DinGonBell

Fim de ano, que coisa bonita. Tempos de gastarmos um precioso dinheiro que fará falta lá um junho, quando estivermos comendo guizadinho com batata, tempos de esperar o papai noel que a coca cola projetou e ter a infima esperança de que “ano que vem vai melhorar…”.
O brasileiro … não digo o brasileiro, e sim o povo em geral, gosta muito de festas de fim de ano, talvez por ser tempos de férias, ou por ser os únicos dias que você vai conseguir fazer com que sua mãe abrace sua namorada. Independente do motivo, é um tempo meio mágico, onde as coisas parecem se renovar, marcando o final de um ciclo e o começo de outra volta nesse mundinho. Mas o que macacos isso significa? Significa que você vai ver mais videntes na televisão prevendo como vai ser o ano que se inicia, quem morre, quem vive … enfim, apontando coisas absurdas que ninguém mais vai lembrar lá por março, quando toda a magia tiver passado, e quando nosso maior companheiro será o calor, que vai nos fazer lembrar como foram bons aqueles sete dias na praia, onde gastamos todo dinheiro da carne do resto do ano. Eu entendo a necessidade que o povo te em falar asneiras, em agir como se fossem animais irracionais, mas por que ninguém pensou em como é absurdo gastar tanto dinheiro em apenas quinze dias? Isso é como festa de um ano de criança, e como festa de debutante: quanto mais pobre é, mas gasta, para tentar manter as aparências. Mas tudo bem, já estamos cansados de mostrar cada vez mais uma prova de que o povo é consumista, e que tentar implantar algo que não seja o capitalismo no nosso mundo globalizado é a mesma coisa que fazer roleta russa: você teve sorte agora, mas uma hora, qualquer hora, o troço vai pegar pro teu lado.
Outro lado muito interessante do fim de ano, não sei se vocês já repararam, é o quão cínicas as pessoas se mostram nesses dias. Você passou o ano inteiro chamando sua mãe de inútil, passou o ano todo odiando o máximo de pessoas que tu pode odiar, até que o dia vinte e cinco de novembro te transforma em um ser doce que só sabe falar: “feliz natal, tudo de bom, que esse ano novo venha com muita saúde, por que é isso que importa”. Saúde é o que importa? Por que ao invés de darmos um par de havaianas não pagamos um mês de plano de saúde para alguém que gostamos? Por que papai noel gosta da bolsa de valores, entende a inflação e quer ver dinheiro na mão das pessoas já ricas.
Os dias de fim de ano, para mim, se baseiam em dias nos quais me dedico a ajudar minha familia como ajudo sempre, mas para apenas comermos chester recheado de noite (o que evitamos de fazer no resto do ano), e comemorar a chegada do papail noel (afinal de contas, alguém ainda se lembra que o natal é o nascimento do tal baby Jesus?). O natal é bom por que ganho havaianas novas, e as vezes até rola um belo par de all star …

EDIT BY NM: Eu geralmente não sou chato quanto a ”mistakes” nos textos de outros, mas porra, CÍNICAS com S foi foda, Bruno aehaehaehaeh
EDIT 2 BY NM: Ok, bolsa com cedilha também foi forte

Resposta à EDIT BY NM: O.K., português nunca foi meu forte, mas fique satisfeito por que já fui muito pior hueheuheuehueh

Anúncios
  1. Deneuvesoturno
    dezembro 9, 2008 às 23:16

    25 de novembro foi ironia ou tu acha que o natal é nessa data?

    e DINGONBELL? acabou o papel foi? hsuahsu

  2. dezembro 10, 2008 às 00:08

    Natal pra mim sempre foi uma data em que as pessoas por mais que não tenham falado com você durante todo o ano falam nesse dia. Não sei por uma questão de falsidade ou por uma questão cultural que diz que o natal é “hora de recomeçar”. Recomeço nem sempre quer dizer que você vá esquecer o dinheiro que seu cunhado lhe deve ou aquela casa na praia que seu irmão nunca lhe emprestou.

    Mas tirando tudo isso é um bom momento.

    Din Gon Bel!! E boas festas a todos!

  3. dezembro 10, 2008 às 05:25

    Eu sempre dou alguma risada com esses textos,sao muito da hora.Me lembrou os textos que sempre saem no Correio do Povo,não sei alguem lê,sempre na segunda pagina,se não em engano.Um cara tipo o Bruno,que larga uns textos criticos e tirando mó onda ao mesmo tempo.

    E bah,tem uns erros de atenção ali heim,que tal reler antes de postar?euheuheuhauheuhee tá,parei. =x

    feito!

  4. nunorosa
    dezembro 11, 2008 às 00:38

    ok, vocês me convenceram, vou sempre salvar meus textos e pedir pro NM relê-los para depois lançar no site … snif snif

  5. Melkor
    dezembro 11, 2008 às 01:12

    Malditos Comunistas =/

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: