coisas as quais alguem nao pode ser contra, a nao ser sendo um ator completamente vao.

    Voce nao pode ser contra o nascimento de rosas, mas pode ser contra o nascimento de mosquitos da dengue. Voce nao pode se contra o nascimento de ninguem, porque o carater humano nao eh previsivel quanto o carater de um pernilongo, por mais que hajam os conceitos das pessoas de Deus e do Diabo, como absolutamente fechados em Bem e Mal como mal eh o mosquito da Dengue, o suficiente para que se queira que jamais nasce ou venha a existencia.

    Com as gentes a perspectiva eh mais sutil. Um grupo de 13 milhoes de pessoas como eh a sociedade dos judeus, ou o grupo de cristaos que no caso eh de 2.1 bilhoes.

    Ha que se respeitar o individuo como se deve respeitar uma cultura, por mais que seja ela classificada de atrasada, ou do que for por cabecas intelectuoides, capacidade que podemos muito mais sabiamente empregar, como para arte e nao para a guerra, seja esta cultural ou o que for, o leao interno de cada um ora anda rugindo para um lado ou para o outro, ok, exceto que a despeito disso seja assim igual o comportamento de exitintores de especies de fauna, empenham em ser destruidores de religioes.

    Mesmo assim , eh uma possibilidade cientifica de dentro de um mosquito infernal haja por acaso o remedio para um cancer ou uma doenca qualquer.

    Eu so’ teria a pretensao de ser O Heroi, se eu soubesse o que eu quero.

    Como nao sei o que quero, muito menos sei o que sou, ando com a consciencia de que venho sendo o leao a mim mesmo, muitas vezes mesmo eh contra mim e nao a favor da humanidade.

    Meu vazio ou minha ansia, nao se resolveram emitindo opinioes dentro de guerra intelectual nenhuma.

    Crente eh cultura Pop assim como a sao os mano, ta ligado!

    E nao se pode ser contra o Hip-Hop! E dizer que seria porque se submentem a tais limites morais de tal cultura seria ditatorial.

  21. diana
    julho 20, 2010 às 18:04

    saber o que e errado nos protestante e que eles prega apalavra de deus por dinlheiro e nao e sor eles sao todas as religiaos que pede dinlheiro menos testemulhas de jeova e aunica que eu aclho verdadeira e teste mulha de jeová essa sim é verdadeira e que os prostetantes compra carros nas cuistas do besta

  22. ruh
    agosto 20, 2010 às 17:31

    juliana :
    Bando de idiota que não sabe de nada vcs não tem deus no coração nem sabe diferenciar daqueles que são crentes e de quem é so fachada.E padres que estão ai em casos de pedofilia não importa a religião o que vai é o carater…Aprenda antes de falar qualquer coisa…

    ^^^^^^^^ idiotas qem concordam

  23. Debby
    agosto 26, 2010 às 11:33

    calada!

  24. Debby
    agosto 26, 2010 às 11:37

    Juliana
    Quando eu tava na escola, na minha sala tinha uma crentinha muito gostosinha chamada Rosilene. Eu era louquinho pra comer ela.

    Ela era linda, olhos castanhos, alta, bem magrinha (de viver jejuando). Tinha uma bunda fenomenal e sempre usava saia jeans e tênis. Ela tinha o cabelo comprido que batia na bunda, bem liso e bem cuidado e tinha coxas e panturrilhas grossas e musculosas. Era de matar essa crentinha.

    Até hoje eu tenho tara por crentinhas de saia jeans e tênis, por causa da Rosilene.

    Ela era bem quietinha, mas vivia rodeada de caras que eu acho que ficavam tentando a irmã.

    O professor também acho que era tarado por evangélicas porque sempre pedia pra Rosilene escrever na lousa. E a galera ficava louca com aquele bundão balançando lá na frente.

    Aí quando terminava ela se apoiava na mesa do professor, toda molecona, e empinava a bunda pra falar com ele. Desgraçada. E eu ficava de pinto duro.

    Eu achava que nem tinha jeito de comer ela, pois sempre ouvi falar que evangélicas são sérias, puras e muito recatadas. Nunca vi ela namorando. Na verdade também ouvi dizer que os pais evangélicos são bem rígidos e não deixam as filhas namorarem qualquer um.
    Mas era isso mesmo que me deixava com mais tesão e aumentava mais ainda minha fantasia com a crentinha.

    Aí um dia eu tava conversando com meu amigo sobre as gostosinhas da escola. E o assunto virou Rosilene, é claro.
    Meu amigo me perguntou se eu já tinha comido ela. Eu disse que não, claro, pois era impossível, por ela ser crente.

    Ele começou a rolar de rir, o filho da puta. Me disse que já tinha comido ela umas três vezes atrás da escola, assim como todos os outros caras da escola.

    Meu queixo caiu. Eu nem conseguia acreditar. Ela parecia tão tímida. Mas meu amigo disse que ela era uma putona safada. Chupava igual um aspirador e rebolava o bundão no caralho de todo mundo.

    Eu fiquei muito decepcionado. Eu, com minha paixão adolescente idiota, havia escolhido Rosilene como a menina perfeita pra namorar.

    Então aquele ditado famoso de que as crentes tem rabo quente era verdadeiro…

    Outro amigo meu, evangélico puto e sem vergonha, da mesma igreja da Rosilene, me disse que todas as menininhas da igreja dele são assim.

    No culto a igreja é dividida em homens e mulheres pra cada lado. As menininhas ficam com os olhinhos soltando faíscas, olhando pro lado dos homens, com os biquinhos dos peitos durinhos de tesão.

    Aí, segundo ele, na saída, os jovens ficam na frente da igreja, azarando as crentinhas e elas adoram. E quando seus pais saem da igreja pra levarem elas embora elas voltam a fingir ser sérias.

    Puta merda, perdi um ano da minha vida batendo punheta praquela crentinha e eu podia ter comido ela há muito tempo.

    Aí um dia eu cheguei nela, perguntei se ela queria “sair” comigo. Ela disse que beleza, depois da aula.
    Comi ela umas duas vezes, aí eu enjoei, porque perdeu toda a graça da minha fantasia…

  25. rodrigonunesouza
    agosto 27, 2010 às 15:36

    Muito bem escrito esse conto erótico.
    huahuaauhauahua

  26. raphaelzaratustro
    agosto 28, 2010 às 02:00

    o sujo falando do mal lavado…

  27. bruno dorneles
    agosto 29, 2010 às 22:00

    meu deus do céu o que isto aqui está virando?! XD

  28. NM
    agosto 30, 2010 às 17:59

    Ta virando nada, comecei a deletar essas porras de contos eróticos.

    Isso aqui não é casa da mãe joana não.
    Não é porque alguns comentários retardados (tipo os do gafanhoto) passam é que qualquer merda vai passar. Uma coisa é comentar xingando a mãe, concordando, contra-argumentando. Outra coisa é transformar isso aqui num site de contos de quinta, carajo.

  29. rodrigonunesouza
    agosto 31, 2010 às 15:39

    Daqui a pouco os crentes vão entrar aqui pra se masturbar hauhauaha

  30. raphaelzaratustro
    setembro 1, 2010 às 00:35

    NM, Retardado é por exemplo não perceber o óbvio de alguém mentindo.
    Se eu me faço de retardado, não sendo, obviamente eu estou mentindo.
    E você não percebendo o óbvio, você é um retardado.
    Mas se você percebe a mentira e mesmo assim me chama de retardado, o mentiroso então é você.
    Porém, eu o retardado que ainda por cima mente, então pode ser até devido ao retardamento, e a mentira então já não é culpavel.
    Percebeu o retardamendo da questão levantada?

  31. NM
    setembro 1, 2010 às 17:51

    Percebi o retardamento de sua postagem por se importar com um afirmação de que seus comentários são retardados.

  32. Katlen Lineide da Silva
    setembro 1, 2010 às 19:06

    Eu sou Crente e encontrei um artigo interessante para nós. Embora já namore (e agradeço a DEUS pela namorada fantástica que ELE me deu!) Achei interessante postar para aqueles que estão atrás da sua costela! Segue abaixo:

    Definição de Namoro – Fase de conhecimento social e amoroso entre um homem e uma mulher que pretendem se casar. Segundo o Dr. Aurélio significa dentre outros, cativar, amar, atrair, cortejar, etc. Para alguns teólogos é a fase do conhecimento. Namoricos: Atualmente, de acordo com a Região, existem muitas palavras de indicam um namorico. Flerte, paquera, esbarro, esbarrão, tapa, xaveco, ficar, etc. Entendendo que estes tipos de ajuntamento não se enquadram nos padrões ético-cristãos.

    Namoros não recomendáveis
    Namoro à moda mundana como fazem alguns famosos. Muitos são arranjados ou simplesmente por interesses; outros não menos perigosos como: Interesse dos pais, Cobertura financeira.

    Namoro do cristão
    Os namorados se relacionam compromissados visando a um futuro noivado e matrimônio dentro do modelo social familiar, priorizando um profundo amor, e nunca a paixão.

    Epístola de Paulo aos namorados?
    Seria mais cômodo se o Apóstolo Paulo tivesse escrito uma Epístola aos namorados e constasse: “O rapaz, ao atingir a maioridade e quiser namorar, deverá amar preferencialmente uma moça, membro de sua denominação cristã; em seguida comunicar o seu interesse aos seus pais, que, se de acordo, comunicará ao pastor presidente.” Seria bom? Claro que não, o melhor é o que está posto. O jovem tem o direito de escolha.

    Padrão
    Alguns líderes espirituais que proíbem aos namorados andar de mãos dadas, abraçar, encontrar-se a sós, beijo na boca. Alguns limitam a idade, outros conferem a situação no rol de membros, etc. Creio que os verdadeiros guardiões devem ser os próprios pais ou seus prepostos. Eles têm maior conhecimento e podem atuar dentro das verdadeiras necessidades e nos assuntos íntimos.

    Não existe um código de conduta para namorados, mas alguns princípios, se forem observados, certamente irão contribuir em muito.

    Antes
    – Orar a Deus para que o coração não se enamore pela pessoa errada;
    – Procurar alguém que confesse a mesma fé;
    – Ter cuidado com as “profecias” dos Vasos;
    – Não desprezar conselhos dos pais.

    Durante
    – Ter uma vida de oração, leitura da Palavra de Deus e jejum;
    – Participar de todos os eventos possíveis programados para a juventude da igreja;
    – Observar horário e dias do namoro;
    – Evitar ficar a sós ou em local suspeito;
    – Não conversar sobre quaisquer assuntos que despertem a libido;
    – Não se expor com assuntos que possam deixar desconfortável caso o namoro termine;
    – Solicitar ajuda aos pais ou preposto, ou o pastor responsável para assuntos de difícil decisão;
    – Ser fiel e amar sinceramente, “tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”. Fp 4.8
    – Só proceder de forma exemplar para o mundo, “Vós sois o sal da terra… a luz do mundo”, Mt 5.13,14.
    – Só tratar de assuntos relativos ao noivado quanto estiver certo da decisão de casar.

    Depois
    Caso venha terminar o namoro
    – Não comentar com terceiros sobre o namoro;
    – Não divulgar defeitos ou virtudes;
    – Continuar amigos e manter o respeito como da forma anterior.

    Terminando um namoro
    O período de namoro é visto pela sociedade como um compromisso menos relevante do que o noivado; o que pode ser conferido ao observar a pouca repercussão resultante do seu fim. Portanto, o casal não deve continuar, se perceber que não tem motivação ou propósito que o leve até o fim.

    Castidade
    Os namorados e os noivos devem permanecer castos até a celebração do seu matrimônio. Os que perderam a sua virgindade antes de aceitar a Cristo como Salvador, ou por outros motivos, não estão isentos deste dever; devem se guardar até à celebração do seu matrimônio. Por outro lado quando o casal se controla nas carícias sensuais acaba valorizando em muito a sua lua-de-mel. Convém fazer uma analogia das jóias preciosas que as guardamos melhor quando valem mais.

    Amor e a Paixão
    Na visão do Professor, Pr. Ivan da Silva de Souza
    Amor – É controlado, É gradativo, Esfria lentamente, Não se transforma em ódio, Busca a qualidade do caráter, Apresenta-se como de fato o é, Procura dar mais do que recebe.
    Paixão – É descontrolada, É súbita do início e término, Esfria subitamente, Transforma em ódio, Busca só a aparência, Não se apresenta como o é de fato, É egoísta.

    O jugo desigual
    O jugo, ou canga é uma peça de madeira, de formato simétrico, que se coloca no pescoço dos bois; tem cordas ou correntes amarradas para puxar o carro ou arado. A formação de juntas com animais diferentes comprometerá o seu desempenho por serem incompatíveis. A Palavra de Deus se posiciona claramente sobre a necessidade de igualdade de jugo.
    “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis” 2 Co 6.14
    “Com boi e com jumento juntamente não lavrarás” Dt 22.10.
    “não permitirás que se ajuntem misturadamente os teus animais de diferentes espécies; no teu campo, não semearás semente de mistura, e veste de diversos estofos misturados não vestireis” Lv 19.19.

    Avaliação de compatibilidade
    Durante o período de namoro deve fazer uma séria avaliação das possíveis desigualdades. No começo do relacionamento é mais fácil fazer ajustes para evitar um maior sofrimento no futuro.
    Algumas desigualdades que devem ser consideradas e tratadas
    Religiosa, Profissional, Social, Cultural, Lazer, Psíquica, Física.

    Pontos de vista
    Primeiro – O cristão não deve, de forma alguma, namorar ímpios. Este grupo usa como respaldo o texto de Paulo em 2 Co 6.14-17.

    Segundo – A decisão é pessoal. Cada caso é um caso. Deus pode tocar no coração do não convertido e torná-lo um verdadeiro cristão ao longo do processo.

    Terceiro – Define radicalmente que a comunhão entre crente e descrente no namoro não tem nada a ver. Citam, “De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus”, Rm 14:12.
    Dizem que em toda regra há exceção, entretanto é mais seguro ficar com o primeiro grupo.
    Katlen Lineide da Silva

  33. raphaelzaratustro
    setembro 1, 2010 às 20:48

    “Percebi o retardamento de sua postagem por se importar com um afirmação de que seus comentários são retardados.”

    Se os meus comentários são retardados, os seus são o que?

  34. NM
    setembro 1, 2010 às 23:12

    Não sei, diga-me você.
    Tudo é sujeito a um ponto de vista subjetivo, que vai muito além de uma definição retardada sobre o que é ser retardado.

  35. raphaelzaratustro
    setembro 2, 2010 às 07:35

    “Não é porque alguns comentários retardados (tipo os do gafanhoto)”…
    Mostre voce que acusa, infeliz.

  36. Jonny
    setembro 2, 2010 às 12:03

    Oi todo mundo, cheirem os seus PÊNIS E VAGINAS!
    Ossa qui bosta!.

    Retardado é papo de doido! Ei! Retardado é um completo imbecil!
    Mas nem pur içu eça pájina tá di involvimentu cum drogas, putaria ou ladruagi!
    Aqui nóis é treta mano!

    Na União Soviética, o retardado é VOCÊ!!
    Na Holanda, a Guria retardada se irrita sozinha, não precisa de VOCÊ!!
    Exemplos de Retardados:
    Anônimo
    Tua Mãe
    Teu Pai
    Tua namorada só por estar namorando você!
    Homossexuais
    Pseudo Homossexuais
    Patricinhas que dançam “Piriguete” feito macacas no cio e acham que estão abafando…
    Mórmons
    Espíritas
    Católicos
    Crentes
    Macumbeiros
    Marombeiros
    Maconheiros
    Pseudo Maconheiros
    Fumantes
    Bêbados
    Barangueiros
    Tucanos
    Petistas
    Nazistas
    Comunistas
    Economistas
    Políticos
    Eleitores
    Lula
    Galvão Bueno
    Jogadores de Futebol
    Pseudo Góticos
    Pseudo revoltados
    Pseudo cachaceiros
    Bi modinhas
    Pseudo ateus

    Você

    É hora de dar tchau… É hora de dar tchau (83vezes).
    Jonny

  37. rodrigonunesouza
    setembro 3, 2010 às 01:47

    Caralho, que muleque mais retardado bicho.

  38. NM
    setembro 3, 2010 às 11:53

    Gafanhoto, esqueceu a vez que você fez vários fakes pra encher o saco das postagens do Rodrigo? Isso por si já mostra o que afirmei.

  39. Jonny
    setembro 4, 2010 às 14:09

    Essa piadinha de crente é velha,mas é boa.

    Um cara morreu.
    Foi para o céu perguntou a São Pedro:
    – Eu posso vender cerveja aqui?
    São Pedro disse:
    – Pode meu filho!
    Passou uma semana e ele vendeu dez caixas de cerveja.
    Ele disse:
    – Nossa aqui que é fresquinho eu vendi dez caixas de cerveja,
    imagine no inferno que é quente.
    Ele desceu a escadinha e foi para o inferno,
    chegando lá ele perguntou:
    – Eu posso vender cerveja aqui?
    – pode, mas 10% do que receber é meu! Disse o Capiroto.
    Passaram duas semanas e ele só vendeu uma latinha.
    Ele foi até o Capiroto e falou:
    – Está aqui seus 10%, eu não entendi, lá no céu que é fresquinho eu vendi 10 caixas de cerveja, e aqui que é um calor danado eu só vendi 1 latinha
    O Capiroto disse:
    – Não aqui ninguém bebe a maioria é crente.

  40. rodrigonunesouza
    setembro 4, 2010 às 18:09

    Sabe a diferença da biblia do crente pra do católico ?

    A do crente fede a suvaco

  41. Jonny
    setembro 4, 2010 às 19:48

    Lista dos Viados da Assembléia de Deus

    falameufio.wordpress.com/…/viados-assembleia-de-deus/

  42. Cleide
    setembro 8, 2010 às 19:50

    Crentes? Hoje? Não! São palitos de algodão doce! São pirulitos chupados pelo capricho do diabo. São mercenários que tentam contratar Deus para qualquer serviço sujo, que antes os crentes até diziam que “era coisa do diabo”.
    Crentes? Comunhão? Não! Hoje a comunhão VIROU SURUBA de perversa fraternidade!
    Crentes? Solidariedade? Ah! Não! O que há é apenas “SWING” de interesses sórdidos!

    A vida é assim. Aqui ou em qualquer outro lugar do mundo. Fui convidado para uma suruba. Eu dessa vez não pude ir, mas Paty que é uma CRENTE FINGIDA foi no meu lugar. Depois de uma semana ela voltou pra casa, toda arregaçada, não podia nem sentar…
    Alguém sabe onde estão os crentes?

    É nas SURUBAS/ORGIAS que a gente encontra os crentes e as crentes…
    Ela disse que fez:
    Papai e mamãe
    Titia e sobrinho
    Geladeira (Carne dentro e os ovos na porta)
    De Médico
    Foda cowBoy
    69
    De ladinho
    Empanar o croquete
    Brincar de Casinha
    Bola 7, caçapa 9
    Ponham aqui que eu escondo alí
    Bagunçar o palhaço
    Apontar o lápis
    Esconder o salame
    Três contra Duas
    Esconder o pipino
    Ré no kibe
    De quatro
    120 (69 + garrafa de 51 enfiada no cu)
    Discovery Channel
    Frango Assado
    Canguru Perneta
    Carrinho de Mão e etc.
    Fiquem de olho vivo e olhos atentos nessa raça de FALSOS CRENTES!

  43. NM
    setembro 8, 2010 às 22:57

    As vezes eu fico em duvida sobre quais comentários moderar ou não

  44. rodrigonunesouza
    setembro 9, 2010 às 01:12

    NM…Livre pensamento é isso, e há de se reconhecer que é no mínimo gozado.

    Oque acho adequado, é por um aviso que o conteúdo é pra adultos e tals…

    Tirem as crianças do culto, digo, da sala !

  45. setembro 10, 2010 às 01:00

    Religião realmente não dá para discutir, assim como futebol e política, porém uma coisa é importante, a Palavra de Deus, a Bíblia, ela contén as verdades de Deus que são indiscutíveis. O nobre editor precisa aceitar a Jesus como Salvador e experimentar como é bom ser um crente. Ser crente é extremamente vantajoso para a sociedade, para a economia e para o governo, sabe porque? Os crentes não cometem homícidios, não traficam drogas, não precisam de cadeias, presídios, não gastam seu dinheiro com bebidas, mulheres, farras, baladas e com tantas outras coisas desnecessárias. Imagine que maravilha seria uma sociedade só com crentes. Não perca mais tempo junte-se a nós e seja feliz. Jesus te ama

  46. NM
    setembro 10, 2010 às 19:41

    ”Os crentes não cometem homícidios, não traficam drogas, não precisam de cadeias, presídios, não gastam seu dinheiro com bebidas, mulheres, farras, baladas e com tantas outras coisas desnecessárias”

    Aham, agora senta lá e toma teu toddy que ta esfriando.

  47. Cleide
    setembro 10, 2010 às 22:36

    A grande maioria dos crentes que eu conheço é ex alguma coisa:
    ex putas,
    ex cafetão,
    ex-presidiário,
    ex-homicidas,
    ex drogados,
    ex traficantes,
    ex ladrão,
    ex atores de filme pornô ,
    ex fracassados e derrotados,
    ex bêbados,
    ex homicidas,
    ex estrupadores,
    ex criminosos,
    ex pedófilos,
    ex cornos
    ex adúlteros,
    ex gays assumidos
    e ex gays enrustidos.

    Mesmo desmunhecando bastante, os irmãos fazem vista grossa para os ex gays assumidos e ex gays enrustidos, pois acreditam piamente que tal irmão está “liberto”…
    O que a maioria dos irmãos desconhece é que este irmão não está nada “liberto” mantém relações homossexuais com outros irmãos igualmente “libertos”, inclusive um deles é o filho do pastor.

    Os crentes são os mais dignos representantes da estupidez humana. Deixam-se envolver pela burrice coletiva das multidões e, ainda por cima, pagam por isso: O dízimo!
    Para os crentes a maionese hellmann’s é do diabo.
    Hell= inferno
    man= homem

    Como é que pode existir esse tipo de religião em pleno século 21 cheio de informação por todos os lados? É que… Nestes eventos, há bastante “pegação” e a fornicação rola solta… É por isso que essas igrejas querem é quantidade, multidão!

    Nas igrejas é comum que os servos e servas de Deus fiquem com suas roupas íntimas molhadas, devido aos fluidos provenientes de seus orgãos sexuais.

    Boa parte de crentes povoa hospícios e presídios, e eles sabem que o único lugar que serão aceitos é nessas Igrejas de Crentes!

    Você que costumeiramente recorre a meter a mão na carteira para fazer sexo… Mesmo que você seja o quarto ou quinto cara do dia, para não gastar dinheiro o negócio é comer as ex rampeiras e os ex viados crentes de norte a sul do Brasil que normalmente bebem, cheiram, injetam, e etc. Tem em todo lugar mesmo!

    Bem, se vocês querem comer fácil cu de gente, basta frequentar Igreja de Crente e conseguir repetir a palavra “demônio” 7 vezes por segundo.
    Outra dica: mais fácil ainda é freqüentar os Retiros evangélicos!

    Como se não bastasse tantos meios de fornicação, os criativos e fogosos evangélicos inventaram eventos de confraternização e fornicação conhecidos como retiros. Estes eventos, geralmente, são declarados por muito jovens crentes como sua “primeira foda vez”.

    Sim, e você também será um crente!
    E depois de comer o cu dessa gente você também será um desses que vai gritar ALELUUUUUUIA IRMÃÃÃO!

  48. rodrigonunesouza
    setembro 13, 2010 às 02:13

    Não concordo com uma só linha deste bando de asneiras.

  49. Jonny
    setembro 13, 2010 às 19:58

    rodrigonunesouza disse:

    _”NM…Livre pensamento é isso, e há de se reconhecer que é no mínimo gozado.
    O que acho adequado, é por um aviso que o conteúdo é pra adultos e tals…
    Tirem as crianças do culto, digo, da sala !”

    Rodrigo , Você mudou de ideia cara?!

    Mudar de ideia (lá se diz que só os burros não mudam, com o devido respeito pelos animais irracionais!) nem é mudar a estrutura do pensamento, senão descobrir o encanto das coisas, à nossa volta, se juntarem de forma diferente daquela a que estávamos habituados… E saber conviver com isso.

    Eu sei que triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar. Mudar de ideias não é sinónimo de inconstância. Também o pode ser. Mas quantas vezes não é sinônimo de reflexão, de discussão, de interação social e de descoberta de outras visões diferentes para o mesmo assunto.

    Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre. Nem sempre sou da minha opinião.
    Só não devemos mudar de opinião em relação aos crentes… Antipáticos e desagradáveis. Crente (evangélicos) é uma cambada alienada da vida e de seus acontecimentos. Não sabem falar de nada a não ser de religião, e têm uma atitude conformista diante do mundo. Não sabem discutir e entender as questões existenciais, como a dor, a miséria, a sexualidade, a paixão, o amor, vivem acuados, com medo de tudo, vendo o diabo em toda a parte e querendo amarrá-lo a todo o momento!
    Jonny, o “muleque retardado”…

  50. rodrigonunesouza
    setembro 13, 2010 às 23:59

    Não concordo com idéia alguma do senhor “muleque retardado”.
    Concordo com a alcunha que optou para si.
    O que posso dizer é que não mudei de opnião, já que sempre fui um livre pensador.
    Eu tenho a mente aberta, o que não quer dizer que vá aceitar que idéias absurdas sobre a realidade esvaziem o que eu tenho dentro dela. Eu deixo a mente aberta o bastante pra não deixar que ela se esvazie como no seu caso, amigo Jonny.

  51. Jonny
    setembro 15, 2010 às 11:15

    Rodrigo em Setembro 13, 2010 às 23:59 você disse:

    “Não concordo com idéia alguma do senhor “muleque retardado”.
    Concordo com a alcunha que optou para si.
    O que posso dizer é que não mudei de opnião, já que sempre fui um livre pensador.
    Eu tenho a mente aberta, o que não quer dizer que vá aceitar que idéias absurdas sobre a realidade esvaziem o que eu tenho dentro dela. Eu deixo a mente aberta o bastante pra não deixar que ela se esvazie como no seu caso, amigo Jonny.”

    Olá Rodrigo!

    Eu estou literalmente perplexa / indecisa / duvidosa/ irresoluta / ambígua com o seu comentário/resposta.

    Eu não acredito que você não tenha compreendido absolutamente nada do que eu escrevi. O meu comentário foi para “enaltecer” você do início ao fim!

    Eu sei que eu e você não precisamos ser enaltecidos para viver, mas foi o que eu “mais ou menos” fiz: enaltecer e respeitá-lo por ter mudado de idéia com relação ao que tem sido escrito neste blog…

    Eu ainda não quero acreditar que você não interpretou o meu comentário corretamente…

    Uma vez que eu leio e analiso também o que você escreve e o seu modo de expressar, e fico “satisfeita” de saber que ainda existem pessoas com o seu tipo de pensamento/responsabilidade… Por isso resolvi mostrar a minha sincera admiração e respeito pelo blog de vocês finalizando o meu contato com este comentário básico que não foi aceito e compreendido por você, que se você reler, poderá entender que foi 100% respeitoso.

    Uma vez que eu sei que não sou, mas até “curti/sorri” quando você escreveu que eu era o “muleque retardado”… No dia:
    Setembro 3, 2010 às 01:47 | “Caralho, que muleque mais retardado bicho.”…

    Também até surpreendi-me quando você escreveu de forma incorreta o adjetivo qualificativo “muleque” com “u” ao invés de “moleque” com “o” que é o correto.

    Eu entendi e considerei isso como uma “brincadeira” de sua parte. A forma “muleque”, como você escreveu não existe, por isso finalizei o meu comentário “muleque retardado” entre aspas, pois o erro ortográfico é seu.

    A leveza e bom humor são sempre essenciais, principalmente se houver conversas que descambem para a discórdia. Minha é a responsabilidade de dispersar esses humores estranhos e pesados com a minha leveza.

    As pessoas se “encontram” e não é por acaso, a própria natureza psíquica, física e espiritual de nossa humanidade cria os encontros. Por quê? Ora! Porque em estado isolado seremos sempre muito menos do que poderíamos ser.

    É necessário que tenhamos um pouco de coragem para aceitar que as pessoas tenham virtudes que, talvez, ofusquem às nossas. Porém, celebrar o sucesso alheio como se fosse nosso é o mais claro sinal da elevação de uma alma.

    Eu sou uma jovem mulher com experiências… A experiência nos ensina. Isso me constrói e constrói tudo ao meu redor!

    Eu continuarei não acreditando que você não foi capaz de entender que o meu comentário não foi assimilado de forma correta. Por gentileza leia com atenção cada palavra e com calma ou peça literalmente ajuda a outro professor ou professora que não seja eu. Só assim compreenderá o quanto você foi respeitado como pessoa neste comentário feito por mim.

    O que eu quis dizer com tudo isso a você é que tudo gera consequências. Toda causa gera um efeito. Regras fixas de comportamento não são compatíveis com o ser humano, pois fatos sociais mudam o tempo todo. Isso é o que eu quis dizer a você.

    Jonny não é um “muleque retardado de mente vazia” como você disse, e o meu nome também não é Jonny… Na verdade eu sou uma mulher, o meu nome é Bárbara e este tipo de blog faz parte de meus estudos e análise uma vez que eu também analiso comportamentos para a minha tese de Doutorado.

    Quanto ao religioso-evangélico em “debate” nesta página… A religião mantém essas pessoas na infância eterna. Sempre se entregando a alguém para resolver seus problemas pessoais. A falta de consciência em suas faculdades mentais e o complexo de inferioridade faz com que muitos parem de pensar logicamente e se entreguem a todo tipo de pensamento, por mais absurdo que seja.

    A fé é inimiga da lógica, pois ela aceita uma premissa sem investigação posterior. Se ensinássemos as pessoas a pensarem logicamente, talvez parassem de se entregar a todo tipo de culto que aparece à sua frente. É a falta de lógica e de confiança em suas faculdades mentais que faz com as pessoas se entreguem a todo tipo de religião. Por mais absurda que seja.

    O comportamento ético de um ser humano deve se basear em suas necessidades sociais e individuais e a religião não precisa entrar nessas questões. O melhor guia para o comportamento social é a razão.

    Quando a religião tenta engessar um tipo de comportamento está indo contra o próprio progresso humano, pois tenta fixar aquilo o que não deve ser fixado. O ambiente sempre tende a mudar o comportamento. E um comportamento mal adaptado leva ao sofrimento. Todo organismo deve fazer tudo para sobreviver da melhor maneira possível, e a maneira que um ser humano sobrevive é usando sua mente para seu beneficio e para o beneficio da sociedade como um todo. Se cuidar de progredir, acabará ajudando a todos.

    No dia em que a humanidade se tornar mais alerta, não será mais explorada e esmagada embaixo das botas das pessoas que estão no poder, não será mais forçada a ter medo do inferno, do qual não existe nenhuma evidência, não será mais instigada e ser motivada a ter ambição para conseguir o céu, do qual não existe nenhuma evidência também e não mais receberão toda uma avalanche de repressões associadas a essas idéias. No dia que a humanidade se respeitar e festejar a si mesma, todos os políticos desaparecerão, as religiões desaparecerão. Uma religiosidade autêntica não necessita de nenhum profeta, de nenhum salvador, de nenhum livro sagrado, de nenhuma igreja, de nenhum papa, de nenhum sacerdote.

    Existe muita insanidade nos seres humanos que se permitem cegamente serem subjugados, por exemplo, por políticos que nascem a partir de um complexo de inferioridade. Por essa inferioridade ser um câncer, eles querem provar ao mundo que não são inferiores: “Eu sou o presidente, eu sou o primeiro-ministro!”

    Agora, imagine um mundo onde ninguém precisa do serviço de ninguém. Imagine que todos estão felizes, saudáveis e confortáveis. O que acontecerá aos grandes políticos servidores e santos cristãos? Eles simplesmente estarão desempregados. Eles precisam da pobreza humana para continuar. Usando seres humanos e a sua pobreza para as suas próprias recompensas. Essa é a própria fonte para se tornarem santos e mais sagrados do que os demais.

    Assim, eles continuam a mentir e quanto mais uma mentira for repetida, dia após dia, ano após ano, século após século, por milhares de anos essa mentira quase começa a soar como verdade. Elas enganam as pessoas e por causa disso a humanidade continua a sofrer.

    Eu não estudo e escrevo para destruir afirmações contidas em blogs. Neste, particularmente, talvez por seus comentários, eu até resolvi escrever alguns “disparates” nele porque todos nós sabemos e é básico que toda causa gera um efeito… E foi precisamente essa a minha intenção.

    Eu não uso o computador para fins recreativos, ou por estar sem ter o que fazer ou por estar entediada.

    E hoje eu estou escrevendo respeitosamente para você para dizer que eu tenho o máximo cuidado para não virtualizar o meu mundo. Eu estabeleço metas: eu tenho tempo certo para gastar on line. Eu defino um limite de horas e minutos por semana para não fazer uso excessivo do computador, e quando meu tempo se esgota eu saio da frente do PC imediatamente, pois respeito meus próprios limites para não causar dependência.

    Eu não quero chegar ao ponto de ter aquela sensação de incapacidade sem o computador / internet. Aquela sensação de não querer ir a algum lugar sem ter a internet por perto, isto significaria que eu estaria seriamente viciada.

    Em relação aos e-mails, eu espero o momento certo para checar. Eu os abro somente quando eu já tenha feito todas as tarefas do meu trabalho e estudos.

    O mesmo eu faço com o telefone convencional, o celular, compras, comida, bebida, sexo, etc.

    Eu, você, todos nós temos a responsabilidade de dosar bem nossas vidas.
    Eu passo um total de 02 horas on line durante uma semana inteira, e eu continuarei na próxima semana reduzir ainda mais esse tempo.

    Apesar de ser bastante Tecna, eu não sou Geek, eu não sou Nerd…

    Relaciono-me bem com todos os que eu conheço, tenho muito capacidade intelectual e habilidade social, logo eu tenho amigos e importo-me verdadeiramente com eles e eles comigo. Não tenho problema em expressar minhas emoções, pois não baseio a maioria de minhas decisões na lógica pura.

    Tudo está ligado, o observador, aquilo que é observado e o próprio ato de observar são feitos da mesma essência. Amante, amado e o amor são o mesmo. Odiento, o odiado e o ato de odiar também são o mesmo. Cada peça no Universo cumpre sua função e todas em conjunto acrescentam glória ao que nem precisa dela, mas aproximar-se deste estado de ser é de um prazer inenarrável.

    Nós somos o que buscamos e o que nós buscamos está em busca de nós também.
    Aproveito este contato ainda para voltar a dizer, o que considero sempre oportuno e apropriado dizer, que a nossa dignidade consiste no pensamento. Procuremos, pois, pensar bem. Nisto reside o princípio da moral.

    E o que eu aprendi nesta vida é que ser um ser humano é tão vasto que não pode ser rotulado. Nenhuma palavra é adequada o suficiente para descrever o ser. Em tal vastidão, a liberdade, em tal vastidão, a felicidade.

    Rodrigo eu “nada posso lhe dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada posso lhe dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível seu próprio mundo e isso é tudo”.

    Hoje, enfrentamos muitos problemas. Alguns criados por nós em consequência de diferenças ideológicas, religiosas, raciais e econômicas. Não é necessário seguir filosofias complicadas. Nosso próprio cérebro, nosso próprio coração é o nosso templo. A filosofia é a bondade.

    Confie em seus sonhos, proteja-os das ilusões, só a nossa alma pode ser a pior inimiga dela mesma, misturando imaginações tolas aos mais elevados sonhos. Só estes fazem a vida valer a pena, enquanto as ilusões só trazem dor à maioria das pessoas.

    Para finalizar, baseada em seu discurso, devo dizer o que penso e sinto e o que considero apropriado dizer e que não mudará. E o que considero mais importante dizer é que eu não tenho e nunca terei a mínima pretensão de ser dona dos desejos, das vontades e dos sonhos de quem quer que seja.

    A vida me ensina e está me ensinando muitas coisas boas. Ensina-me também a aproveitar bem o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher. E se o que eu tenho a dizer não é mais belo que o silêncio, então me calo. E sei que nada que eu diga a mais aqui será aceitável!

    E serei eternamente feliz por continuar a ser exatamente como sou e sinto. Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas e satisfazê-los.

    É certo que você ficará ou continuará relutante em concordar relendo ou não o conteúdo do meu comentário registrado abaixo, ainda que admitindo que o referencial, enquanto lógica de análise, faça sentido. Mas entenderei perfeitamente esta dificuldade. Creio que a compreensão se fará de forma mais simples a partir da leitura com total interesse dos esclarecimentos que se seguem.

    Rodrigo, tudo que é melhor é mais superior em mim cumprimenta/saúda tudo que é melhor e mais alto em você.

    Ao contrário do que você disse a mim, “eu posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.”

    Desejo do fundo da minha alma um sincero voto de paz.
    Boa Sorte! Felicidades!
    Adeus,
    Atenciosamente,
    Bárbara
    _________

    P.S.: Segue abaixo o meu comentário básico para reeleitura:
    Setembro 13, 2010 às 19:58 |
    rodrigonunesouza disse:
    _”NM…Livre pensamento é isso, e há de se reconhecer que é no mínimo gozado.
    O que acho adequado, é por um aviso que o conteúdo é pra adultos e tals…
    Tirem as crianças do culto, digo, da sala !”
    Rodrigo , Você mudou de ideia cara?!
    Mudar de ideia (lá se diz que só os burros não mudam, com o devido respeito pelos animais irracionais!) nem é mudar a estrutura do pensamento, senão descobrir o encanto das coisas, à nossa volta, se juntarem de forma diferente daquela a que estávamos habituados… E saber conviver com isso.
    Eu sei que triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar. Mudar de ideias não é sinônimo de inconstância. Também o pode ser. Mas quantas vezes não é sinônimo de reflexão, de discussão, de interação social e de descoberta de outras visões diferentes para o mesmo assunto.
    Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre. Nem sempre sou da minha opinião.

    Só não devemos mudar de opinião em relação aos crentes… Antipáticos e desagradáveis. Crente (evangélicos) é uma cambada alienada da vida e de seus acontecimentos. Não sabem falar de nada a não ser de religião, e têm uma atitude conformista diante do mundo. Não sabem discutir e entender as questões existenciais, como a dor, a miséria, a sexualidade, a paixão, o amor, vivem acuados, com medo de tudo, vendo o diabo em toda a parte e querendo amarrá-lo a todo o momento!
    Jonny, o “muleque retardado”…

  52. Jonny
    setembro 15, 2010 às 11:35

    Rodrigo,

    Eu, Bárbara reenvio o mesmo comentário com o acerto do meu grave erro ortográfico, pois verifiquei que no final do meu comentário o acerto não aconteceu na palavra “reeleitura” que o correto, todos nós sabemos que é “releitura”.

    Um erro imperdoável! Uma lástima!

    Eu apaguei a vogal “e” que foi além ao digitar. Eu apaguei a vogal excedente para escrever corretamente que é: releitura. Não entendi, pois não apagou o erro…

    Eu acredito que agora o comentário será enviado com a palavra com o devido e respeitoso acerto.

    Desculpe-me por isso.
    Bábraba

    ___________________

    Rodrigo em Setembro 13, 2010 às 23:59 você disse:

    “Não concordo com idéia alguma do senhor “muleque retardado”.
    Concordo com a alcunha que optou para si.
    O que posso dizer é que não mudei de opnião, já que sempre fui um livre pensador.
    Eu tenho a mente aberta, o que não quer dizer que vá aceitar que idéias absurdas sobre a realidade esvaziem o que eu tenho dentro dela. Eu deixo a mente aberta o bastante pra não deixar que ela se esvazie como no seu caso, amigo Jonny.”

    Olá Rodrigo!

    Eu estou literalmente perplexa / indecisa / duvidosa/ irresoluta / ambígua com o seu comentário/resposta.

    Eu não acredito que você não tenha compreendido absolutamente nada do que eu escrevi. O meu comentário foi para “enaltecer” você do início ao fim!

    Eu sei que eu e você não precisamos ser enaltecidos para viver, mas foi o que eu “mais ou menos” fiz: enaltecer e respeitá-lo por ter mudado de idéia com relação ao que tem sido escrito neste blog…

    Eu ainda não quero acreditar que você não interpretou o meu comentário corretamente…

    Uma vez que eu leio e analiso também o que você escreve e o seu modo de expressar, e fico “satisfeita” de saber que ainda existem pessoas com o seu tipo de pensamento/responsabilidade… Por isso resolvi mostrar a minha sincera admiração e respeito pelo blog de vocês finalizando o meu contato com este comentário básico que não foi aceito e compreendido por você, que se você reler, poderá entender que foi 100% respeitoso.

    Uma vez que eu sei que não sou, mas até “curti/sorri” quando você escreveu que eu era o “muleque retardado”… No dia:
    Setembro 3, 2010 às 01:47 | “Caralho, que muleque mais retardado bicho.”…

    Também até surpreendi-me quando você escreveu de forma incorreta o adjetivo qualificativo “muleque” com “u” ao invés de “moleque” com “o” que é o correto.

    Eu entendi e considerei isso como uma “brincadeira” de sua parte. A forma “muleque”, como você escreveu não existe, por isso finalizei o meu comentário “muleque retardado” entre aspas, pois o erro ortográfico é seu.

    A leveza e bom humor são sempre essenciais, principalmente se houver conversas que descambem para a discórdia. Minha é a responsabilidade de dispersar esses humores estranhos e pesados com a minha leveza.

    As pessoas se “encontram” e não é por acaso, a própria natureza psíquica, física e espiritual de nossa humanidade cria os encontros. Por quê? Ora! Porque em estado isolado seremos sempre muito menos do que poderíamos ser.

    É necessário que tenhamos um pouco de coragem para aceitar que as pessoas tenham virtudes que, talvez, ofusquem às nossas. Porém, celebrar o sucesso alheio como se fosse nosso é o mais claro sinal da elevação de uma alma.

    Eu sou uma jovem mulher com experiências… A experiência nos ensina. Isso me constrói e constrói tudo ao meu redor!

    Eu continuarei não acreditando que você não foi capaz de entender que o meu comentário não foi assimilado de forma correta. Por gentileza leia com atenção cada palavra e com calma ou peça literalmente ajuda a outro professor ou professora que não seja eu. Só assim compreenderá o quanto você foi respeitado como pessoa neste comentário feito por mim.

    O que eu quis dizer com tudo isso a você é que tudo gera consequências. Toda causa gera um efeito. Regras fixas de comportamento não são compatíveis com o ser humano, pois fatos sociais mudam o tempo todo. Isso é o que eu quis dizer a você.

    Jonny não é um “muleque retardado de mente vazia” como você disse, e o meu nome também não é Jonny… Na verdade eu sou uma mulher, o meu nome é Bárbara e este tipo de blog faz parte de meus estudos e análise uma vez que eu também analiso comportamentos para a minha tese de Doutorado.

    Quanto ao religioso-evangélico em “debate” nesta página… A religião mantém essas pessoas na infância eterna. Sempre se entregando a alguém para resolver seus problemas pessoais. A falta de consciência em suas faculdades mentais e o complexo de inferioridade faz com que muitos parem de pensar logicamente e se entreguem a todo tipo de pensamento, por mais absurdo que seja.

    A fé é inimiga da lógica, pois ela aceita uma premissa sem investigação posterior. Se ensinássemos as pessoas a pensarem logicamente, talvez parassem de se entregar a todo tipo de culto que aparece à sua frente. É a falta de lógica e de confiança em suas faculdades mentais que faz com as pessoas se entreguem a todo tipo de religião. Por mais absurda que seja.

    O comportamento ético de um ser humano deve se basear em suas necessidades sociais e individuais e a religião não precisa entrar nessas questões. O melhor guia para o comportamento social é a razão.

    Quando a religião tenta engessar um tipo de comportamento está indo contra o próprio progresso humano, pois tenta fixar aquilo o que não deve ser fixado. O ambiente sempre tende a mudar o comportamento. E um comportamento mal adaptado leva ao sofrimento. Todo organismo deve fazer tudo para sobreviver da melhor maneira possível, e a maneira que um ser humano sobrevive é usando sua mente para seu beneficio e para o beneficio da sociedade como um todo. Se cuidar de progredir, acabará ajudando a todos.

    No dia em que a humanidade se tornar mais alerta, não será mais explorada e esmagada embaixo das botas das pessoas que estão no poder, não será mais forçada a ter medo do inferno, do qual não existe nenhuma evidência, não será mais instigada e ser motivada a ter ambição para conseguir o céu, do qual não existe nenhuma evidência também e não mais receberão toda uma avalanche de repressões associadas a essas idéias. No dia que a humanidade se respeitar e festejar a si mesma, todos os políticos desaparecerão, as religiões desaparecerão. Uma religiosidade autêntica não necessita de nenhum profeta, de nenhum salvador, de nenhum livro sagrado, de nenhuma igreja, de nenhum papa, de nenhum sacerdote.

    Existe muita insanidade nos seres humanos que se permitem cegamente serem subjugados, por exemplo, por políticos que nascem a partir de um complexo de inferioridade. Por essa inferioridade ser um câncer, eles querem provar ao mundo que não são inferiores: “Eu sou o presidente, eu sou o primeiro-ministro!”

    Agora, imagine um mundo onde ninguém precisa do serviço de ninguém. Imagine que todos estão felizes, saudáveis e confortáveis. O que acontecerá aos grandes políticos servidores e santos cristãos? Eles simplesmente estarão desempregados. Eles precisam da pobreza humana para continuar. Usando seres humanos e a sua pobreza para as suas próprias recompensas. Essa é a própria fonte para se tornarem santos e mais sagrados do que os demais.

    Assim, eles continuam a mentir e quanto mais uma mentira for repetida, dia após dia, ano após ano, século após século, por milhares de anos essa mentira quase começa a soar como verdade. Elas enganam as pessoas e por causa disso a humanidade continua a sofrer.

    Eu não estudo e escrevo para destruir afirmações contidas em blogs. Neste, particularmente, talvez por seus comentários, eu até resolvi escrever alguns “disparates” nele porque todos nós sabemos e é básico que toda causa gera um efeito… E foi precisamente essa a minha intenção.

    Eu não uso o computador para fins recreativos, ou por estar sem ter o que fazer ou por estar entediada.

    E hoje eu estou escrevendo respeitosamente para você para dizer que eu tenho o máximo cuidado para não virtualizar o meu mundo. Eu estabeleço metas: eu tenho tempo certo para gastar on line. Eu defino um limite de horas e minutos por semana para não fazer uso excessivo do computador, e quando meu tempo se esgota eu saio da frente do PC imediatamente, pois respeito meus próprios limites para não causar dependência.

    Eu não quero chegar ao ponto de ter aquela sensação de incapacidade sem o computador / internet. Aquela sensação de não querer ir a algum lugar sem ter a internet por perto, isto significaria que eu estaria seriamente viciada.

    Em relação aos e-mails, eu espero o momento certo para checar. Eu os abro somente quando eu já tenha feito todas as tarefas do meu trabalho e estudos.

    O mesmo eu faço com o telefone convencional, o celular, compras, comida, bebida, sexo, etc.

    Eu, você, todos nós temos a responsabilidade de dosar bem nossas vidas.
    Eu passo um total de 02 horas on line durante uma semana inteira, e eu continuarei na próxima semana reduzir ainda mais esse tempo.

    Apesar de ser bastante Tecna, eu não sou Geek, eu não sou Nerd…

    Relaciono-me bem com todos os que eu conheço, tenho muito capacidade intelectual e habilidade social, logo eu tenho amigos e importo-me verdadeiramente com eles e eles comigo. Não tenho problema em expressar minhas emoções, pois não baseio a maioria de minhas decisões na lógica pura.

    Tudo está ligado, o observador, aquilo que é observado e o próprio ato de observar são feitos da mesma essência. Amante, amado e o amor são o mesmo. Odiento, o odiado e o ato de odiar também são o mesmo. Cada peça no Universo cumpre sua função e todas em conjunto acrescentam glória ao que nem precisa dela, mas aproximar-se deste estado de ser é de um prazer inenarrável.

    Nós somos o que buscamos e o que nós buscamos está em busca de nós também.
    Aproveito este contato ainda para voltar a dizer, o que considero sempre oportuno e apropriado dizer, que a nossa dignidade consiste no pensamento. Procuremos, pois, pensar bem. Nisto reside o princípio da moral.

    E o que eu aprendi nesta vida é que ser um ser humano é tão vasto que não pode ser rotulado. Nenhuma palavra é adequada o suficiente para descrever o ser. Em tal vastidão, a liberdade, em tal vastidão, a felicidade.

    Rodrigo eu “nada posso lhe dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada posso lhe dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível seu próprio mundo e isso é tudo”.

    Hoje, enfrentamos muitos problemas. Alguns criados por nós em consequência de diferenças ideológicas, religiosas, raciais e econômicas. Não é necessário seguir filosofias complicadas. Nosso próprio cérebro, nosso próprio coração é o nosso templo. A filosofia é a bondade.

    Confie em seus sonhos, proteja-os das ilusões, só a nossa alma pode ser a pior inimiga dela mesma, misturando imaginações tolas aos mais elevados sonhos. Só estes fazem a vida valer a pena, enquanto as ilusões só trazem dor à maioria das pessoas.

    Para finalizar, baseada em seu discurso, devo dizer o que penso e sinto e o que considero apropriado dizer e que não mudará. E o que considero mais importante dizer é que eu não tenho e nunca terei a mínima pretensão de ser dona dos desejos, das vontades e dos sonhos de quem quer que seja.

    A vida me ensina e está me ensinando muitas coisas boas. Ensina-me também a aproveitar bem o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher. E se o que eu tenho a dizer não é mais belo que o silêncio, então me calo. E sei que nada que eu diga a mais aqui será aceitável!

    E serei eternamente feliz por continuar a ser exatamente como sou e sinto. Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas e satisfazê-los.

    É certo que você ficará ou continuará relutante em concordar relendo ou não o conteúdo do meu comentário registrado abaixo, ainda que admitindo que o referencial, enquanto lógica de análise, faça sentido. Mas entenderei perfeitamente esta dificuldade. Creio que a compreensão se fará de forma mais simples a partir da leitura com total interesse dos esclarecimentos que se seguem.

    Rodrigo, tudo que é melhor é mais superior em mim cumprimenta/saúda tudo que é melhor e mais alto em você.

    Ao contrário do que você disse a mim, “eu posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.”

    Desejo do fundo da minha alma um sincero voto de paz.
    Boa Sorte! Felicidades!
    Adeus,
    Atenciosamente,
    Bárbara
    _________

    P.S.: Segue abaixo o meu comentário básico para releitura:

    Setembro 13, 2010 às 19:58 |
    rodrigonunesouza disse:
    _”NM…Livre pensamento é isso, e há de se reconhecer que é no mínimo gozado.
    O que acho adequado, é por um aviso que o conteúdo é pra adultos e tals…
    Tirem as crianças do culto, digo, da sala !”
    Rodrigo , Você mudou de ideia cara?!
    Mudar de ideia (lá se diz que só os burros não mudam, com o devido respeito pelos animais irracionais!) nem é mudar a estrutura do pensamento, senão descobrir o encanto das coisas, à nossa volta, se juntarem de forma diferente daquela a que estávamos habituados… E saber conviver com isso.
    Eu sei que triste não é mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar. Mudar de ideias não é sinônimo de inconstância. Também o pode ser. Mas quantas vezes não é sinônimo de reflexão, de discussão, de interação social e de descoberta de outras visões diferentes para o mesmo assunto.
    Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre. Nem sempre sou da minha opinião.

    Só não devemos mudar de opinião em relação aos crentes… Antipáticos e desagradáveis. Crente (evangélicos) é uma cambada alienada da vida e de seus acontecimentos. Não sabem falar de nada a não ser de religião, e têm uma atitude conformista diante do mundo. Não sabem discutir e entender as questões existenciais, como a dor, a miséria, a sexualidade, a paixão, o amor, vivem acuados, com medo de tudo, vendo o diabo em toda a parte e querendo amarrá-lo a todo o momento!
    Jonny, o “muleque retardado”…

  53. rodrigonunesouza
    setembro 15, 2010 às 23:05

    Bem, Senhorita Bárbara meu nome não é Jonnhy ou “Muleque (Moleque?) Retardado.

    Digna sua tese de doutorado se é sobre o meu blog. Você precisa contar detalhes da sua vida e sua rotina, necessariamente pra quê ? Você parece pelo visto, o Doctor Sheldon Cooper, que tem suas gavetas organizadas, com as cuecas de cada dia da semana. Tudo bem, mas pra que eu quero saber disso. Eu não sei de que tese minha vc testá falando, porque o texto não é meu, e eu nem odeio os crentes.

    Agora o texto, ao qual eu referi meu comentario, é um texto imoral, e de cunho erótico e de muita putatia.

    Menininha safada você.

  54. Hanna
    setembro 22, 2010 às 12:01

    Olha os ” Os crentes não são os donod da razão” quem é o dono da verdade aai pra dizer quem esta certo ou errado?
    cada um com sua opinião.
    Só pode afirmar alguma coisa quando se passa consigo msm.
    Eu sou Evangélica ,não apenas crente,porque crente qualquer pessoa é,basta crer em alguma coisa, e tenho fé em Deus sim,porque ele muito me abençõa,por mais errada que eu seja,ele sempre me surpreende, e muitas vezes não precisa de um pastor,ou coisa assim,é eu e Deus, minha experiências com ele não dependem de mais ninguém,só da vontade deele.
    Me desculpe,existem erros e abominações nas igrejas,nas pessoas de dentro delas,na sociedade,no governo,enfim…
    a honestidade está no caracter de cada um e não na religião.
    não precisa de Deus pra saber o que convén ou não.

  55. Jonathan
    outubro 1, 2010 às 18:14

    caraaaaaaa, parem com essa brigaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!1

    cada um tem sua opinaoooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!

    um recado pra nós crentes: se quiserem ajudar essas pessoas orem por elas e deixa o espirito santo fazer o resto.. nao tem porque brigar.

    a minha opinao eh cada religiao deve ser respeitada . assim com eu respeito vcs que falam mal dajente vcs nao respeitam nos q oramos por vcs , eu sei o quanto e tentador chamar alguem de idiota mais ,por favor tenham bom censo.

  56. Jonny
    outubro 1, 2010 às 21:15

    Jonathan

    As palavras censo e senso são homófonas, isso quer dizer que possuem a mesma pronúncia. Por este motivo é que às vezes parece tão difícil optar por uma maneira ou outra de escrever, ou com “c” ou com “s”: Mas é importante saber diferenciar estes termos, pois tem significados diferentes e, portanto, devem ser usados em ocasiões diferentes!
    Observe:
    a) O IBGE realizou um censo que definiu a quantidade de membros em cada família.
    b) Ele não faria isso porque tem bom senso.

    Percebeu a diferença de sentido?

    Jonathan bom censo com “c” como você escreveu é quando a contagem de habitantes de um país é feita corretamente… Use censo com “c” quando quiser significado de recenseamento, cadastramento, levantamento demográfico ou socioeconômico de uma população. Conjunto dos dados estatísticas dos habitantes de uma cidade, estado, país. (Aurélio)

    Jonathan use senso com “s” quando este puder ser substituído por juízo e quando indicar capacidade de apreciar ou de julgar. Juízo claro, julgamento, raciocínio: homem de senso. / Espírito, sentido: senso crítico. / Siso, sisudez, sensatez, equilíbrio, ponderação, circunspecção; prudência: agir com senso. // Senso comum, avaliação ou julgamento de idéias ou situações com base em formulações relativamente simples, ingênuas, e muitas vezes até preconceituosas, resultantes da experiência direta (experiência da vida) das pessoas comuns.

    Jonathan, quem tem bom senso sabe pensar antes de falar e escrever. Se você tiver senso, saberá sempre o que dizer e escrever. Bom senso pode ser entendido como um bom raciocínio que a pessoa tem para evitar cometer atos que possam prejudicá-la futuramente.

    “Só achamos que as outras pessoas têm bom senso quando são da nossa opinião.” (François de La Rochefoucauld)

    “Raramente conhecemos alguém de bom senso, além daqueles que concordam conosco.” (François de La Rochefoucauld)

    “Tente colocar bom senso na cabeça de um tolo e ele dirá que é tolice.” (Eurípedes)

    “Bom senso é uma dádiva, mas inteligência é uma aquisição.” (Textos Judaicos)

    ‘‘… O maior inimigo da criatividade é o bom senso… ” (Pablo Picasso)

    Para finalizar: “Por simples bom senso, não acredito em Deus. Em nenhum.” (Charles Chaplin).

    Atenciosamente,
    Jonny, “O mUleque retardado”

  57. rodrigonunesouza
    outubro 5, 2010 às 20:01

    Existe o senso que vem da sensação e do sentido. Da sensatez e do sensacional.

    Existe o censo que vem da censura e da ciência ou consciência.

    Os elementos lexicais sustentam a ausencia de um decoreba semantico dicionarista quase que desnecessário, e que torna a língua mais prática aos papagaios que aos humanóides que somos.

    Se repararmos a origem das palavras, saberemos de maneira diacrônica que existe um sentido amplo na linguagem.

    Isso é muito importante; Não há razão, ou muito menos por qualquer processo racional se explica o desenvolver de um elemento linguistico qualquer.

    Nos bastaria assim a filologia grego-românica. Nos bastam os neologismos.

    É preciso de um lugar no mundo onde haja mais reflexão.

    Um lugar para crença é necessário, mas um lugar da descrença é algo igualmente válido.

    E quanto a liberdade do direito de opinião, contra isso, se o artigo o faz, não sou eu que apoiarei algo do gênero.

    Que fique claro que me posiciono como favorável a que cada um tenha sua crença.

    Igualmente torno a dizer, não tolero mentiras. Quando as crenças resolvem sair de suas áreas pra ingressar em outras, infringindo direitos básicos da cidadania social, ai realmente eu não sou omisso.

  58. dezembro 5, 2010 às 18:01

    Na Igreja do RR Soares = Pastor Dependete Químico Esbanja Luxo
    Indícios que o ex-dependente químico, conhecido
    por Pastor Francisco de Feritas pastor da Igreja Internacional da Graça de Deus na cidade de Mogi das Cruzes,localizado a Praça Dona Firmina Santana 12, suspeita de lavagem de dinheiro e associação ao tráfego.
    Residente em um dos bairros mais luxuosos da cidade, no condominio Village Monticelli na Vila Oliveira. O então Pastor recebe Frequentemente recebe ameaças de morte quando ministra seus cultos.
    Em suas apresentações ao cutlo faz questão de frizar que é ex dependente químico e já se envolveu com todos os tipos de drogas.
    A pouco mais de 1 ano na cidade é visto com carros importados, residindo na Vila Oliveira e rodeado por assessores de igreja conhecido por obreiros, que são encarregados de todo o seu serviço pessoal como buscar o filho na escola, conta também com empregadas domésticas, secretárias, cozinheiras, técnico de informática, uma equipe para o amparar e o auxiliar nos serviços pessoais e da igreja.
    Para não levantar suspeita até o telefone da igreja está no nome da secretária que é voluntária em período integral da igreja.
    A maioria dos seus então assessores são obreiros voluntários e consideram louvável o trabalho voluntário quase que em período integral sem salário dedicado ao Pastor e a sua igreja, Tudo em nome de Deus.
    A rotina é puxada domingo as 6 da manhã reunião com os obreiros ao final do culto que inicia-se por volta das 8:00 da manhã com termino aproximado de 11:00 extendese-se após o período outra reunião de obreiros, quem tem condições almoça em sua casa , mas a maioria mora longe e a igreja não dispõe de condução ou auxilio de transporte, as 13:00 quase que religiosamente e obregatóriamente os mesmo obreiros devem fazer o chamado evangelismo , que nada mais é do que distribuir panfletos publicitários da igreja promovendo os horários dos cultos.
    A esposa conhecida por Dona Tati, Tatiane Freitas, esbanja bolsas importadas,sapatos, roupas caras e luxuosas que afirma ter ganho de seus admiradores.
    O pastor de temperamento forte é sempre visto bando broncas em seus obreiros obrigando-os a andar com roupas importadas a fim de estarem bem apresentáveis.
    Em festas e reuniões internas o luxo não escapa, uma festa no sítio, utiliza camisas Polo da Lacoste, não sai por menos de R$130,00.
    O pastor que se diz fiel seguidor do lider missionário R.R Soares, Já foi pastor em São José dos Campos, num período que antecedeu sua designação a Mogi das Cruzes numa inexplicável sucessão de erros e falhas no comando da sua igreja atos forçou o lider a colocá-lo na ” geladeira” da igreja , ficou sem igreja e sem salário, foi rebaixado e virou obreiro da igreja de São Paulo.
    Nos bastidores da Igreja é confirmado que o fato do fechamento de sua igreja em são josé dos campos se deu a escandalos ligados a sua então esposa, que mantinha relações extra conjugais com um membro da alta cúpula da Rit TV.
    Com seu salário de pouco mais de R$1500.00 não comporta o estilo e vida que leva.
    Frequentemente é visto em restautantes comida oriental da Vila Oliveira um dos mais caros da cidade, é facilmente visto gastando mais de 400,00 por noite.
    Enfim tudo em nome de Deus,
    ————-
    Minha Opinião não tenho nada a favor ou contra a situação ,as achei bem picante o assunto e resolvi publicar, Em semana que se discute pastor Guerra no Morro do Alemão esse assunto me chamou a atenção.
    Essa matéria foi copiada do forum DiscursoGospelVig, replicado por Maria Santos

    Tagged: Igreja Internacional da Graça de Deus, Pastor dependente quimico, Pastor Igreja Internacional da Graça de Deus Lavagem de Dinheiro, Na Igreja do RR Soares = Pastor Dependete Químico Esbanja Luxo.

  59. rodrigonunesouza
    dezembro 6, 2010 às 05:43

    Essas críticas fazem sentido simplesmente no mundo do humor.

    R.R.Soares não é dependente quimico, e sim homem de Deus dos mais honrados que tivemos noticia. É correto dizer que sua instituição, possui irregularidades, mas dizer que ela é responsável por todos os engarrafamentos no trânsito é um absurdo;
    “suspeita de lavagem de dinheiro e associação ao tráfego”.

    E ainda o sujeito culpa inclusive pelo tráfego aéreo e o marítimo, já que ele não especifica a acusação.

    Acho que o sujeito que escreveu uma barbárie dessas deve ser um dependente quimico que esbanja luxo. Porque só um dependente quimico que esbanja luxo, se dá ao luxo de perder tempo escrevendo porcarias sobre gente que uma hora dessas está trabalhando. Se o sujeito não esbanja luxo ele não joga fora o bem mais precioso que o homem tem e não se percebe disso; O TEMPO.

    O senhor que desperdiça o tempo nosso com vossas puerís insignificancias, deve largar esse vício, ainda enquanto é tempo.

    E possivelmente, estes que falas mal, te acolherão no reino de Jesus. Porque se tu dissestes isso deles, eles te perdoam e te aceitarão mesmo você sendo um dependente quimico que esbanja luxo.

    Os pastores não esbanjam luxo, eles tem uma estrutura compactível com a palavra de Deus, e são simplismente um exemplo de PROSPERIDADE.

    O fato de serem bem sucedidos financeiramente, mostra que A BENÇÃO DE DEUS, cai sobre as boas obras que os seus homens tem realizado.

    Fique com Deus e se livre desse Diabo que atormenta sua alma.

  60. JOAO
    dezembro 18, 2010 às 23:09

    QUERIDO, VC, ME PARECE TAO ABESTADO E ZÉ RUELA QUE FICO SINSERAMENTE SEM ENTENDER, QUE TANTA DE BESTEIRA QUE VC ESCREVEU, ALGUEM QUE SE DIZ ESCLARECIDO, E DIZ QUE UMA PESSOAS DEVERIA SER MAIS CRITERIOSA, COM O QUE CRÊ, ESTUDANDO E ETC….
    POREM VOCÊ É O PRIMEIRO A NAO DÁ VALOR A UM ESTUDO CRITERIOSO DAS BABAQUICES QUE VC DIZ, E FALA TANTAS AZNEIRAS QUE DÁ ATE ENJOO SO DE LER O QUE VC DIZ.
    UMA DAS MAIORES BURRICES QUE VC DISSE, FOI QUE UMA CRIANÇA QUE TEM UM PAI CRISTÃO SERÁ CRISTÃO(BURRICE),, ISSO NEM DE LONGE É VERDADEIRO, O QUE O PAI CRSTÃO TENTA, É FAZER O QUE APRENDEU NA “BIBLIA”, QUE O PAI DEVE ENSINAR A CRIANÇA NO CAMINHO QUE DEVE ANDAR.
    ENTRE OUTRAS BURRICES, VC MISTURA TUDO (UMA COISA É EVANGÉLICO OUTRA DIFERENTE É SER CATOLICO) CATOLICO , NA SUA MAIORIA, NAO ESTUDA A BIBLIA, E HA AUGUN TEMPO NEM ASSISTIAM AS MISSAS NA SUA LINGUA.
    COMO QUE RELIGIÃO É UMA COISA CULTURAL, SE POR EXEMPLO OS EVANGÉLICOS SEGUEM UMA RELIGIÃO QUE É NASCIDO ENTRE OS JUDEUS QUE SÃO CULTURALMENTE MUÇULMANOS
    O BRASIL É CULTURALMENTE O QUE ?
    QUAL É A RELIGIÃO DOD BRASIL?
    O BRASIL É CATOLICO ?VC DISSE QUE UM CATOLICO, SÓ É CATOLICO POR QUE NASCEU NO BRASIL….
    acredita no Zulu-Zulu-que-mora-no-fundo-do-oceano, você vai acreditar no Zulu-Zulu-que-mora-no-fundo-do-oceano ? QUE EDIOTICE É ESSA ?????
    QUANTAS PESSOAS NASCEM EM LARES CATOLICO E HOJE SAO EVANGELICO, NASCEM EM LARES JUDEUS E SÃO MACUMBEIROS ??? QUE BURRICE É ESSA ????????
    QUANTAS IDIOTICES??
    MISTURAR TUDO NO MESMO SACO, NÃO É IGNORANCIA ????
    TEM PASTOR LADRÃO, NO MUNDO?? É CLARO QUE SIM!!
    TEM MEDICO LADRÃO?? E CLARO QUE SIM!!
    TEM BABACAS QUE USÃO DE ASSUMTOS POLEMICOS PARA CONSEGUIR TRAFIGO, LADRÃO ??
    E CLARO QUE SIM, MAS NÃO É POR QUE TEM PILANTRAS QUE ESCREVEM EM SITES, QUE VC SEJA UM!
    TEM PASTOR RICO?? E CLARO QUE SIM!
    MAS POR BURRICE, OU APENAS PARA OMITIR , VC ESQUESSE QUE TEM MILHRARES DE PASTORES POBRES, QUE VIVEM ABAIXO DAS CONDIÇÕES DIGNAR PARA UM SER HUMANO, E VIVE COM FÉ POR QUE SEU CORAÇÃO NÃO ESTÁ NO DINHEIRO!! MAS VC É UM OTARIO, E NAO DISSE ISSO !!!!!!!
    OLHA QUE BABAQUISSE, CONTAR QUANTO FOI O VALOR QUE O PASTOR PAGOU NO SEU PRATO, NO RESTAURANTE!!! BABACA !!
    POR QUE VOCÊ NAO COLOCA O VALOR DO PRATO DE COCAINA QUE AQUELE JOGADOR DE FUTEBOL CHEIROU, NA FESTA QUE FOI BANCADA PELO SALARI MILHIONARIO QUE ELE GANHOU, POR UNS MINUTOS CORRENDO!! DESCULPE MAS VC É TÃO BABACA QUE NÃO PERCEBE QUE SUA DONÇE EM PERSEGUIR CHEIO DE PRECONCEITO OS CRENTE, FAZ QUE VC SEJA MAIS CRENTE DO QUE ELES EM AUGUMA COISA!!!!!!
    VC É UM BABACA!!!
    O RRS,, É ISSO OU AQUILO? E DAI , O QUE EU TENHO HAVER COM ISSO?
    ELE SER ALGO ME FAZ SER TAMBEM ????
    SE EU ENTRAR EM UMA GARAGEM, EU VIRO UM CARRO TAMBEM ???

    HA TE DOU AUTORIZAÇÃO PARA TRPUDIAR SOBRE MIM, A RESPETO DO PORTUGUES, QUE ESCREVI,, FICA A VONTADE!!!

    SEU QUE VAI RESPONDER, ESSE COMENTARIO, D AMANEIRA MAIS ARROGANTE POSSIVEL, E SEM EMBASAMENTO!! FICA AVONTADE, PODE ME ESCULHAMBAR AVONTADE, POIS VC DEVE SABER QUE EU NAO VOLTO AQUI NESTE SITE PARA LER A RESPOSTA, E VC SABE QUE MEU NOME NÃO É O QUE ESTA NA RESPOSTA, NEM MUITO MENOS O EMAIL!!

    HAAAA! DETONAR OS CRENTES POR MINHA CAUSA SERÁ MAIS BURRICE AINDA, HAJA VISTO QUE NÃO SOU NEM RELIGIOSO, MAS NAO GOSTO DE BABACAS!!

  61. NM
    dezembro 21, 2010 às 02:15

    Parei um tempo estupefado ao ler esse comentário, demorei pra decidir se ele merecia minha atenção e ser respondido ou não, mas o ócio das férias meio que me obrigou a isso, enfim.

    ”UMA DAS MAIORES BURRICES QUE VC DISSE, FOI QUE UMA CRIANÇA QUE TEM UM PAI CRISTÃO SERÁ CRISTÃO(BURRICE),, ISSO NEM DE LONGE É VERDADEIRO, O QUE O PAI CRSTÃO TENTA, É FAZER O QUE APRENDEU NA “BIBLIA”, QUE O PAI DEVE ENSINAR A CRIANÇA NO CAMINHO QUE DEVE ANDAR.”

    Não tente transformar uma exceção em regra, caro pederasta, minha mãe é católica e eu sou ateu. Provavelmente tem um Mohamed junior que é muçulmano porque Mohamed pai o é. Assim como muita gente é católica por tradição familiar, muita gente é evangelica, já que você empurra essa merda goela abaixo de uma criança desde pequena. Não há muita diferença nisso, aliás, como eu disse no texto o Brasil é um país católico por convenção, já que todo mundo que não sabe dizer a religião se diz ‘católico’, mesmo sem seguir merda nenhuma dela.
    As poucas e parcas pessoas que não seguem a religião dos pais simplesmente não foram estupradas pela religião quando pequenas, ou um motivo ou outro, minha mãe me enfiou na cataquese com 7 anos. Eu não queria ir e ela me obrigava. Se não fosse por outros motivos eu provavelmente seria um catolicozinho com crisma hoje.

    ”VC MISTURA TUDO (UMA COISA É EVANGÉLICO OUTRA DIFERENTE É SER CATOLICO) CATOLICO , NA SUA MAIORIA, NAO ESTUDA A BIBLIA, E HA AUGUN TEMPO NEM ASSISTIAM AS MISSAS NA SUA LINGUA.”

    Primeiro é ‘Algum’. Segundo, católico ou evangelico são cristãos, então nada de errado generalizar. Eu posso dizer ‘ele é católico/evangelico logo ele é cristão’ , mas não posso dizer ‘ele é cristão, logo é católico’. As diferenças entre um e outro são tão merdas que nem vale a diferenciação. Te levaria a sério se falasse do protestantes e luteranos.

    ”COMO QUE RELIGIÃO É UMA COISA CULTURAL, SE POR EXEMPLO OS EVANGÉLICOS SEGUEM UMA RELIGIÃO QUE É NASCIDO ENTRE OS JUDEUS QUE SÃO CULTURALMENTE MUÇULMANOS”

    Assim como a religião Grega é da cultura deles, a nórdica, a romana, a japonesa, a russa, a chinesa e etecetera. Tudo atributos CULTURAIS de determinados povos.
    E, de boa, judaísmo é a religião mais antiga do mundo, Islamismo só veio lá por 600/700 e tanto depois de JayCê. Os muçulmanos tem sua cultura baseado em outras coisas além da religião Islã. Assim como os Judeus. Mas a religião é parte de cada povo em conjunto separado. Pelo que você falou, da a entender que muçulmanos odeiam os judeus porque eles sairam do ‘caminho’

    ”O BRASIL É CULTURALMENTE O QUE ?
    QUAL É A RELIGIÃO DOD BRASIL?
    O BRASIL É CATOLICO ?VC DISSE QUE UM CATOLICO, SÓ É CATOLICO POR QUE NASCEU NO BRASIL….”

    Brasil é culturalmente o Brasil, cada região com sua cultura, frevo, ctg, carnaval, micareta, acarajé. Brasil é um país católico de fato , porque o seu povo assim se diz (a maioria). E não, um católico pode ser católico nascendo na Tchecoslovaquia. Mas se seu pai for católico no Brasil, grandes chances de você ser também. Religião é uma realidade etnocentrista.

    ”acredita no Zulu-Zulu-que-mora-no-fundo-do-oceano, você vai acreditar no Zulu-Zulu-que-mora-no-fundo-do-oceano ? QUE EDIOTICE É ESSA ?????”

    Ironia. A sua é só ‘ediotice’ mesmo.

    ”QUANTAS PESSOAS NASCEM EM LARES CATOLICO E HOJE SAO EVANGELICO, NASCEM EM LARES JUDEUS E SÃO MACUMBEIROS ??? QUE BURRICE É ESSA ”

    Te garanto que por empirismo prático, não muitas. Mas se você tiver um dado comparativo mostrando o que você diz, eu gostaria de ver.

    ”MISTURAR TUDO NO MESMO SACO, NÃO É IGNORANCIA ????
    TEM PASTOR LADRÃO, NO MUNDO?? É CLARO QUE SIM!!
    TEM MEDICO LADRÃO?? E CLARO QUE SIM!!
    TEM BABACAS QUE USÃO DE ASSUMTOS POLEMICOS PARA CONSEGUIR TRAFIGO, LADRÃO ??”

    Não, não é. As pessoas usam dessa de ‘não generalize’ para se acharem mais individuais. Por exemplo, eu posso dizer ‘Todo advogado é escroto’, mas não posso dizer ‘ele é um advogado, logo é escroto’. Entende a diferença? Eu posso generalizar grupos mas não individuos.

    ”MAS POR BURRICE, OU APENAS PARA OMITIR , VC ESQUESSE QUE TEM MILHRARES DE PASTORES POBRES, QUE VIVEM ABAIXO DAS CONDIÇÕES DIGNAR PARA UM SER HUMANO, E VIVE COM FÉ POR QUE SEU CORAÇÃO NÃO ESTÁ NO DINHEIRO!! MAS VC É UM OTARIO, E NAO DISSE ISSO !!!!!!!”

    Nem sempre o ‘pequenas igrejas, grandes negócios da certo’. Aliás, onde eu chamei padre de ladrão no texto?

    ”OLHA QUE BABAQUISSE, CONTAR QUANTO FOI O VALOR QUE O PASTOR PAGOU NO SEU PRATO, NO RESTAURANTE!!! BABACA !!”

    Acho que ele ta falando de algum comentário do Rodrigo, hmm.

    ”HA TE DOU AUTORIZAÇÃO PARA TRPUDIAR SOBRE MIM, A RESPETO DO PORTUGUES, QUE ESCREVI,, FICA A VONTADE!!!”

    Nada, cara, relaxa, todo mundo aqui sabe que isso é culpa do ensino público brasileiro.
    E não digo só a respeito do teu português.

    ”SEU QUE VAI RESPONDER, ESSE COMENTARIO, D AMANEIRA MAIS ARROGANTE POSSIVEL, E SEM EMBASAMENTO!!”

    Claro, porque o teu é digno de uma tese de pós-doutorado.

    ”POIS VC DEVE SABER QUE EU NAO VOLTO AQUI NESTE SITE PARA LER A RESPOSTA, E VC SABE QUE MEU NOME NÃO É O QUE ESTA NA RESPOSTA, NEM MUITO MENOS O EMAIL!!”

    =(

    ”HAAAA! DETONAR OS CRENTES POR MINHA CAUSA SERÁ MAIS BURRICE AINDA, HAJA VISTO QUE NÃO SOU NEM RELIGIOSO, MAS NAO GOSTO DE BABACAS!!”

    Nós, como somos seres de cristo, adoramos os babacas.

  62. Jonny
    dezembro 22, 2010 às 10:33

    JOÃO você disse em 18 de dezembro de 2010 às 23:09:

    “QUERIDO, VC, ME PARECE TAO ABESTADO E ZÉ RUELA QUE FICO SINSERAMENTE SEM ENTENDER, QUE TANTA DE BESTEIRA QUE VC ESCREVEU, ALGUEM QUE SE DIZ ESCLARECIDO, E DIZ QUE UMA PESSOAS DEVERIA SER MAIS CRITERIOSA, COM O QUE CRÊ, ESTUDANDO E ETC….”
    “… COMO QUE RELIGIÃO É UMA COISA CULTURAL, SE POR EXEMPLO OS EVANGÉLICOS SEGUEM UMA RELIGIÃO QUE É NASCIDO ENTRE OS JUDEUS QUE SÃO CULTURALMENTE MUÇULMANOS…”

    JOÃO

    Você não pode aceitar aquilo que você não compreende… Daí a básica necessidade de todo mundo estudar e conhecer melhor a realidade que vive.
    Você não precisa alterar o humor perante o que desconhece e surge do nada, porém, na prática é isso mesmo que acontece… São todos esses pequenos detalhes que aparentemente roubam seu tempo os que, de fato, ajudam a que você ande pelo caminho da vida com maior qualidade. Por isso, não se irrite, pelo contrário, mantenha alto seu astral.

    Uma boa influência não pode ser irradiada de um coração cheio de prejuízos e preconceitos. Ninguém se olharia no espelho e diria que é preconceituoso, porém, a falta de abertura mental acaba transformando as pessoas nisso.

    Quando você perceber que sua alma defende de forma agressiva seus pontos de vista e opiniões, suspeite que algo errado esteja acontecendo. É inútil impor razões e argumentos, ou melhor, isso é contraproducente.

    Expressar sentimentos com clareza manifesta um tipo de eficiência rara nos dias de hoje. As pessoas treinam a si mesmas para cumprir tarefas com eficiência, mas são desorientadas na vida emocional.

    JOÃO é na maneira de lidar com “tudo isso” que você poderá demonstrar dignidade.

    Nos momentos desestimulados nossa humanidade adoraria encontrar certezas para se agarrar a elas e superar seus constrangimentos. Porém, qualquer alma minimamente sincera consigo mesma reconheceria que tais certezas seriam cortes da realidade, reduções feitas para servir à vontade de superar os tormentos subjetivos.

    Acontece que a própria essência do que nos torna humanos é a liberdade e essa não existiria se tivéssemos certezas absolutas sobre a Vida.

    Nós temos apenas as linhas gerais de todos os impulsos que conhecemos os biológicos, os da civilização de que somos partes integrantes, porém, somos humanos enquanto assumimos a responsabilidade do rumo que damos a todos e cada um desses impulsos.

    JOÃO a paz de espírito depende de atitudes que aparentemente não resultariam nesse estado de ânimo… E lembre-se sempre no seu dia a dia que os “amigos” nem sempre são os que concordam com tudo que você pensa ou faz. Verdadeiros “amigos” preveniriam você dos perigos inerentes a certas atitudes, ainda que por fazer isso se tornarem antipáticos a você.

    Observe tudo com muito cuidado. É importante preservar a alegria e a leveza, porém, mais importante ainda é considerar com cuidado tudo que se deve ou pode fazer. Nada precisa ser difícil o tempo inteiro, dá para reservar um pouco de tempo para se exercitar na leveza e na alegria, já que assim as coisas, senão melhorarem, pelo menos serão vistas com uma ótica muito mais positiva.

    A criatividade alheia não deve ser julgada, a despeito de você não apreciar os resultados. Os gostos não se discutem, nem tampouco as matizes de cores que as pessoas enxergam de acordo com sua particular percepção.

    Há assuntos que se tornaram inaceitáveis, mas que não admitem modificações por enquanto. O que fazer com esses? Pois bem, ao que tudo indica você terá de aceitá-los. Aceitar o inaceitável, eis o destino.

    P.S.: Dar uma boa trepada sempre é o remédio de todos os males psíquicos.

  63. rodrigonunesouza
    dezembro 26, 2010 às 22:03

    Um homem de Deus não pode dar uma trepada, mas sim fazer amor com sua legítima esposa, com finalidade reprodutiva é óbvio.

  64. Jonny
    dezembro 27, 2010 às 13:52

    Etiqueta gospel do sexo reprodutivo para “varoas” ungidas

    Você acabou de se casar e não sabe como se comportar na cama com o seu VARÃO? Você tem medo de parecer sensual na cama? Seus problemas acabaram, pois existe um guia para a primeira noite de sexo reprodutivo de uma verdadeira “VAROA” ungida!

    – Preliminares não existem no ungido sexo reprodutivo. Por isso, não chupe, lamba ou mame o pênis do Varão em hipótese alguma;

    – Jamais deixe o Varão colocar a boca em sua vagina;

    – Beijo na boca é liberado, porém de forma delicada, nada de chupar a língua do parceiro;

    – Desembaralhe os pêlos de sua vagina, para que o Varão consiga introduzir seu pênis;

    – Barriga e banha fazem o Varão perder a ereção, por isso, fique sempre em forma! Faça a Dieta em Cristo e o ungido programa de exercícios Malhando com Cristo;

    – Para facilitar a penetração, uma boa dica é untar a sua vagina com o poderoso óleo ungido;

    – Posições chamadas de “de quatro”, “frango assado”, “boquinha da garrafa” e outras, simplesmente não existem no sexo reprodutivo. O ideal é que o Varão fique sempre em cima da Varoa para demonstrar a sua superioridade, enquanto ela fica deitada de pernas abertas somente esperando a sementinha que será lançada em sua vagina através do pênis do Varão.

    – Não tente o sexo reprodutivo de bruços, pois o Varão pode acabar errando a entrada da sua vagina e colocando sem querer no seu ânus;

    – Durante a penetração, não se mexa;

    – Enquanto o Varão pratica o “leva e traz” da fecundação em sua vagina, ore alto e fale em línguas! Isso chama a atenção do Senhor e as chances de você ser fecundada aumentam;

    – Se durante o ato, o Varão te dar um tapa, fique na sua, pois sabemos que os Varões são um pouco violentos por natureza. Pode ser que você esteja fazendo algo errado, por isso vigie;

    – Não deixe o Varão mamar em seus seios, já que eles servirão apenas para alimentar o seu futuro bebê ungido. Brincar de mamãe com o Varão tá amarrado três vezes;

    – Se o seu Varão ejacular fora de sua vagina sem querer tente colocar todo o esperma para dentro dela, não desperdice o mel da reprodução;

    – Se você estiver nervosa, coloque um ungido CD de música Gospel, abra suas pernas e relaxe na unção;

    – Após o ato, levante, limpe o suor de seu Varão, arrume a cama e vá fritar um bife, pois o seu Varão estará faminto.

    É bom lembrar ao mundo, que em tempos de “preferências sexuais” existe varão e varoa. Deus escreve certo, por linhas tortas. Hoje como sou uma mulher ungida, minha vagina deixou de ficar úmida como se Satanás a tivesse regado com pecado, pois nem as mulheres de bem estão livres disso, por isso eu tomo alguns cuidados para que isso não aconteça. Eu não sou preconceituosa, sou apenas cristã e sei o que é correto. Nem a igreja condena o uso do Viagra, desde que seja uma trepada para fins reprodutivos… Então, quando o pequeno travesso do seu varão parar de fazer travessuras, não se engane e concorde com o lema “lulussantiano” “tudo azul, todo mundo nu.” (Bispa Sônia Hernandes)

    ———————————————————————————

    Na verdade a o substantivo VAROA não existe, o substantivo feminino de varão é VIRAGO.
    No Direito é comum a utilização do substantivo comum de dois gêneros.
    “Cônjuge virago” em Jurisprudência (Mulher) e “Cônjuge Varão” (Homem)

    Há quem ainda hoje, na área jurídica, insista em opor ao “cônjuge-varão” o “cônjuge-virago”, alegando motivos etimológicos. Estão duas vezes sem razão: primeiro, porque etimologicamente virago nunca foi um feminino genérico de varão, que pudesse ser aplicado a qualquer mulher; segundo, porque “as palavras são o que valem hoje, não o que valiam há trezentos anos”… Quem usar hoje o termo virago com relação a uma mulher, ela terá todo o direito de se sentir insultada.

    (Gênesis 2,23)
    Então disse Adão: Eis aqui agora o osso de meus ossos, e a carne da minha carne. Esta se chamará Virago (esta palavra seria algo como o feminino de Varão ou Ishsha, como mulher em hebraico).

    O homem é “Adão”. O termo tem um sentido mais profundo que a simples tradução “homem” que é utilizada em algumas versões bíblicas.
    Em Gênesis 2.23 há um jogo de palavras, no hebraico: “Ela será chamada varoa porquanto do varão foi tomada”.

    O hebraico joga com os termos ishsha (mulher) e ish(homem).
    Ela é derivada dele. Como ishsha é derivado de ish.
    Este é o termo mais comum para homem, ish. “Adão” (Adam, no hebraico) tem um sentido mais coletivo, mais genérico.

    Literalmente, “humanidade” é a melhor tradução para Adam.

    O nome da primeira mulher é “Eva”. O termo hebraico é Hawwa, que literalmente significa “algo vivo, coisa viva”. Ela é derivada dele, no jogo de palavras ish e ishsha. Mas, com os termos Adam e Hawwa, ele precisa dela.

    A humanidade (Adam) só pode existir se houver vida (Hawwa). A complementaridade fica patente nos termos hebraicos. O homem precisa da mulher e a mulher precisa do homem. É a fusão dos dois que perpetua a raça humana.

    “Ao certo Bárbara, Jonnhy, MUleque Retardado, seja como for…”
    Uma menina moleque, sem estilo de menina moleque, que virei uma mulher linda, mas que continuo sendo uma menina moleque. “A minha lucidez é que é perigosa.”

  65. Misterioso
    janeiro 23, 2011 às 14:06

    Fiquei chocado com o conto erótico contado por um incrédulo impuro e pervertido e com os comentários dos ateus e incrédulos impuros e pervertidos que conseguiram desviar as servas de Deus do caminho de Deus.

    Ai, meu Jesus!

    Vocês são um bando de ateus , ímpios e incrédulos adúlteros, impuros e pervertidos que merecerão descer para o lago do fogo. a Bíblia diz que ateus e impuros não herdarão o Reino de Deus e terão segunda morte!

  66. rodrigonunesouza
    janeiro 24, 2011 às 01:10

    Acho muito equivocaduo o conceito de sexo biblico elaborado pelo jonnhy.

    O sexo abencoado por cristo, pode sim ter um boquetinho ou gozada facial. O sexo anal sim eh completamente proibido.

    Mas as posicoes podem variar, de acordo com a capacidade do casal.
    O que nao pode eh haver o sexo sem amor baseado na lascivia.

    Com amor, e com a bencao de deus, tudo eh permitido. Mas o cu nao. Porque o cu eh feito pra cagar, simplesmente.

    Misterioso, vc eh o cara mais idiota.. olha o que vc diz… ficou chocado com o conto erotico, entao porque leu ? se nao leu, como se chocou com ele ? Alguem te obrigou a ler ?

    Vc fala que ateus sao incredulos, e isso eh um pleonasmo tao ridiculo como dizer que a agua esta molhada. Existe algum ateu crente ?

    Segundo, isso eh um blog cristao, nao ateu.

    o texto mencionado por jonnhy, eh um material indecente… http://www.ospardais.org.br/modules/xt_conteudo/index.php?id=36

    eh um texto de PROTESTANTES… no caso, eh melhor ser ateu do que um PROTESTANTE.

    Crente eh uma raca que serve soh pra desunir o proposito do cristianismo que eh o de unidade, universalidade.

    Catolica significa universal em latim. crentes, nao querem se unir com os cristaos, querem segregar, e ser maiores que a tradicao da igreja e de seus dogmas.

    Muito importante lembrar, a masturbacao eh completamente condenavel.

  67. Jonny
    janeiro 24, 2011 às 13:35

    Protestantismo é, ao lado do Catolicismo, um dos grandes ramos do Cristianismo. O nome “protestante” provém dos protestos dos cristãos do século XVI contra as práticas da Igreja Católica.

    O movimento protestante surgiu na tentativa de Reforma da Igreja Católica iniciado pelo monge agostiniano Martinho Lutero, no século XVI. Os motivos para esse rompimento incluíram principalmente as práticas ilegítimas da Igreja Católica, além da divergência em relação a outros princípios católicos, como a adoração de imagens, o celibato, as missas em latim, a autoridade do Papa, entre outros.

    Para os protestantes, a salvação é dada através da graça e bondade de Deus, na qual cada pessoa pode se relacionar diretamente com seu Criador, sem a necessidade de um intermediário.

    Deste modo, é importante lembrar, desde o início, que a palavra “protestante” e “protestantismo” não dizem respeito simplesmente ao conjunto de igrejas que têm como objetivo precípuo, “protestar” contra a igreja católica ou contra o catolicismo, como se a razão de ser do protestantismo fosse protestar contra a igreja católica. Ao contrário, a essência do protestantismo é resgatar e anunciar o genuíno Evangelho de Jesus Cristo conforme consignado na Escritura Sagrada.

    A palavra protestante deriva do latim, cuja preposição PRO, significa “para”, e o infinitivo TESTARE, representa “testemunho”. Um protestante, em outras palavras, é uma testemunha. Na verdade, podemos afirmar categoricamente que um protestante é uma testemunha viva de Jesus Cristo e da Palavra de Deus.

    O protestantismo, não é meramente o protesto contra a corrupção eclesiástica e o falso ensinamento católico do século XVI; é muito mais do que isso. Ser protestante, é viver debaixo de um avivamento integral, é resgatar os valores indispensáveis a fé bíblica através da Palavra, é proclamar incondicionalmente a mensagem da graça de Deus em Cristo Jesus.

    “O substantivo “protestante” só entrou em uso no século XVII, passando a designar todos os cristãos reformados que se opõem a Roma. Atualmente, preferem chamar-se “evangélicos”, como se autodenominavam os reformados do século XVI.”

    Eu sou agnóstica. Eu acredito que só preciso de mim mesma e na capacidade que eu tenho para ser feliz. Eu vivo minha vida como uma exclamação, não como uma explicação.

    Os ateus e agnósticos são mais informados sobre diferentes doutrinas religiosas, enquanto que os religiosos têm mais conhecimento específico de suas próprias religiões.

    Os evangélicos são intransigentes, radicais, intransigentes, cheios de empáfia. Muitas das crenças do evangélico não estão na Bíblia. Fazem parte de uma tradição… Eles são exibicionistas, querem mostrar “santidade”, pregam o evangelho, mas não têm a capacidade e condição mínima de colocarem em prática em suas próprias vidas, aquilo que julgam como importante.

    Evangélico/crente é uma gente arrogante, que prega a humildade, mas olham os outros com olhar superior, se achando os donos da verdade. Um evangélico consegue, com seu próprio testemunho pessoal, contradizer tudo aquilo que diz que acredita…

    Um povo estranho, com inveja do povo “do mundo”, alienados, uma massa passiva, desorganizada, lunática e briguenta. Não se entendem nem entre eles próprios.

    Evangélicos/crentes adorariam encontrar certezas para poder se agarrar a elas e superar seus constrangimentos. Os crentes vivem se segurando a “certezas” que limitam todo o entendimento relacionado à Vida e, por isso, o resultado é que todos ficam limitados e totalmente acomodados também.

    O tema é complexo.

    Na verdade todos os evangélicos estão muito distantes do que foi “ensinado por Jesus Cristo”.

    Os Evangélicos não sabem o que é o Amor.

    Amor é muito mais que sentimento, é toda iniciativa que nós tomamos para melhorar uma situação, distribuir benefícios a quaisquer pessoas ou, ainda, fazer o possível para nos tornarmos pessoas melhores todos os dias. Amor bem comunicado é o princípio da glória.

    As crises mundiais farão com que as pessoas preparadas para isso comecem a superar discórdias e conflitos que não são mais úteis para ninguém. Só os assuntos verdadeiramente importantes restarão para ser atendidos.

  68. rodrigonunesouza
    janeiro 25, 2011 às 06:08

    Protestanismo nem religiao eh, muito menos tem a menor relacao com o cristianismo.

    Sao empresas de negocios com fins lucrativos, que tem relacao com o capitalismo.

    O deus do catolicismo(ortodoxo ou romano) eh o deus da do amor pela caridade, e isso eh muito claro na doutrina.

    O protestantismo tem como deus o DINHEIRO, e cultiva a MAGIA, e usa estrategias agressivas de MARKETING.

    Gravam discos, compram emissoras de midia, elaboram produtos e regras de comportamento.

    Nao podemos sequer considera-los cristaos, e eles sao os verdadeiros idolatras, da forma caricata como encaram a feh no misterio de nossa existencia.
    Ao certo, eles creem em uma alienacao que faz parecer que o catolico cre igualmente nessas baboseiras.

    Qualquer catolico sabe que os fatos do velho testamento sao simbolicos, metaforas do povo judeu.

    Enquanto os protestantes, desenvolvem ciencia com metodologia propria, condenando a ciencia em si de estar toda errada, simplesmente com o intuito de comprovar a factualidade dessas metaforas.

    Ora, cristo se comunicou por parabolas, nem por isso, suas historias que sao de mentira deixam de ser verdadeiras.

    Como a parabola do bom samaritano, que nunca ocorreu de fato, ou sempre continuara ocorrendo ao longo do tempo.

    eles contruiram uma alienacao, de que querem que a historia seja do jeito que querem. E nao eh ao homem que pertence o destino, mas a Deus;

    Sobre agnosticos, nada os impede de serem cristaos, e nada os fara nao ser se foram batizados. Se nao excomungado, independente do que creia, morrera catolico. Queira ou nao.

    Assim como quem nasce aqui nessa terrinha eh brasileiro, caso queira ou nao.

    Catolicismo nao eh opcao de marca, isso ai eh coisa capitalista, a nao crista. Isso eh, protestante.

  69. janeiro 25, 2011 às 18:07

    Caro desesperado tua fúria não vai modificar nada na história da Igreja. Hoje pensas que és apenas uma montanha de banha ou um esqueleto a mais para descer à sepultura, ou cremação, teu corpo desaparece, mas, a tua fúria não vai atingir o teu alvo de, após o teu falecimento, imediato não mais dirás essas coisas pois vais encontrar extamente o contrário. Tu vais te encontrar com o SENHOR DO UNIVERSO E TODAS AS COISAS VISÍVEIS OU NÃO terão um encontro definitivo com todo o teu passado, as teus inebriantes delírios. A tua vontade será contrariada diante do JUÍZ ETERNO. Reflita, sente debaixo de uma árvore e olhe para o ceu. Quem faria essa obra de construção de um mundo infinito que só será concuído no Juízo final. PENSE EM JESUS E NA BÍBLIA.

  70. rodrigonunesouza
    janeiro 26, 2011 às 00:11

    O senhor Manoel Melo Cursino eh Deus pra julgar a alma de alguem ? da linhor coloca no inferno os que tem atitudes dessemelhantes. Retira a esperanca de uma pessoa ?

    Nao passas de mais um fanatico doutrinado, repetindo a mesma ladainha.

    Soh existe um caminho para chegar a Deus, e ele se Chama JESUS CRISTO.

    E A IGREJA DE CRISTO EH UMA SOH, UNIVERSAL ETERNA E IMUTAVEL.

    Protestantes sao servos do diabo e do capitalismo.

  71. Misterioso
    fevereiro 1, 2011 às 17:37

    Que ironia, Rodrigo…

    Eu li porque ele que postou o comentário EM PÚBLICO neste blog que não é pornográfico. Este comentário é público. Posso acessar e ler os comentários do blog não-pornôs.

    Quanto à sua pergunta irônica da existência de ateus crentes. Ateus não são crentes, porque eles não acreditam em Maria, Deus, Jesus, diabo, nos demônios, no inferno. Crente significa aquele que crê em tudo, crê em Deus. Crente é sinônimo de católico, cristão e evangélico. Eu chamei os ateus de incrédulos porque no dicionário Aulete, incrédulo significa “não tem fé nem crença religiosa” e também é sinônimo de ateu.

    Boicotei esse comentário de conto erótico de um incrédulo ímpio que adora desviar as evangélicas do caminho de Deus, para que ele quis confessar e contar esse conto é jogar as pessoas contra os católicos e evangélicos, fazendo-as pensarem que eles não são santinhos e são safados, aí os ímpios querem seduzir com perversão os cristãos para desviarem-nos do caminho de Deus e debocharem de Jesus e do cristianismo.

  72. rodrigonunesouza
    fevereiro 1, 2011 às 18:11

    Que o senhor demonstra ser um pervertido mau intencionado dispensa inclusive vossa confissão.

    Aliais, leu porque quis, já que poderia ter parado na primeira linha indecente… Aposto inclusive que se masturbou lendo o resto.

    De certa forma, se tu achas que o teu dicionário é o dono da verdade, procure nele o que significa etnocentrismo, e isso já caracteriza vossa ignorancia completa nesse e em qualquer outro assunto.

    Voce nada boicotou, voce apenas veio levar um esporro de graça por falar merda… Ninguem aqui criticou o bom católico, e nem aceitamos chamar o católico de crente. A única fé verdadeira em cristo não depende de crença, mas sim de amor.

    Se perguntamos se deus existe, perguntamos se existe amor, porque deus nada mais eh do que o próprio amor que une os homens como irmãos.

    Já o resto sim, adeptos de crendices em fábulas, inclusive católicos ignorantes da própria fé e doutrina.

    Idolatria, crendice, materialismo são coisas dos crentes, dos ocultistas, dos macumbeiros.

    O católico, o que cre em um deus que´é universal, isso é, um deus não feito de matéria, mas de amor, esse ai passa rindo por tudo isso e aplaude a ciência e seus feitos…

    Procure ler as enciclicas papais disponíveis no site do vaticano e terás uma fita métrica da sua própria ignorancia ?

    Gostou do esculacho ? Seja bem vindo… sempre estou aqui pra colocar quem merece no seu devido lugar… em nome de Jesus.

    Passar bem.

  73. Misterioso
    fevereiro 1, 2011 às 23:53

    Rodrigo, você é engraçado!

    Claro que os católicos são crentes porque crente significa aquele que acredita em Maria, Deus e em Jesus, seu analfabeto. Você não vai aceitar que católico seja chamado de cristão, seu analfabeto? Sou mestre em língua portuguesa que nem você.

    Você estava viajando por pensar e achar que eu estava me masturbando com aquele comentário erótico. Infelizmente, eu não me masturbei com esse comentário, seu idiota. Eu apenas me choquei e me indignei com esse comentário de ateus pervertidos.

    Como você reagiria se um ateu contasse em público que ele transava com uma católica muito religiosa e dissesse que as católicas são safadas, seu trouxa?

    Ateus são culpados por levar os católicos e os cristãos a se desviarem do caminho de Deus!

  74. rodrigonunesouza
    fevereiro 3, 2011 às 01:53

    Engano o seu misterioso. Os católicos não são de maneira alguma crentes. As verdades teológicas jamais ocuparam na doutrina apostólica romana, o sentido que os crentes adotam. São histórias teológicas, estudadas ceticamente dentro da doutrina católica e seus demais canônes específicos sobre os quais não temos ambos o menor esclarecimento para falar.

    Ademais, as verdades científicas, são aceitas pela doutrina católica. As histórias que constituem a base de nossas verdades teológica portanto não devem necessáriamente compor uma história natural, tal qual acreditam os crentes. Moisés nunca históricamente abriu o mar vermelho, a doutrina católica consegue vislumbrar em seu altar entre pragas de gafanhotos e infantícidios histórias de um povo antigo, das quais conseguimos cenário para a vinda do messias, a propor que o Deus eh não só de Israel mas de todos os homens, mais eis que esses fatos não se confundem jamais com qualquer outra coisa como no caso de criacionistas ou adeptos do inteligent designe(teoria da cegonha).

    Eu não sou um ateu pervertido, e sim um católico honrado, apenas sinais de seu comportamento beirando o grotesco da trolagem maldita aparentam disturbios de tal natureza. Não sou necessariamente um ateu, tampoucou possuo perversões, mas se é assim que o senhor está imaginando assim minha pessoa, fico eu sim, chocado com as fantasias que o senhor anda nutrindo sobre mim.

    Antes achava que era para o conto erótico, que nem conto erótico é, é só um comentário completamente estúpido.

    Ademais, sua ignorancia consegue dizer que alguem é muito ou pouco religioso, quando na doutrina de quem mínimanente conhece a religião na qual foi batizado conhece. A falta de conhecimento e a ignorância, são a origem de quase todos os problemas do mundo, no seu caso não poderia ser muito diferente. Informe-se sobre as verdadeiras direções da doutrina apologética universal.

    Vosso preconceito com a instituição, possivelmente mais antiga da humanidade, e mais importante para a paz e o desenvolvimento de um homem ético e caridoso.

    Me diga como um homem pode ser contra isso ?

    Como pode ser contra termos uma verdade baseada no amor e na caridade ? Na paz entre os povos e no ecumenismo.

    Uma tregua entre verdades teológicas e doutrinas espiritualistas, teológicas e mitológicas.

    Ha de se entender o mínimo pra discutir. Então informe-se mais e masturbe-se menos. Digo masturbação intelectual virtual debilizante. A culpa de todos os pecados da humanidade eh minha misterioso, e eu estou aqui pra pagar. Você não tem culpa de nada. Mas o Deus é o mesmo tanto pra os que não acreditam quanto pra os que acreditam.

    A verdade teológica existe. Não depende de crença. E os que seguem essa verdade em suas vidas, os monogamicos heterossexuais castos, ou ao menos os que tentam, ja que pecar é humano.

    Outro erro monstruoso seu, que beira a estupidez completa, é me acusar de ser um analfabeto. Eu não disse isso, mas disse que crente não,já que a fé teológica e os dogmas sagrados são independentes de crença, pois são verdade em si mesmos.

    Por último culpa os ateus… Ninguém perante Deus é isento de julgamento, e cada qual responde por si, e só Deus tem o poder de medir tal julgamento. Por isso o seu comentário é de uma ignorancia impar na história desse blog.

    Acho que se você se esforçar e caprichar uma resposta mais estúpidado que essa, possa isso ficar muito engraçado, porque eu adoro brincar com a cara de tipinhos como o senhor.

    Fique com Deus, e deixe que ele julgue as suas criaturas, as que creem e as que não creem. Estarei orando por você na hora do seu juizo, meu irmão, e que Deus te perdoe por cultivar o ódio, o preconceito e a intolerância em nome do seu narcisismo intelectual pervertido(Muita punheta intelectulóide).

    Passar bem, que Deus te abençoe e toda a sua familia.

  75. Sofia
    fevereiro 9, 2011 às 18:07

    A religiao e uma doenca mental, crente e o estagio terminal da doenca no cerebro, quando nenhuma funcao cognitiva e de raciocinio funciona direito.

  76. rodrigonunesouza
    fevereiro 10, 2011 às 15:45

    Palavra de stallin.

  77. fevereiro 11, 2011 às 02:14

    Todo crente é um imbecil, burro, ignorante, puxa saco, preconceituoso, e incompetente. Bando de estupido que ficam louvando uma coisa que sequer existe, Jesus não existiu, não há prova histórica, apenas existe num livro chamado biblia escrito pelos padres. Jesus só existe dentro de um livro escrito pelos homens, sequer uma prova material de que ele tenha existido foi encontrada. Estranho não? Odeio gente ignorante. Odeio

  78. rodrigonunesouza
    fevereiro 13, 2011 às 13:07

    o engraçado que a origem do seu ódio só pode se fundamentar na sua própria ignorancia.

    Pensando bem, mesmo sendo ateu, sei o que é o etnocentrismo, e o que é o nilismo, e de nenhuma das duas doutrinas filosócias eu sou adepto.

    Eu respeito que pessoas possam crer em verdades das quais eu não creio, mas das quais compreendo o seu nível de verdade, já que são por si só fundamentads em si mesmo e por isso só já basta.

    A ignorancia, eh justamente pensarmos que a religião se resume simplesmente a gente sem cultura, quando é o contrario, a religião eh a cultura por si só.

    As tradições de nossa cultura, os costumes de nossos ancestrais, os valores morais, a estrutura familiar, a nossa lingua por si só, e graças a deus, eh uma prova de que os ambitos da religião ultrapassam sobretudo uma questão de crer ou não crer ou mesmo se Deus exista ou não. O que se torna importante, é o fato da religião ser a tradição cultural mais forte herdado pelo cidadão.

    De qualquer forma, precisamos atentar para o perigo de um neo-ateismo nilista virtual estra impregnando um ódio fanático em uma geração esquisita.

    Não são todos ignorantes, mas a maioria, como em qualquer lugar ou instituição. Como na faculdade, ou no trabalho, muita gente ignorante, mas não todos.

    Assim é também nas igrejas.

    É preciso não ser ignorante e distinguir igreja de templo, espírito de alma, religião de crença, teologia de ciencia, espiritismo de espiritualidade, ateismo de nilismo.

    Entendeu seu Zé Buceta ?

  79. Jonny
    fevereiro 14, 2011 às 16:05

    FAZ SENTIDO…

    O bêbado passa em frente a um templo evangélico e escuta o maior barulho, gente chorando, gritando, desmaiando, berrando, estremecendo.

    Ele pergunta ao cara de terno que está na porta:

    – Que é que está acontecendo aí dentro?

    – Jesus está operando irmão!

    E o bêbado:

    – Porra, mas sem anestesia?

  80. Jonny
    fevereiro 14, 2011 às 22:39

    ZÉ BUCETA: Cara que só pensa em mulher, mas não pega nenhuma…

    O significado de Zé Buceta ou o que quer dizer Zé Buceta é quando um cara é um otário, e a gente fala que ele é um Zé Buceta!

    Zé Buceta: – Substantivo próprio masculino singular.

    Principais características de um Zé Buceta:

    Vagabundo
    Panaca
    Cuzão
    Inconveniente
    Folgado
    Biscate
    Traira
    Intrometido
    Idiota
    Imbecil
    Escroto
    Mané
    Otário
    Cuzão
    Babaca
    Quem tem muito medo, cagão.
    O mesmo que Vacilão. Está viajando, no mundo da lua… Sem noção.

    Cerca de 90% dos Zé’s Bucetas tem uma brazuca, uma fusqueta, uma Kombi ou um chevetão. Outro ponto importante: O Zé Buceta sempre tem algum tipo de comércio. Sempre. Ou ele tem uma Mecânica, uma Padaria, uma Banca de Jornal ou, principalmente, o barzinho da esquina. As mulheres, na maioria têm nomes bregas que estão meio “fora de moda”. Tipo Maria, Zefa, Cida, Júlia, Cremilda, Disneyla, dentre outros nomes comuns.

    Personalidades famosas:

    Zé Mané
    Zé Povinho
    Zé Ruela (há rumores de que ele e o Zé Mané são irmãos)
    Zé Ninguém (Também há suspeitas do parentesco entre ele e citado acima. Ah, e esse cara, logicamente, se trata de você)
    Zé Buceta
    Zé Goiaba
    Zé Bonitinho
    Zé Bambú (Vocês sabem quem né?)
    Zé Carequinha (Seu amigo íntimo)
    Zé Sem Graça

    Zé Buceta… O maior comedor dos últimos tempos…

    Zé Buceta

  81. rodrigonunesouza
    fevereiro 14, 2011 às 22:50

    Você jonnhy, pode aprender por dois caminhos no mundo espiritual. Ou pelo amor ou pela dor.

    Os que pecam e se arrependem da vida mundana que levam, geralmente são movidos pela dor, e pelo desespero de suas circunstâncias.

    Quando virmos um trabalhador de olhos fechados aos gritos e lágrimas, diante de uma música; “entra na minha casa, entra na minha vida…” Devemos simplesmente, Não julgá-lo, isso é, não conceituar o seu comportamento, não rotular, porque ele vive uma realidade que não é semelhante a nossa, e suas necessidades e aspirações ali encontram a catárse ideal pro ser que ele é, até porque, quem escolhe por si é o proprio indíviduo, e nunca vi essas igrejas obrigando os fiéis a participarem.

    O sujeito lá, de olhos fechados, pega 2 horas de condução pra ir e pra voltar do serviço todo dia… sai 4 e 30 da manha de casa,
    chega as 21 horas, e ainda vai pro culto, pelo menos 2 vezes na semana.

    Imaginemos, que ele consiga sustentar a sua familia de 4 filhos e sua esposa, com o salário de um trabalhador sem nível superior, em torno de 1200 reais mensais, e sua esposa consegue um emprego de empregada ganhando em torno de 600.

    O sujeito está ali, basicamente porque quer, e porque precisa daquilo pra seu fortalecimento espiritual.

    É muito fácil passar na porta, e dizer, olha só esse bando de ignorante, rezando pra coisas que não existem.

    Naquele caso específico, a ignorancia está em quem aponta o preconceito na cara do ofendido.

    Posso não concordar com as práticas, com a moral, mas não posso julgar um indivíduo, por ser frequentador de uma religião ou seita ou qualquer prática.

    Classificá-lo de imbecíl, mesmo que ele o seja, não é uma prática humanitária que em ética nenhuma pode ser suportada. Temos de ser tolerantes ao que nos é diferente, e reconhecermos o valor necessário do ato hipócrita; Um projeto de riscar os indios e nada esperar dos pretos.

    Eu como já declarei, sou contrário as doutrinas protestantes, porque elas são doutrinas dos crentes. Encaram de maneira literal os escritos, quando mesmo Jesus sempre ensinou por parábolas.

    O valor da história que se conta não depende de sua veracidade, pois provavelmente a história do bom samaritano nunca tenha ocorrido, nem por isso ela é menos importante na formação do caráter de nossa sociedade contemporânea.

    Assim, os que sentem a necessidade de pela crença de alcançarem sua espiritualidade, embora eu ache pessoalmente e por isso não o sou, uma inutilidade, mas nem por isso preciso classificar os que assim se portam de sentidos pejorativos ao seu caráter.

    A critério de representarem seus rituais sem anestesia, que haja uma regulamentação legal baseado no interesse da maioria dos grupos envolvidos. No caso, se a maioria do local é muçulmana, há de se entender que as raves sejam proibidas tal como o tráfego de travestis pelas esquinas turisticas e bairros sagrados de suas cidades.

    Se a maioria eh evangélica, há de se entender, o que não significa que haja de se aceitar, que estados Protestantes, sejam contra o casamento homossexual, a favor da pena de morte, favorável ao bloqueio a cuba e as guerras contra o terror, e que ensinem o criacinismo em suas escolas não em religião, mas em biologia, e que retirem o darwinismo do curriculo.

    Quando nesses casos, pitorescos, como os das crianças que são multiladas em seus orgãos sexuais nas tribos africanas, ou como qualquer criança que é submetida a costumes não muito comuns aos padrões ocidentais de liberalismo economico, democrácia, ou mesmo ainda, pra os paises nos quais o segmento cultural eh contaminado por ideologias ultrapassadas de controle de capital especulativo de mercado pelo poder público, de qualquer forma, há de se entender que uma lei maior rege todas as leis do planeta.

    É a lei da ética e do humanismo, dos direitos humanos.

    Então, devemos garantir o direito do crente de ser crente, e por isso, por mais ridículo que pra alguns possa parecer isso, deve ser respeitado.

    O crente, tem o direito de bater no seu peito e dizer, EU SOU UM SERVO DO SENHOR JESUS CRISTO, mesmo que você não acredita.

    Por outro lado não existe o direito a censurar o Dom Quixote.

    Não há crime em lutar contra moinhos de vento, doravante, houvesse virtude em coisas que são só fantasias e só de mentirinhas.

    Se uma parábola não é sequer baseada em fatos reais, ela tem algum valor real ?

    Uma verdade não pode por si só ser ensinada por uma mentira ?

    Mentira não existe, é só uma verdade alternativa.

    O mundo é grande o bastante para que nele caibam mais de uma verdade.

    E cada crente, cada seguidor, de cada doutrina específica, tem o direito e deve ser respeitado, sendo livrado do preconceito. Geralmente são pessoas que são EXTREMAMENTE HUMILDES e comprometidos em ajudar a sociedade.

    Lutando contra as drogas, contra a prostituição, tentando recuperar a juventude da marginalidade.

    Esse é o papel social dessas pessoas que são tidas como imbecís, por todos os que não partilham de sua fé. Parece impossível a alguem que não pertença ao ciclo de realidade daquela gente, que ele reconheça ali bom caráter e humanidade.

    Narciso acha feio o que não é espelho, e a mente apavora o que ainda não é mesmo velho, nada do que não fora antes, quando não somos mutantes.

    Assim caminha a humanidade, em passos de formiga e sem vontade.

    A expurgação dos sentimentos, a catárse, a falta de anestesia, era do que esse bebado maldito precisava.

    Porque na sua bebedeira está a culpa de todos os pecados da humanidade, da lascivia.

    Eu sou um moralista, um homem conservador cristão, que luto pela salvação da pureza do caráter católico da sociedade brasileira, e com muito orgulho, defendo o meu direito, defendendo o direito de meus irmãos, para que eu não seja assim perseguido, como vejo que eles estão sendo.

    Não devemos tolerar o ódio, e a discriminação fundamentados na ignorancia.

    E a dor, sim é necessária. Esse bebado precisa parar de beber. Ou continuará servindo de personalidade absoluta nas piadas do brasil.

    O bebado, o joãozinho, a loira burra, o crente, o papagaio, o japones, o americano e o russo, o brasileiro, manuel, maria, e joaquin, o judeu, o muçulmano, o negão, o viado, a bichinha, a gostosona…. Personagens de nossas principais piadas, que estão por ai entre os falantes de lingua portuguesa do brasil.

    As crianças que contam a piada do ta todo mundo procurando tu, procurando tu, procuranto tu…

    Isso sim é a verdadeira cultura do nosso país.

    Viva Cacilda Becker.

  82. Jonny
    fevereiro 15, 2011 às 01:15

    “Você jonnhy, pode aprender por dois caminhos no mundo espiritual. Ou pelo amor ou pela dor.”

    _______________________________________________________________________

    Será que nós podemos alcançar um nível de desenvolvimento e então, por causa de nosso comportamento, retroceder na evolução que tivemos?
    A resposta é não.

    Eu estou fazendo o “melhor” que posso para deixar algumas idéias complicadas fáceis de entender. Então, novamente, tenho de dizer que o tempo é diferente para mim em relação ao das outras pessoas.

    Nós fomos criados para aprender, evoluir e se desenvolver através de escolhas. É assim que é a vida. As escolhas estão à nossa volta. Não pode haver regressão, apenas progressão, porque o conhecimento e desenvolvimento que colhemos durante nossas muitas vidas são sempre parte de nós.

    Todos nós evoluímos pela dor ou pelo amor. Todos caminham em seu próprio passo. Cada alma sabe até onde pode mergulhar neste mundo. Carma é circunstância. Carma é simplesmente a conseqüência da escolha, ação ou intenção. Um espírito, em qualquer situação possível, pode desenvolver seu próprio brilhantismo de Einstein, a criatividade de Michelangelo ou a harmonia inspiradora de Ghandi ou pode escolher se conectar com as vibrações do ódio, medo e ciúme.

    Semelhante atrai semelhante. Uma vez que um espírito conhece o seu lado negativo, essas emoções já não lhe serão necessárias. O espírito rejeitando essas vibrações abre a si mesmo para a totalidade e harmonia da “Criação”.

    A graça do espírito se manifesta através da alegria, esse estado de ânimo é o seguro sinal de sua presença. Esta graça traz consigo a informação de quem somos e o que viemos fazer nesta Terra, mas como somos pouco treinados para isso e, pelo contrário, nossa educação consiste em nos inserir na estrutura moral da civilização, confundimos nossa graça espiritual com as ambições, dentre as quais a mais importante consiste em nos dar bem materialmente.

    Isso nos faz perder um tempo precioso, porque nos desorientamos no labirinto de tarefas aparentemente corretas e necessárias, mas que nos afastam da expressão de nossa graça espiritual. Retornar a ela e colocá-la em prática teria de ser o tema principal de todas as religiões.

    Albert Einstein escreveu:
    Um ser humano é parte de um todo chamado por nós de “Universo”. Ele vive sua vida, seus pensamentos e sentimentos com uma parte limitada e separada do resto, uma espécie de ilusão de ótica de sua consciência. Nossa missão deve ser a de nos libertarmos desta prisão ampliando nosso círculo de amorosidade para abraçar todas as criaturas vivas e toda a natureza em seu esplendor.

    Espero que todas as pessoas desorganizem quaisquer que sejam as prisões construídas por si mesmas. E rezo para que todos nós desorganizemos as que construímos e que nos separam uns dos outros.

    Eu creio que a mais alta moral está contida na Regra de Ouro: Não faça aos outros aquilo que você não quer que façam a você!

    Eu creio que nós fazemos nossa felicidade, ou infelicidade, quando obedecemos ou desobedecemos a essa simples regra.

    Madrugada quente e silenciosa… Escritório artificialmente frio… Um novo dia começa, outra vez.

  83. Jonny
    fevereiro 15, 2011 às 01:31

    consequência

  84. rodrigonunesouza
    fevereiro 16, 2011 às 00:38

    Duvido que isso tenha sido escrito pelo próprio Einstein.

    Eu já li inclusive que ele se converteu e virou crente antes de morrer, palavras dele.

    Só pesquisar no google que vc acha.

  85. Jonny
    fevereiro 16, 2011 às 16:07

    “Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta.” (Albert Einstein)

    Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada. (Albert Einstein)

    Não há quem não saiba que Albert Einstein foi um dos maiores gênios que o mundo já conheceu. Prêmio Nobel da Física, em 1921, e “Pessoa do Século” pela revista Time, e que se Albert Einstein ainda vivesse no planeta Terra, em 14 de março do corrente ano, completaria 132 anos.

    Transcrevo abaixo, o texto completo que conheço quase de cor desde menina como sendo de Albert Einstein, e que no meu último comentário acima parafraseei, e aproveito o momento para dizer que o máximo que este pequeno texto pode acrescentar é levar as pessoas a refletir por uns instantes sobre espiritualidade, o que é ser verdadeiramente amoroso e sobre o quanto o mundo em que vivemos é efêmero, e nos levar a entender que no final das contas só o amor é que resta, e ainda admite o quanto o nosso conhecimento é limitado.

    “O ser humano vivencia a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior.”

    Em todas as circunstâncias do nosso cotidiano nós somos pessoas absolutamente normais, sujeitos a desvios comportamentais e, como qualquer indivíduo Albert Einstein também, e pelo caminho da ciência ele nos trouxe compreensão para a espiritualidade.

    “Einstein foi um dos precursores da reunificação da ciência e da religião, e nos mostrou que a ciência pode nos levar para mais perto de Deus pela compreensão de espiritualidade como manifestação Dele na matéria e uma experiência individual de cada ser humano na evolução para a libertação total da escravidão do ego, dos desejos, na busca pela iluminação.”

    A vida é simples, a complexidade reside em saber que cada um de nós é uma experiência ambulante. A nossa vida é muito importante para o Universo, e como o que hoje é certo amanhã poderá ser considerado muito errado, sabedora disso quanto mais eu apreendo no meu viver diário, maiores são as probabilidades de eu encarar o mesmo evento sob óticas cada vez mais diversas, sendo assim através do máximo de boa vontade e tempo para obter o máximo de produtividade, eu vou pesquisar com interesse o que você me pediu: “a conversão de Einstein” uma vez que ele disse (?) que “Deus não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos. Fazer ou não fazer algo só depende de nossa vontade e perseverança.”.

    Ele também nos disse que “O primeiro dever da inteligência é desconfiar dela mesma” e “Algo só é impossível até que alguém duvide e acabe provando o contrário.” E quando você menciona:

    -“Duvido que isso tenha sido escrito pelo próprio Einstein.”

    Você poderia em outra oportunidade me esclarecer o que está sendo dito neste pequeno texto que não combina com a personalidade dele? O que o faz duvidar? Desde já eu agradeço o tempo que você terá que dispor para atender ao meu pedido.

  86. rodrigonunesouza
    fevereiro 18, 2011 às 20:33

    Na verdade, acho que físico nenhum escreve dessa maneira floreada de auto ajuda. Dificil provar que o texto realmente eh dele.

  87. Jonny
    fevereiro 18, 2011 às 23:02

    “Todo mundo é um cientista maluco e a vida é o laboratório. A gente está sempre experimentando, tentando achar um jeito de viver, de resolver os problemas, de se livrar da loucura do caos”

    “Não existe nada de completamente errado no mundo, mesmo um relógio parado, consegue estar certo duas vezes por dia.”

    É de reconhecimento atual no “meio científico moderno” que o conhecimento está no mistério, e não no que se pensa conhecer.

    Saber que não se sabe é o bem supremo.
    Não saber que não se sabe é como padecer um mal.
    Quem toma consciência deste padecimento fica livre dele.
    O sábio não sofre este mal porque já padeceu com ele.
    Assim ele pode evitá-lo.
    (Lao Tse – Tao Te King – Verso 71

    Vale também lembrar:

    “O ser humano vivencia a si mesmo, seus pensamentos, como algo separado do resto do universo – numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é um tipo de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto apenas pelas pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá atingir completamente este objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior”.

    Albert Einstein

  88. rodrigonunesouza
    fevereiro 19, 2011 às 03:36

    Bem, vamos pontuar o argumento de uma maneira que fique bem clara e objetiva sobre tudo.

    Essa frase do relógio parado é do Paulo Coelho, do livro O Alquimista.

    http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/3408/einstein-sobre-a-astrologia-pseudocincia-e-superstio

    aqui nesse link vc tem inclusive a foto da carta original que então estava sendo leiloada.

    abaixo o link de uma carta enviada a um colega filosofo;

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u402056.shtml

    Essas evidências históricas que lhe aponto são apenas duas, sobre o que pensava concretamente o próprio Einstein.

    As referencias que me citas como de Einstein e mais parecem com Paulo Coelho, são de um livro que supostamente eh de sua autoria no Brasil difundido pela EDITORA RECORD (IURD)intitulado; como vejo o mundo. E na verdade, são compilações de outros autores sobre temas polêmicos e controversos sobretudo para a época, dos quais foi necessário que a figura pública de Einstein, que mais que um físico qualquer, tornou-se celebridade social.

    Provavelmente os textos são de tradução muito duvidosa tal qual a própria origem dos originais. Quem indica que não foram outros escritores que não o fizeram e publicaram com o seu nome e foto.
    Ao certo mais parece uma atitude politica do que desabafos de sinceridade.

    Agora sobre suas cartas a amigos intimos, sobre isso não podemos questionar a veracidade dos fatos.

    Mesmo que fossem ambas ou só a primeira hipótese verídicas, ainda assim, não mudaria o cenário real da demagogia que gira em torno da questão.

    É vendido à massa uma idéia vulgar de que a religião e a ciência estão em guerra. O que eh um absurdo, porque são formas de conhecimento de assuntos completamente antagonicos, e os seus métodos de como se chegar a uma verdade são inteiramente distintos.

    O que existe, é uma pseudo-religião entrar em guerra com uma pseudo-ciencia.
    Esta figura de Pseudo-einstein vem apassiguar a Pseudo-guerra. Mas tudo é uma inutilidade completa, e uma mentira. Não existe guerra entre academia e teologias. Nada mudou entre as doutrinas. Pode haver no máximo guerra entre um Cientista e um Religioso, provavelmente por um único e simples motivo; Um querer usar argumentos do seu método para inferiorizar a verdade e o método do outro.

    Ao homem sábio, há uma visão de que temos multiplas visões do mesmo assunto, vista por métodos diferentes, e nenhuma forma de conhecimento se torna prejudicial, se ele é bem interpretado espiritualmente ou cientificamente.

    Einstein certamente não era tolo ao ponto de reduzir a espiritualidade ao mundo da matéria, tampouco encontrar nele evidências que sustentem a materialidade de crenças de povos primitivos, muito pelo contrário, ele vai justamente buscar explicar pelo método da matéria, o que não menospreza os escritos antigos, que nos são tão importante, espiritual e cientificamente, tal qual a teoria da evolução e os demais escritos de Einstein.

  89. Alicia
    abril 11, 2011 às 21:04

    Eu nao concordo DEUS É O UNICO

  90. rodrigonunesouza
    abril 15, 2011 às 23:06

    Eu nao concordo nem discordo, muito pelo contrário.

  91. Isso não interessa pra você ô palhaço!
    abril 24, 2011 às 15:58

    Coitado, esse aí (o autor) foi abusado por uma católico quando criança, e teve ajuda negada por uma evangélico (ou crente safado se preferir.)! …
    Uhuuuuuuuuuu, eu odeio crente safado! hahahahahahahaha

  92. Isso não interessa pra você ô palhaço!
    abril 24, 2011 às 15:58

    Coitado, esse aí (o autor) foi abusado por um católico quando criança, e teve ajuda negada por uma evangélico (ou crente safado se preferir.)! …
    Uhuuuuuuuuuu, eu odeio crente safado! hahahahahahahaha

  93. Isso não interessa pra você ô palhaço!
    abril 24, 2011 às 15:59

    hahahahahaha, ele é todo revolts!

  94. rodrigonunesouza
    abril 26, 2011 às 22:52

    Isso não interessa pra você ô palhaço!, vai tomar no cu.

  95. Ruhan
    maio 8, 2011 às 09:36

    VAI SE CONVERTE ENQUANTO A TEMPO POR QUE O DIA DE JESUS VOLTAR ESTA PROXIMO!

    JESUS AMA A TODOS!!!!!!!!

  96. Lorrana
    maio 8, 2011 às 09:40

    EU ACREDITO EM UM SÓ DEUS E NÃO NA MARIA E SE ESSE POVO Ñ SE CONVERTER HUN….
    SE CONVERTE PORQUE PERTO ESTA O DIA DA VOLTA DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRIST

    JESUS TE AMA COMO ELE AMA A TODOS!!!

  97. Ruhan
    maio 8, 2011 às 09:44

    Eu acredito em 1 só Deus e não na lingua do povo que não sabe o que fala se esse povo não se converte o lago de fogo te espera no dia do juizo final.

    vai ler em exodo 20-1 corintios 10 se estiver biblia né

  98. Ruhan
    maio 8, 2011 às 09:51

    tomara para vc que esta lendo que o seu nome esteja no livro da vida por que se não huuum… na biblia no livro de apocalipse 20-15 diz; e se alguem não foi achado no livro da vida , esse foi lançado no lago de fogo

  99. rodrigonunesouza
    maio 8, 2011 às 11:15

    Se eh isso que voce acredita meus parabéns. Seja feliz e n me enche o saco.

  100. Adrian Fuckzetto
    maio 25, 2011 às 22:37

    Poha, irmão, eu ja comi uma crente!!!
    E, quer saber, foi uma das melhores, insaciável!!! aaaaahhhhhh!!!!!
    Eu acredito em Deus, mas se a irmãzinha quer dar, eu é que não vou contrariá-la!!!!

  101. rodrigonunesouza
    maio 25, 2011 às 23:47

    Mas pratique sexo seguro e use camisinha.

  102. junho 9, 2011 às 13:25

    Com cabal demonstração de um poder que vem do Alto — e como cristãos é assim que entendemos –, esse modelo de comportamento organizado e dasafiador das igrejas de Deus converge para o inevitável avanço social. Outrora reprimido pelo “despoder”, hoje o Povo de Deus marcha poderoso — doa a quem doer — rumo à formação de exércitos leais cada vez mais preparados para o bom combate. Formidável ousadia! Parabéns, pastores! Paulo Queiroz – Assembleia de Deus – Manaus/AM.

  103. junho 10, 2011 às 13:12

    Pobre cabeça… Cheia de teias de aranhas…

  104. junho 11, 2011 às 11:16

    “Eu acredito em Deus, mas se a irmãzinha quer dar, eu é que não vou contrariá-la!!!!”

    melhor comentário neste post com toda certeza haouehuaouehuae

  105. rodrigonunesouza
    junho 12, 2011 às 19:57

    Deus proibiu o sexo anal !
    Mas mesmo assim muitos pastores dao o cu.

  106. mi
    dezembro 12, 2011 às 09:46

    rodrigonunesouza :
    Muito bem escrito esse conto erótico.
    huahuaauhauahua

    eu quero dizer que nem todas as meninas, que servem verdadeiramente a Deus são assim que nem essa Rosilene, que Deus tem misericórdia da vida dela. 4725

  107. mi
    dezembro 12, 2011 às 09:49

    não é bem um conto erótico vlw…

  108. novembro 7, 2012 às 22:44

    What’s up, every time i used to check website posts here early in the morning, for the reason that i enjoy to find out more and more.

  109. novembro 8, 2012 às 15:35

    se eles querem servir a deus deixa va se fude maldita vc nao tem que cuidar da vida dos outros

  110. abril 25, 2014 às 17:22

    Concordo com você, é muito difícil uma pessoa que foi ensinada a acreditar em algo, sem poder questionar, acabar mudando! A religião é algo imposto pela família (e sociedade), quando era mais nova frequentava igrejas católicas, porém comecei a questionar essa estória de Adão e Eva e blá, blá, blá… mas nem todos conseguir fazer isso!

  111. Carlos
    outubro 3, 2017 às 13:36

    Porque a crença dos outros te incomoda tanto? Aquilo que é bom para mim, pode não ser prá você! Viva sua vida e deixe a vida dos que creem em Deus! Seja pelo menos coerente,

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: